• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na FSB Comunicação?

17 postagens (8 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.75
  • Remuneração e benefícios
    3.38
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    2.63
  • Qualidade de vida
    2.50

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 2 meses

    Uma boa empresa, mas com alguns problemas

    Gerente de Atendimento

    São Paulo, SP


    Prós: Equipe muito dedicada e experiente. Bastante autonomia e oportunidades de aprendizado. Liderança muito "hands on". Salário competitivo com o mercado.

    Contras: Gestão com cara de empresa familiar, muito orientada pelas vontades e manias do dono. Políticas obscuras de Recursos Humanos, como o fato de não poder dividir o período de férias.

    Conselhos para presidência: Investir em políticas de Recursos Humanos e valorização dos funcionários

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Oportunidades de trabalho e aprendizagem, com baixos salários

    Analista de Marketing Digital

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Empresa de grande porte, líder de mercado, renomada, com equipe qualificada e competente. Carteira de clientes múltipla, expertise em diversos segmentos

    Contras: Baixo salário em comparação às outras empresas. Disparidade salarial entre funcionários, poucas oportunidades de promoção de cargo. Falta de plano de carreira

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 5 meses

    Mantendo a fama de mau

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Aprende-se bastante; paga-se relativamente bem; sem burocracias com profissionais contratados na forma de PJs; tem cozinha para vc esquentar o almoço e economizar evitando os restaurantes do Itaim

    Contras: A grande maioria dos chefes é homem, e isso faz o ambiente ficar um pouco machista: só o homem pensa, as mulheres executam. Alguns diretores de núcleos gostam de fazer o papel "sou malvado" achando que isso aumenta a assertividade da equipe. Mas levando pelo lado psicológico (rs), isto é, considerando que é só insegurança do chefe, é possível trabalhar de boa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Muito aprendizado

    Analista de Comunicação

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Reconhecimento do trabalho, muita oportunidade de aprendizado, possibilidade de trabalhar com profissionais capacitados, ótima infraestrutura, processos cada vez mais digitalizados, atuação pautada em um trabalho analítico e estratégico

    Contras: Pouca delimitação entre vida pessoal e profissional, cultura pró-sensação de cobrança e culpabilização, perfil careta e pouco condizente com o segmento de trabalho

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Empresa que oferece muitas oportunide

    Assessor de Comunicação e Imprensa

    São Paulo, SP


    Prós: Oportunidade de crescimento rápido. A empresa sabe reconhecer o bom desempenho dos profissionais. Por ter vários clientes, a empresa oferece vasta gama de possibilidades.

    Contras: Não há critério claro para definição de remuneração. Profissionais em postos semelhantes apresentam grande diferença salarial e de regime de contratação.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 8 meses

    É você por você mesmo.

    Ex-funcionário, saiu em 2018

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Estrutura maravilhosa e oportunidade de trabalhar com grandes nomes do mercado da Comunicação. Exatamente por ser um lugar que cobra muito, é uma escola. Apesar dos grandes problemas em relação ao respeito e zelo com o colaborador, recomendo passar por essa prova de fogo, porque é um baita de um aprendizado.

    Contras: Aparentemente, a diretoria do rh não tem interesse em se aproximar dos funcionários, ouvir suas demandas e criar um ambiente de trabalho mais agradável. Entrar na FSB é saber que você vai morrer de trabalhar, sem hora pra sair mas sempre com hora pra entrar. Sabendo disso, seria legal implementar recompensa para os colaboradores, seja pagando hora extra, ou dias livres nas festas de fim de ano, enfim. E é pra focar no chão de fábrica, porque só bonificar diretoria não adianta nada. Infelizmente, não conheci ninguém dentro da FSB que tinha vontade de construir carreira lá dentro exatamente por saber que é uma empresa que não tem cuidado com o funcionário, apenas nas entregas. É pra entrar, morrer de trabalhar e aprender e depois sair correndo. Se o colaborador sair, não interessa, é só ser substituído por outro e que entregue tão bem ou mais que o anterior. Os gestores que se virem. Relações que geram resultados? Quais relações? É difícil crescer na empresa, já que está sempre atolado de trabalho, sem espaço (e nem tempo) para soluções inovadoras e disruptivas. E a empresa também não fomenta oportunidades para que novos talentos surjam. E quando fomentam, são sempre carinhas marcadas. É matar um leão por dia e sem receber recompensa e reconhecimento. Estrutura bagunçada de verticais, horizontais, transversais, bla bla bla. Cada hora um diretor novo, núcleos mudando de chefia, no final fica-se perdido tendo vários chefes e demandas vindas de todas as direções

    Conselhos para presidência: Dar valor ao funcionário. Focar nas relações humanas, para ter resultados bons em todos os espectros.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Não é para os fracos

    Analista Sênior

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente que motiva desafios, foco em resultados, motiva a dar o seu melhor. Oferece uma ótima estrutura física e localização para os funcionários.

    Contras: A empresa poderia ter uma visão mais integrada de time, mais horizontal e que motive pelo exemplo e liderança mais do que pela cobrança e pressão.

    Conselhos para presidência: Ouvir mais os funcionários de uma maneira realmente que faça a diferença no dia a dia. Ouvir sempre.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 10 meses

    Aprenda o que puder e fuja!

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Estrutura e clientes grandes. Network e profissionais de primeira linha. Como é uma agência muito grande, o trabalho tem visibilidade. Se aprende muito sobre PR.

    Contras: Clima muito hostil de competição. Unidades lutam contra si quando estão no mesmo job, muitas estrelas na equipe o que gera brigas de ego. Sem planos de carreira. Bom pra ficar no máximo dois anos.

    Conselhos para presidência: Cuidado com clima organizacional e um profundo trabalho de RH entre as filiais.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Empresa conceituada, mas bagunçada

    Analista de Comunicação PlenoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Salário compatível com o mercado, benefícios satisfatórios (VT, VR, plano de saúde), boa infraestrutura. Porém, vale mais pelo aprendizado de trabalho.

    Contras: Uma empresa deste tamanho e nome não poderia ser bagunçada assim. Os problemas já começam com o departamento de Recursos Humanos, que é muito desorganizado. A constante troca de chefia e diretores promove muita confusão e tensão entre os modelos e rotinas. Não existe vontade real de inovação dos sistemas de trabalho, então os processos sempre são muito engessados pelos diretores. A filial de São Paulo é constantemente boicotada pela matriz do Rio de Janeiro, apesar de ser um pouco menos desorganizada. Muitas vezes os problemas internos se resolvem mais por sorte do que por real competência dos gestores.

    Conselhos para presidência: Repensar melhor as prioridades relacionadas à distribuição de trabalho e valorização dos profissionais, ao invés de bajular excessivamente os clientes e perder tempo com questões pífias de organização, como o fio do telefone.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Bom aprendizado, difícil ficar muito tempo

    Gerente de Comunicação Corporativa

    São Paulo, SP


    Prós: Possibilidade de trabalhar ao lado dos melhores e mais conceituados executivos de comunicação do país. O dia a dia da empresa vale mais do que qualquer faculdade ou pós-graduação.

    Contras: Empresa valoriza mais profissionais que vem de fora do que aqueles que o estão na companhia. Com isso, todo mundo que chega ganha mais e desmotiva quem está por lá. A empresa não tem avaliações de clima e com isso os sócios não sabem o verdadeiro descontentamento dos profissionais, que hoje, é generalizado.

    Conselhos para presidência: Humanizar a empresa. E aos poucos ter uma gestão mais profissionalizada, deixando os sócios mais distantes do dia a dia do negócio

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

FSB Comunicação