• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Exército Brasileiro?

871 postagens (295 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.01
  • Remuneração e benefícios
    3.66
  • Oportunidade de carreira
    3.28
  • Cultura da empresa
    4.02
  • Qualidade de vida
    3.49

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 8 meses

    Estabilidade de que não vale a pena

    Primeiro Tenente

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A Estabilidade é sem dúvida um dos pontos fortes no que tange o trabalho militar, além disso há uma gama grande de pessoas com backgrounds diversos que ajudam a tornar a vivência no meio militar muito interessante. Os valores lá aprendidos também, se bem internalizados, podem ser de grande valia.

    Contras: O Exército possui a realidade de toda a administração pública brasileira, com burocracias enfadonhas. No âmbito das pessoas, devido a estrutura hierárquica, acaba gerando ambientes de trabalho excessivamente travados, não possibilitando muitas vezes aos profissionais a capacidade de serem plenos em suas funções.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Funcionário


    Prós: Atividades excitantes, cursos diversos, estabilidade e possibilidade de conhecer todos os lugares do Brasil e do mundo, entre outros. Com base no esforço.

    Contras: As transferência obrigatórias com certeza é o pior, o salário baixo e defasado comparado a outros órgãos militares, além de equipamentos antigos e sem investimento por parte da união.

    Conselhos para presidência: Tem que mudar a presidência.

  • Há 8 meses

    Insatisfeito

    Funcionário

    Florianópolis, SC


    Prós: Estabilidade, Plano de saúde razoável, ambiente de trabalho bom em alguns lugares, possibilidades de morar em vários lugares, conhecer muitas pessoas e culturas diferentes.

    Contras: Muito horário perdido devido a grande quantidade de serviço, não pagam hora extra e nem diárias. Muito abuso de autoridade. Nem sempre pode-se escolher o lugar onde vai servir.

    Conselhos para presidência: Melhorar o sálario ou pagar hora extra.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    3º Sargento


    Prós: Estabilidade, pagamento em dia, possibilidade de ser transferido para outras regiões do país recebendo ajuda de custo, possibilidade de cumprir missão no exterior com ajuda de custo para isso.

    Contras: Baixa remuneração, pouca disponibilidade de PNR (casa na vila militar) para sargentos, plano de carreira demorado (8 anos para ser promovido de 3º sargento para 2º sargento)

    Conselhos para presidência: Aumento salarial justo para todos os cargos (50% de aumento para todos os cargos), adicional por tempo de serviço (5% a cada 5 anos), promoções mais rápidas (de 8 anos para 5 anos).

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 10 meses

    Exército Brasileiro

    Soldado

    São Paulo, SP


    Prós: É dificil dizer algo de uma instituição tão grande, as quais me dão grande conhecimento na área militar, o dificil é a sua jornada de trabalho

    Contras: Uma instituição sem qualquer tipo de organização, quem é mais antigo manda mais do que é superior na patente ridiculo isso o que se passa nas rotinas dos quarteis

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 12 meses

    Pedem muito de você pra te darem tão pouco

    Relações Públicas

    Manaus, AM


    Prós: Pra quem é Ev no Exército é um lugar aonde você vai ser menos sugado. Trabalha muito com design e com o computador no ar condicionado. Tem missões diretas do CMT por muitas vezes.

    Contras: Você trabalha no Exército como EV e por isso já está com os dias contados. É um trabalho por muitas vezes cheio de missão das mais variadas como colocar banners em autidors ou fazer uma revista para o quartel. Trabalha muito e ganha pouco.

    Conselhos para presidência: Cumpra seu ano obrigatório e vá fazer uma faculdade. Pública ou particular o importante é que faça!.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 12 meses

    Poderia ser melhor.

    Cabo Engajado

    Boa Vista, RR


    Prós: Sem dúvida o Plano de saúde é um dos melhores do Brasil. Um outro ponto positivo é a honra de defender a nossa nação, o orgulho de carregar nossa bandeira no braço.

    Contras: Pouco reconhecimento, o militar brasileiro não é valorizado, o salário deveria ser melhor, o governo deveria investir mais nas forças armadas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 12 meses

    Não vale o esforço.

    SoldadoEx-funcionário, saiu em 2014

    Niterói, RJ


    Prós: Horario de trabalho no dia a dia, relação interpessoal com seus pares boa, horário reservado ao exercício físico que permite a manutenção de um bom condicionamento físico.

    Contras: Sistema hierárquico péssimo, sistema de escala abusivo, salario bem a baixo do que deveria ser, alta dificuldade de evolução profissional, exigência quanto ao uniforme.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Avaliação negativa

    Praça EspecialEx-funcionário, saiu em 2012

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ajudou na minha formação como profissional e me forneceu um diploma de graduação no Instituto Militar de Engenharia. Recomendo para quem quer se tornar oficial do Exército Brasileiro.

    Contras: Muita burocracia e ineficiência. Tem praticamente todos os pontos positivos e negativos do nosso funcionalismo público, com um ponto negativo a mais: todo oficial superior a você é o seu chefe. Isso acarreta em recebimento de ordens conflitantes entre si e maior ineficiência.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Nao recomendo

    SoldadoEx-funcionário, saiu em 2017

    Praia Grande, SP


    Prós: Raramente a rotina era agradavel. A Camaradagem adquirida la dentro e bons valores pessoais sao coisas que irei carregar o resto da minha vida.

    Contras: Qualquer um que esteja acima de voce pode mandar e desmantar. Mesmo que esteja errado, o que realmente ira contar e sua patente, o que e algo incondizente.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Exército Brasileiro

Descrição:A missão e visão de futuro do Exército Brasileiro é de contribuir para a garantia da soberania nacional, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, salvaguardando os interesses nacionais e cooperando com o desenvolvimento nacional e o bem-estar social. Para isso, preparar a Força Terrestre, mantendo-a em permanente estado de prontidão. O Ministério da Defesa (MD) é o órgão do Governo Federal incumbido de exercer a direção superior das Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica. Uma de suas principais tarefas é o estabelecimento de políticas ligadas à Defesa e à Segurança do País, caso da Política de Defesa Nacional (PDN), atualizada em julho de 2005. Criado em 10 de junho de 1999, o MD é o principal articulador de ações que envolvam mais de uma Força Singular.

Site