Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Globo?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 2 anos

    Empresa muito boa porém com horários bem puxados por ser televisão.

    Costureiro

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A empresa é boa pois dão oportunidade para funcionário que pretender estudar e crescer profissionalmente.

    Contras: O horário de trabalho da empresa chega ser desumano. A empresa obriga o funcionária a fazer hora extra . não tem horário fixo todos os dias é um horário diferente o que atrapalha muito os compromissos do funcionário.

    Conselhos para presidência: Acho que para o funcionário trabalhar bem ele tem que trabalhar na goblo porque gosta e não só porque precisa. Os horários são péssimos, não temos horários fixo impossibilitando de ter uma vida normal do portão pra fora. A empresa obriga fazer hora extra oque não é legal porém o funcionário com medo de perder o emprego acaba fazendo. Existem pessoas que moram longe e leva 2 horas pra ir trabalhar e mas 2 pra voltar pra casa e mas as horas trabalhadas não há quem aguente. Chega ser desumano isso. Enfim televisão né. Eu acho que nem hospital que trabalha com vidas é assim.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Globo

Descrição:Globo Comunicação e Participações SA ("Globo") é o maior grupo de mídia no Brasil. Controles Globo, entre outras empresas, a principal rede de televisão do Brasil, o principal programador de TV por assinatura no Brasil, bem como o conteúdo da Internet e serviço de provedor, etiqueta música e publicação de revistas empresas. Globo também detém uma participação minoritária em cada um dos maior operadora de televisão a cabo no Brasil ea principal satélite brasileiro direto para distribuidor televisão em casa. Globo é indiretamente de propriedade e está sob a liderança da família Marinho, cujos interesses em data a televisão aberta brasileira volta a 1965, quando a TV Globo começou a transmitir a partir de Rio de Janeiro, sob a liderança do Sr. Roberto Marinho.

Site

RH: quer atrair bons talentos?