• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj)

3.00

Como é trabalhar na Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj)?

6 postagens (3 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    2.67
  • Oportunidade de carreira
    2.67
  • Cultura da empresa
    3.33
  • Qualidade de vida
    2.33

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há aproximadamente 2 meses

    Liberdade com responsabilidade

    BolsistaEx-funcionário, saiu em 2013

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Estrutura de trabalho plenamente flexível. Liberdade para definir o horário, local e o modo de trabalhar. Não havia imposições ou restrições, uma vez iniciado.

    Contras: Toda essa liberdade pode facilmente se tornar em falta de foco. A exigência se concentra na entrega de resultados, que não pode ser prorrogado.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Boa empresa quando as coisas vão bem

    BolsistaEx-funcionário, saiu em 2016

    Cabo Frio, RJ


    Prós: Quando a empresa tem dinheiro, dá um bom amparo. Abre várias oportunidades para diversos jovens ingressarem no meio acadêmico e de pesquisa.

    Contras: Por causa da Crise intensa no estado do Rio de Janeiro, os pagamentos vieram diversas vezes atrasados dificultando pesquisa de diversos bolsistas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Ruim

    Pesquisador

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Oportunidade, apesar de pouco e com atrasos. O Brasil necessita de mais órgãos investidores em pesquisa. Estamos muito aquém dos demais países.

    Contras: Há atrasos constantes no pagamentos dos funcionários, bem como a falta de informação sobre o mesmo, deixando todos sem direção, não há posicionamento.

    Conselhos para presidência: Melhorar pagamentos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Quando não tem crise, vale a pena.

    Bolsista de Iniciação Científica

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Salário na faixa de iniciação científica, cinco reais a mais do normal que costuma ser na faixa de 400. Professores excelentes para te ajudar na pesquisa.

    Contras: Com esta crise do estado do Rio de Janeiro, fiquei três meses sem receber a bolsa. Na renovação da bolsa demoraram seis meses para receber o termo de outorga.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Me ajudou, mas hoje só prejudica

    Bolsista de Iniciação Científica

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Nos dois anos de projeto cresci muito, mas não teria sido viável se não tivesse uma bolsa, já que minha universidade é Federal e em tempo integral, inviabilizando um trabalho externo logo nos primeiros períodos.

    Contras: Os atrasos nos pagamentos de bolsistas me desanimam a uma vida de bancada. A desorganização na hora de fornecer qualquer informação sempre acaba virando um jogo de empurra.

    Conselhos para presidência: Tentar estabelecer um contato de forma mais direta, eficaz e transparente com seus bolsistas. Demorou muito tempo até a convocação de comissão de bolsistas. Nos estressamos muito mais antes disso, coisas que poderiam ter sido evitadas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Péssima, atraso de 3 meses nos salários.

    Bolsista de Apoio Técnico a Pesquisa

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Liberdade, autonomia. Atraso no salário e no pagamento dos bolsistas não nos fazem refletir nenhum ponto positivo sobre a Faperj. A insatisfação é grande!

    Contras: Atraso de pagamentoAtraso no salário e no pagamento dos bolsistas não nos fazem refletir nenhum ponto positivo sobre a Faperj. A insatisfação é grande!

    Conselhos para presidência: Fazer pressão no governador para pagar nossas bolsas e salários.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj)