Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Fundação Casa?

Ver todas as avaliações

  • Há 12 meses

    Se você se interessa por um ambiente estimulante e quer acordar animado, não vá para lá.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: A área de recursos humanos costuma ajudar a resolver de forma fácil eventuais problemas. Se tiver muito interesse poderá obter bons conhecimentos. Há um ou outro chefe que se importará com o seu aprendizado.

    Contras: Cobram muito do funcionário na questão comportamental, mas, os próprios chefes deixam muito a desejar no mesmo quesito. Simpatia pode não ser o ponto forte dos mesmos, mas, o requerem de você. Aliás, requerem muito. Mentalidade um tanto quanto engessada. Ambiente desestimulante. Trabalho repetitivo. Baixa perspectiva de obtenção de conhecimentos novos. Bem desanimador. O que você irá fazer muito provavelmente não estará relacionado com a sua área de atuação.

    Conselhos para presidência: Focar na simpatia e estruturar melhor o aprendizado do funcionário, valorizando a inteligência do mesmo, seria um bom início. Ninguém se esforça para trabalhar para ficar fazendo um trabalho burocrático.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Fundação Casa

Descrição:A Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA), instituição vinculada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, tem a missão primordial de aplicar medidas socioeducativas de acordo com as diretrizes e normas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE).

A Fundação CASA presta assistência a jovens de 12 a 21 anos incompletos em todo o Estado de São Paulo. Eles estão inseridos nas medidas socioeducativas de privação de liberdade (internação) e semiliberdade. As medidas — determinadas pelo Poder Judiciário — são aplicadas de acordo com o ato infracional e a idade dos adolescentes.

Site

RH: quer atrair bons talentos?