Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Falconi?

213 postagens (52 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.69
  • Remuneração e benefícios
    3.46
  • Oportunidade de carreira
    3.60
  • Cultura da empresa
    3.50
  • Qualidade de vida
    2.72

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 meses

    Pensano em Futuro não escolheria para trabalhar

    Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: Não ter rotina e estar sempre colocado em desafios, possibilidade grande de aprendizado, investimento em treinamentos (apenas os institucionais)

    Contras: A remuneração variável quase inexiste. Cobrança por trabalhar mais de 12h diarias sem pagamento de horas extras, sistema de avaliação de desempenho viciado ( apenas a alta administração avalia).

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Jovem Consultor na Falconi

    Jovem AprendizEx-funcionário, saiu em 2014

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Varios cursos muito interessantes e uteis. A empresa busca a melhoria continua o que é bastante motivante

    Contras: Desvalorizacao do funcionario. Pregam um programa de carreira que nao é verdade. Muitas horas extras que nunca sao pagas.

    Conselhos para presidência: A presidencia precsa valorizar mais o funcionarios. Enquanto isso nao for feito, o turnover continuara altissimo

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    podia ser melhor

    Consultor

    Porto Alegre, RS


    Prós: Rotina e aprendizado nos projetos

    Contras: Falta de transparência, mudança nas regras e problemas de avaliação de desempenho

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 18 dias

    Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço. (Falconi)

    Assistente

    Nova Lima, MG


    Prós: Bons benefícios como estacionamento, vale alimentação e refeição (R$30/dia), bom plano de saúde(Bradesco), Gympass (convênio com academias).

    Contras: Área de suporte não possui nenhuma valorização na empresa. Exigem formação nas melhores universidades, os melhores profissionais, e os inserem em um sistema burro que não agrega valor para o empregado. Não existe plano de carreira e a liderança despreparada deixa muito claro que "quem não está satisfeito, pode ir embora". É realmente impressionante que uma empresa que vende consultoria e gestão não sabe estruturar sua própria equipe. Os profissionais ficam sujeitos a realizarem atividades extremamente operacionais e poderiam facilmente serem substituídos por "macacos treinados". Nenhuma sugestão de melhoria é ouvida. Área administrativa é totalmente excluída dos poucos momentos de reconhecimento que os empregados tem.

    Conselhos para presidência: Uma empresa que acredita estar capacitada para gerir outras empresas, deve começar pelo exemplo. Nada é desconhecido pela diretoria, falta apenas atitude.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Casa de ferreiro, espeto de pau

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    Nova Lima, MG


    Prós: Muito aprendizado, principalmente da teoria pregada pelo professor. Estacionamento para a parte administrativa, boa infraestrutura e lanches na empresa ajudam na avaliação positiva.

    Contras: Se considerar a parte administrativa, casa de ferreiro, espeto de pau. Não há processos definidos, sistema não ajuda, ambiente agressivo negativamente (passam a perna mesmo no colega do lado - sem espírito de equipe). Fofocas e desrespeito ao próximo parecem ser algo valorizado pela cultura da empresa.

    Conselhos para presidência: Tentar valorizar a equipe administrativa e proporcionar um ambiente menos selvagem na empresa. A competição é saudável, porém a empresa parece valorizar as críticas em demasia, principalmente as destrutivas em detrimento às construtivas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Péssima liderança, projetos são feitos buscando ganhos irreais. Fique 3 anos e saia

    Consultor PlenoEx-funcionário, saiu em 2016

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O bom da Falconi é o rápido aprendizado no começo da carreira e como abre a cabeça da pessoa muito mais rápido que começar como analista qualquer em outra empresa. Ganha-se muito jogo de cintura e o conhecimento em gestão é realmente muito bom, você saberá mais que muito gerente (que se acha gerente e não é).

    Contras: O bom para por aí. - Péssimo salário para quem começa muito abaixo do mercado. 3 anos mínimo para passar a ganhar 6k (sem vida, sem PLR e levando pressão de tudo que é lado). - Treinamentos iniciais muito ruins. Lhe dão um mês de aulinhas de PDCA e te jogam no fogo. Uns veêm isso como bom. Eu vejo isso como péssimo dado os outros programas de trainees que realmente te preparam para ser alguém no futuro, alguém especializado e não um generalista. - A liderança é simplesmente péssima tanto do líder de campo quanto o administrativo e diretoria. Amadores em gestão de pessoas. Não caia no marketing e depoimentos de consultores é tudo ensaiado. - Sem vida pessoal. Esquece. Fica-se no cliente, em ambientes insalubres (salinhas pequenas com vários consultores um do lado do outro grudado) e não pode sair do local 18h30 porque o cliente pode ver e isso "pega mal". Quem viaja pior ainda, mora em hotel, volta sexta tarde da noite pra casa e segunda sai cedo (vôos 5h e 6h da manhã para economizar). Saúde vai pro espaço. - A PLR é uma afronta (dá uns 0,5 em média) e a avaliação de desempenho personalista. Vende-se muito a avaliação 360 mas a verdade é: Quem é lider bata metas não importa com que meios (meios justificam fins na Falconi para bater metas) e para subordinados, caia nas graças dos líder (fale de futebol, iphone, essas coisas que eles gostam). - E o pior na minha visão é como os líderes estabelecem metas irreais de projeto e fazem de tudo para chegar lá usando de diversos "jeitinhos brasileiros" (diminuir escopo, ganhos que o cliente já tinha, coisas que já estavam em andamento, cálculos de análises superestimados, entre outros). - Os consultores plenos e sênior tem menos moral que consultor júnior que ficam levando avaliações altas porque fizeram um gráfico bonitinho.

    Conselhos para presidência: O modelo é insustentável e vocês sabem. Ficar entupindo projetos de consultor júnior mal saído da faculdade em clientes que pagam milhões e milhões enquanto as grandes consultorias (Mckinsey, bain, etc) tem caras ultra experientes e especializados.. a qualidade de vida inexiste, os líderes não sabem gerir pessoas e as metas cada vez mais irreais. Para de fazer vídeos de marketing para atrair juniorzinho e repensem todo o modelo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 12 meses

    Empresa não recomendada

    Consultor Júnior

    São Paulo, SP


    Prós: 1) A empresa está muito focada no trenamento dos consultores. 2) Oportunidade de trabalhar em projetos interessantes com clientes grandes. 3) Horário de trabalho tranquilo

    Contras: 1) Salário a baixo da média e PLR muito baixo 2) Projetos que oferecem um desafio muito pequeno 3) O backoffice da empresa não ajuda aos consultores e dificulta a vida pessoal.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Empresa escola, porém não leva suas aspirações em consideração

    Consultor Júnior

    São Paulo, SP


    Prós: Bom aprendizado, funcionários de alto nível, possibilidade de conhecer diversos setores diferentes, bons treinamentos e materiais oferecidos.

    Contras: Política de carreira nebulosa, a alocação de equipes não leva NADA em conta suas vontades e afinidades, não se recebe hora extra, empresa de certa forma engessada que não valoriza a criatividade de seus colaboradores.

    Conselhos para presidência: A alocação de equipes deveria levar em conta as vontades e talentos de seus consultores.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Plano de carreira atraente com inicio desafiador

    Consultor JúniorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: O plano de carreira é bastante atrativo, oferecendo grandes oportunidades de crescimento, podendo inclusive ser bastante acelerado de acordo com o seu desempenho.

    Contras: Carga de trabalho acaba sendo bastante elevada dependendo do consultor lider na equipe que estiver atuando, sendo que a empresa não remunera pelas horas extras trabalhadas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Parece boa, mas não é

    Consultor JúniorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa tem colaboradores muito bons(uma pena nos últimos anos muitos terem pedido demissão) porém não valoriza-os. Excelente oportunidade para aprendizado e networking.

    Contras: Não parece uma consultoria de gestão pois a própria gestão é péssima. Acostume-se a trabalhar até 1h-2h da manhã por um salário baixo. Tem líderes ótimos e tem líderes terríveis. Eles vendem uma política de carreira que não acontece na prática.

    Conselhos para presidência: Observar o que realmente acontece dentro da empresa e no campo, parece que a presidência não sabe o que acontece no dia-a-dia da empresa, vivem em outro mundo.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Falconi

Descrição:A FALCONI é reconhecida pela capacidade de ajudar as organizações a construir resultados excepcionais pelo aperfeiçoamento de seu sistema de gestão. Fundada pelo Professor Vicente Falconi, atua há mais de 30 anos no mercado. Nossa equipe de consultores atua dentro dos clientes, com o objetivo de identificar presencialmente os problemas e suas causas. Tendo por base a utilização de um método conhecido em todo o mundo, o PDCA, oferecemos as melhores soluções de gestão. A forma de trabalho consiste em transferir conhecimento gerencial com foco em resultados. Isso é feito por meio da implementação de um moderno e eficaz sistema de gestão, no qual cada profissional conhece seu papel para que os resultados sejam obtidos. Nós acreditamos no aprendizado por projeto. Aplicamos nosso método com disciplina e envolvendo as pessoas para estabelecer e atingir metas desafiadoras. Dessa forma, o resultado que entregamos é muito mais consistente e duradouro. Isso porque se baseia no crescimento e desenvolvimento da equipe do cliente, no decorrer do projeto.

Site

RH: quer atrair bons talentos?