Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na General Motors (GM)?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Empresa de grande porte com dificuldades frente a concorrência atual.

    GerenteEx-funcionário, saiu em 2010

    São Caetano do Sul, SP


    Prós: Acesso a novas tecnologias para desenvolvimento da carreira é um dos pontos fortes da empresa, com possibilidade de participação de desenvolvimento de projetos em varias partes do mundo.

    Contras: Falta de planejamento estrutural e falta de politica de carreira para os funcionários são os pecados capitais da empresa (realmente não existe politica de carreira, somente algumas iniciativas de reflexão para o próprio funcionário).
    A politica de promoções também considero altamente questionável. Não existe um critério claro e definido.
    Muitos equívocos estratégicos também são amplamente tolerados pela alta liderança. Exemplos de lançamentos totalmente fora da faixa de preço coerente (tanto para cima como para baixo), e projetos que iniciam com uma certa proposta e por circunstancias particulares da vontade de certos lideres, mudam totalmente, deixando o veículo a ser lançado a merce da sorte para ter sucesso ou não.

    Conselhos para presidência: A reestruturação que deveria ter sido feita a partir da falência em 2008 não foi feita. Pelo menos no Brasil. A estrutura da liderança ainda é a mesma e foi perpetuada com o novo presidente.
    Vícios da antiga empresa ainda estão claros (na verdade é bem falacioso falar em nova empresa, porque realmente nada mudou após a falência).

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

General Motors (GM)

Descrição:No Brasil a GM fabrica e comercializa veículos com a marca Chevrolet há 88 anos. A companhia tem três Complexos Industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul e em São José dos Campos, ambos em São Paulo, além de Gravataí (RS). Conta ainda com unidades em Mogi das Cruzes (produção de componentes estampados e peças), Sorocaba (Centro Logístico Chevrolet) e Indaiatuba (Campo de Provas), todas em SP, além de um Centro Tecnológico, em São Caetano do Sul (SP), com capacidade para desenvolvimento completo de novos veículos. A subsidiária brasileira é um dos cinco centros mundiais na criação e desenvolvimento de veículos, nos campos da engenharia, design e manufatura. Em 2012 a empresa vendeu no mercado brasileiro 642.649 veículos, ocupando o terceiro lugar no ranking das maiores indústrias automobilísticas brasileiras.

Site

RH: quer atrair bons talentos?