Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na EY (Ernst & Young)?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 2 anos

    Pouco salário para muito trabalho, muitas experiências e amigos.

    AuditorEx-funcionário, saiu em 2015


    Prós: Os colegas de trabalho são a melhor parte, as viagens são constantes e te permite conhecer muitas empresas diferentes, você tem muita experiência profissional.

    Contras: A remuneração é menor que a do mercado, mas não é o maior ponto negativo, todo mundo já sabe disso. Há muito trabalho durante os períodos de pico e nada de vida (Auditoria). Muita exploração e pouco olhar para o trabalhador, você é apenas um recurso, conforme-se. Não se vê nenhuma preocupação em manter o trabalhador, muito menos em se respeitar o interesse deste. Esqueça sua vida pessoal!

    Conselhos para presidência: A perda de talentos é constante e isso torna-se problemas para todos. Mais profissionais para treinar, menos eficiência, menos resultados, mais custos, até retomar o ritmo. Vivi isso por 3 anos na EY e estava cansada de ver as pessoas entrando e saindo, apesar de adorar a empresa e ter vestido a camisa, cansei. Tive uma experiência horrível na minha saída e nem se quer responderam o meu e-mail, descaso. Alguns valores precisam ser revistos, o descaso que se tem com as pessoas é uma perda de talentos da empresa, perda de imagem, e eu construi essa imagem nesses últimos 4 anos (antes de mesmo de entrar). Mas, com toda minha experiência não estou certa se existe realmente alguma preocupação com tais (imagem, valores e pessoas).

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

EY (Ernst & Young)

Descrição:A EY é líder global em auditoria, impostos, transações e consultoria. Seus 167,000 colaboradores são unidos pelos mesmos valores, os quais inspiram seus profissionais em todo o mundo e os orientam a fazer a coisa certa. A EY está empenhada em fazer a sua parte na construção de um mundo melhor trabalhando em prol da sociedade, clientes e comunidades. No Brasil, a EY integrou suas operações com a Terco, resultando na EY Terco. O objetivo da operação é conquistar a liderança no setor. Para isso, as empresas uniram suas melhores características: a forte presença da Terco no segmento de middle market e de incorporações imobiliárias e a experiência global da EY no atendimento a grandes contas e clientes multinacionais.

Site

RH: quer atrair bons talentos?