• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Farmácias São João?

91 postagens (37 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.22
  • Remuneração e benefícios
    3.50
  • Oportunidade de carreira
    2.79
  • Cultura da empresa
    3.09
  • Qualidade de vida
    2.71

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 2 meses

    Uma mistura de aspectos positivos e negativos.

    Farmacêutico

    Porto Alegre, RS


    Prós: Bônus de 500,00, que compensa nos descontos básicos como IRRF e afins. Farmacêutico também não precisa bater a "meta" do mês de vendas para ganhar sua comissão, ao contrário dos balconistas.

    Contras: Atritos com balconistas em relação a vendas, pois devemos seguir a legislação e eles querem realmente vender e bater e a sua "meta" de venda. Farmacêutico muitas vezes atua apenas como um balconista.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 5 meses

    Farmácia São João é empurroterapia farmacêutica

    Farmacêutico

    Caxias do Sul, RS


    Prós: Possibilidade de crescer se tornando gestor farmacêutico da filial em que se trabalha, um reconhecimento das habilidades de gestão além do profissional.

    Contras: METAS DE VENDA. VENDA COMISSIONADA. Farmacêutico na Farmácia São João é mero vendedor. Não existe a palavra “atenção farmacêutica”, somente digitada para ilustração nos manuais da empresa. Cada farmacêutico tem que vender o mesmo que um funcionário (alguns meses, farmacêutico 36.000,00 e funcionários 40.000,00 mensal), sendo que o farmacêutico é responsável por todo o resto (receber e analisar prescrição de controlados, avaliar posologias, pensar em indicação, limpeza de geladeira de medicamentos termolábeis, limpeza do ar condicionado, cuidar da validade de medicamentos e realizar remanejo dos que estão para vencer, fazer auditoria diária e guardar os medicamentos recebidos diariamente), tudo tarefa que funcionários não realizam, mas que os farmacêuticos devem se desdobrar para realizar igualmente. A pior questão é a meta de venda de MULTIVITAMÍNICOS E CATARINENSES (ômega, etc): todo dia escutamos que “tem que vender”, “já vendeu hoje?”, “oferece!!”. O paciente vem comprar um mísero medicamento e lá vem o gestor obrigando que seja oferecida vitamina, ômega, etc. ISSO VAI CONTRA QUALQUER ATENÇÃO FARMACÊUTICA! Não é problema do funcionário se o seu Pedro comprou milhões de vitaminas e agora quer empurrar. Não é dever do farmacêutico. Somos coagidos através de mensagens negativas todos dias, escutamos e recebemos pressão pra vender. Em uma filial pequena, o farmacêutico DEVE vender 45 vitaminas e 15 ômegas mensais. Para pessoas que não tem indicação, somente pela empurroterapia. Outras redes (Panvel, Drogaraia) já pararam com essa empurroterapia há anos, mas a São João tem mentalidade velha, retrógrada e conservadora, fazendo da sua marca um mercadinho de esquina, enquanto só pensar em empurrar vitamina e ômega.

    Conselhos para presidência: Farmacêutico não é vendedor. meta de venda para farmacêutico e quantidade de venda de ômega e vitamina só deprecia a empresa!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Falta incorporar na prática os valores pregados na teoria.

    FarmacêuticoEx-funcionário, saiu em 2018

    Porto Alegre, RS


    Prós: Salários em dia, oferece vale-alimentação, plano de saúde Unimed. Equipe, no geral, madura o bastante para superar questões de afinidade e trabalhar pelo coletivo quando necessário.

    Contras: Excessiva pressão em cobrança de metas, o que torna a equipe desunida e estressada, ambiente pesado, na minha opinião, altamente propício ao desenvolvimento de depressão e transtornos emocionais. Subjetividade extrema da gerência, já vi pessoas com excelentes números de vendas serem transferidas ou demitidas pelo simples fato de não terem alcançado a simpatia da chefia. Nenhuma valorização do profissional farmacêutico, que muitas vezes, passa por ruim ao tentar oferecer informações verdadeiras e necessárias a cerca do uso correto de medicamentos.

    Conselhos para presidência: Se pressão fosse o bastante para se extrair algo de bom de alguém, nos países onde há pena de morte, por certo, não haveria condenados. Em vários países do mundo, estudos comprovam que os funcionários trabalham melhor em um ambiente pacífico, que dê a devida liberdade para que esses demonstrem seus serviços e desenvolvam seu potencial. Quando um problema de determinada loja for discutido, que seja discutido de maneira imparcial, transparente, madura, bem distante do hábito infantil de meramente procurar bodes expiatórios. Afinal, se apenas uma pessoa não é o suficiente para garantir o sucesso de uma empresa, tampouco pode ser suficiente para garantir sua ruína. Logo, fazer reuniões para nomear culpados pelos problemas das filiais, não irá adiantar. Foquem objetivamente no problema e na utilização de idéias para solucionar, ao invés de promoverem "caça às bruxas"!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Péssima

    Farmacêutico

    Porto Alegre, RS


    Prós: O único ponto positivo é que a empresa oferece um salário razoável para quem está começando. Mas os contras ultrapassam todos os prós, e não vale a pena.

    Contras: A empresa não cumpri com o que promete na contratação. Na hora da entrevista tudo é favorável, depois do contrato assinado as coisas mudam. Além de tudo, 90% dos gestores e coordenadores são despreparados e nada qualificados para o cargo. E por fim, a verdade é que a rede aplica a "empurrometria" medicamentosa. Fiquei 10 meses por lá e sai aliviada por ter pedido a demissão.

    Conselhos para presidência: Contratar bons gestores, que sejam líderes e não chefes. E que pratiquem a real missão da empresa, promover saúde.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    ótima estrutura, veloz.

    Funcionário


    Prós: encomendas de produtos em falta são atendidos com muita velocidade, ótimas ofertas, sistema operacional ágil, controle de estoque rigoroso.

    Contras: muita frieza se tratando de reuniões e colaboradores com dificuldades, término de ofertas não é informado aos gestores, precificação sem padrão.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Exemplar

    Farmacêutico ResponsávelEx-funcionário, saiu em 2017

    São Leopoldo, RS


    Prós: Treinamento com funcionários de outras filiais, bonificacão de 500 reais e o piso salarial, além das comissões que tu consegue atrás do balcão na venda

    Contras: Gerente que passa a perna nos funcionários, desrespeito com os mesmos. Informam os valores errados para os clientes. Desvio de função. Sem respeito algum com o farmaceutico

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Muito a melhorar

    Farmacêutico Responsável

    Itapema, SC


    Prós: Salários, reconhecimento do profissional farmacêutico e seus atendentes. Beneficios oferecidos aos colaboradores e plano de carreira informado em entrevista

    Contras: Todos pontos negativos superam os positivos. Não cumprem o que prometem, os funcionários não tem qualidade de vida, muitos cargos de chefia, entre outros

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    experiencias de trabalho

    Auxiliar Administrativo

    Passo Fundo, RS


    Prós: ambiente de trabalho agradável, rendibilidade, fácil acesso, harmonia, flexibilidade de saídas para resolver problemas pessoais

    Contras: pessoas superiores fazem as coisas sem consultar o setor, arrogancia por partes superiores, carga horária alta

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Funcionário


    Prós: São certos com os pagamentos e a equipe é unida

    Contras: somos obrigados a fazer outras tarefas que não são nossos cargos

  • Há mais de 3 anos

    Poderia ser melhor remunerada ou carga horária reduzida

    Gestor

    Uruguaiana, RS


    Prós: Pagamento em dia, VTR, VR, palestras de aperfeiçoamento, ambiente higienico

    Contras: Carga horária de 12h e remuneração não justa

    Conselhos para presidência: Reavaliar a carga horária e remuneração

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Farmácias São João

Descrição:Presente em cidades gaúchas, catarinenses e paranaenses, com mais de 700 lojas, a Rede de Farmácias São João está entre as maiores redes varejistas de medicamentos do país. Em 2018, a pesquisa Top Of Mind, da Revista Amanhã, confirmou pelo quarto ano consecutivo as Farmácias São João como a marca mais lembrada do segmento em todo o estado do Rio Grande do Sul e como uma das maiores marcas do estado.

Site