Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Faculdade das Américas (FAM)?

16 postagens (15 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

1.93
  • Remuneração e benefícios
    4.07
  • Oportunidade de carreira
    1.80
  • Cultura da empresa
    1.27
  • Qualidade de vida
    1.47

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 13 dias

    Equipe proativa

    Assistente A

    São Paulo, SP


    Prós: A localização é excelente. A equipe de trabalho é muito boa e proativa. Há um tratamento de muito respeito entre os funcionários. Zona central aonde tudo acontece.

    Contras: Não vejo pontos negativos. A instabilidade de emprego, neste momento no Brasil, faz parte da realidade de todos. Esta instabilidade acho que é um problema atinge todos os brasileiros.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    A FAM cresceu mas nem tudo acompanhou

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Em alguns setores o salário é bom, muitos professores, coordenadores e alguns funcionários incríveis, pessoas comprometidas que vestem a camisa.

    Contras: A empresa não da oportunidade pra quem está capacitado e sim aos "protegidos" que a diretora gostar. Delega a gestão de setores a pessoas sem carácter algum, que humilha diariamente os funcionários e a todo momento todos vivem em uma imensa ironia e lenda do medo, tudo gira em torno de demissão. Não paga banco de horas e nem hora extra e sempre pede que os funcionários trabalhem 15 horas por dia e sábados e domingos.

    Conselhos para presidência: Trocar a gestão.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Boa Empresa

    Assistente de Atendimento JúniorEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Salários e beneficios muitos bons , chance de crescimento se tiver alguém lá dentro que reconheça seu esforço.Mas é uma boa empresa, não me arrependi de traballhar lá

    Contras: Bom é uma empresa com alto indice de rotatividade o que é ruim , a empresa não cria valores e o fatao de se trabalhar muito com qualidade não significa que vc vai ficar la

    Conselhos para presidência: a empresa tem que ser mais tolerante com os funcionarios e sair de uma grande rotatividade

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Pouco caso

    Técnico de Laboratório

    São Paulo, SP


    Prós: Salário um pouco mais atrativo que de outras empresas de áreas correlacionadas! Segundo a própria empresa, há a possibilidade de crescimento.

    Contras: Desorganização total! Planejamento nulo! Pouco caso em dispor de verba para qualquer operação! Aparelhos e equipamentos jogados por falta de manutenção devido a não liberação de verba.

    Conselhos para presidência: Investir mais, fazer um plano de gastos, melhorar a organização e planejamento pois é quase nulo na instituição!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Ambiente ruim e instabilidade

    SupervisorEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa em crescimento. Investimento elevado da mantenedora, do mesmo grupo da CREFISA. Salário bom em relação ao mercado atual. Boa localização, perto de metrô.

    Contras: Elevada rotatividade de colaboradores, é praticamente impossível manter a mesma equipe por mais de um ano. Sistema de gestão baseado no medo e ameaça, os profissionais estão constantemente sob pressão extrema. Gestão muito centralizadora e burocrática, não permite autonomia para os profissionais.

    Conselhos para presidência: Preocupar-se mais com as pessoas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Tem condições de ser uma excelente empresa, mas precisa melhorar a gestão.

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Ótima localização e com salário acima da média. A empresa está em fase de crescimento e em uma excelente situação financeira devido o apoio da mantenedora Crefisa.

    Contras: Empresa muito desorganizada. Gestão muito fraca. É comum ver funcionários de um departamento tendo que fazer funções de outros departamentos devido à desorganização. Existe um grupo de pessoas que é protegido e promovido pela diretoria, assumindo cargos de gestão para os quais não estão preparados, enquanto bons profissionais são impossibilitados de fazer um bom trabalho.

    Conselhos para presidência: Criar uma gestão profissional e sair do amadorismo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Empresa boa. Gestão péssima.

    Funcionário


    Prós: Empresa paga em dia e os beneficios são bons, para quem tem o registro de outra empresa do grupo. Bolsa de estudos na instituiçao é um ótimo atrativo.

    Contras: Os gestores não tem autonomia nenhuma, ou seja, nada é feito ou desfeito sem autorização do cargo maior. Se ocorre alguma falha quem sofre a consequência é sempre o colaborador de menor cargo. Processos e rotinas muito dependente da mantenedora, que não é o mesmo ramo da instituiçao, ou seja, a visão totalmente voltada para o outro lado da área educacional. A faculdade possui otimos funcionários, pessoas boas e de espirito de equipe, porém, a politica do "medo" faz com que as ideias de melhorias dos seus colaboradores sejam ofuscafas.

    Conselhos para presidência: Titulação acadêmica não é sinônino de competência. A prática é totalmente diferente da teoria.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 meses

    Ambiente intolerante a erros.

    Analista de Marketing PlenoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente em constante evolução. Trabalho dinâmico. Proximidade da alta gerência e diretoria. Exposição profissional positiva. Autonomia. Salário acima da média de mercado com benefícios atrativos.

    Contras: Inflexibilidade de horário. Intolerância a erros. Pressão injusta. Ausência de liderança. Tomadas de decisão erradas que prejudicam a evolução do trabalho, porém sem reconhecimento de tais atos, culpando sempre o colaborador. Altíssima rotatividade, em 1 ano e meio de empresa, troca de 4 gestores diretos e mais 3 supervisores.

    Conselhos para presidência: Apesar de recomendar a empresa e concordar com a forma de remuneração e benefícios, recomendo que a cultura da empresa passe a ser mais colaborativa e impulsionadora. Hoje a FAM é um ambiente em que se prevalece a cultura da Crefisa, sua mantenedora, que não tolera erros e cria um ambiente de altíssima pressão injusta. Pressão que estimula o crescimento é favorável, pressão que estimula o medo não.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 12 meses

    Decepção

    Analista de Sistemas Pleno

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa possui ótima localização. Bem próxima ao metrô. As pessoas da equipe, que possuem o mesmo nível hierárquico que o meu (subordinados), são ótimas pessoas. O salário é muito bom, acima da média do mercado.

    Contras: Péssimo ambiente de trabalho e pressão constante. Muitas mudanças em cargos de chefia, em vários setores, em muito pouco tempo. Local muito instável para se trabalhar, causando medo constante de demissão. Devido algumas burocracias internas, causadas pela mantenedora da Faculdade, a resolução de problemas e um pouco demorada, impactando no resultado do nosso trabalho.

    Conselhos para presidência: A faculdade precisa se tornar mais independente, em relação a sua mantenedora. Também é preciso tomar medidas para melhorar o ambiente. Trabalhar sob pressão é normal em qualquer ambiente de trabalho, mas trabalhar com medo constante de demissão, atrapalha o resultado final e faz algumas pessoas mostrarem um lado ruim, que não haviam mostrado antes, apenas para manter o emprego.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 25 dias

    Pior empresa que já trabalhei!

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Localizada estrategicamente na Rua Augusta, próximo à Av. Paulista, a FAM está próxima à diversos meios de locomoção e locais variados para almoço.

    Contras: A Faculdade de um modo geral possui péssima administração. A cultura tóxica parte desde a diretoria, que traz consigo diversos fatores desmotivadores, até seus "agregados", que tornam a cultura do medo e da pressão psicológica um modo de trabalho no dia a dia. Entre eles a cultura de "cabide de emprego" e alta rotatividade daqueles que não fazem parte deste cabide. O ambiente de um modo geral é hostil, pesado e prejudicial à saúde. Não existe comunicação clara entre as áreas, nem tampouco entre os gestores e seus subordinados. A gestão da FAM é um verdadeiro desrespeito ao profissional que leva anos para construir sua carreira. Não troque nenhuma empresa para trabalhar na FAM. Aceite o emprego somente se estiver precisando, desempregado e/ou sem nenhuma outra alternativa.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Faculdade das Américas (FAM)
RH: quer atrair bons talentos?