Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Everis?

184 postagens (66 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.08
  • Remuneração e benefícios
    3.11
  • Oportunidade de carreira
    2.77
  • Cultura da empresa
    2.98
  • Qualidade de vida
    2.77

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 anos

    A everis tem muito potencial, só precisa querer ser grande.

    Solution Assistant

    São Paulo, SP


    Prós: Plano de carreira: Existe um plano de carreira sólido na everis (sim em minúsculo), se quiser crescer tem que superar as expectativas do seu cargo atual, e as promoções são baseadas também em meritocracia. Pouco desconto na folha de pagamento: vale-transporte (ou Ticket Car) é descontado um real, Ticket Refeição também é um real descontado. Mentoring: a empresa tem programas de mentoring, usa quem quer, poucos funcionários utilizam efetivamente. Diversidade de clientes: Existe inúmros projetos e clientes, desde banco, seguradora, hospitais, setor público. A empresa da a liberdade de troca de projetos.

    Contras: Vale refeição: está abaixo da região, deveria ser no mínimo 50% maior que o atual para atender as ofertas da região. Horas extras: Não tem horas extras e nem banco de horas, tudo é tratado verbalmente e é comum excesso de overtime.

    Conselhos para presidência: A everis tem muito potencial para ser referência em consultoria TI no Brasil, mas aparentemente não quer, pois valoriza muito o contratado de fora e suas "crias" demoram para ser reconhecidas dentro da empresa. A everis deveria valorizar mais o seu funcionário que entrou como SA.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Empresa para quem gosta de ficar dentro da caixa

    Analista de Sistemas Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: Sobre pontos positivos, podemos dizer que são: * Liberdade de horários; * Os horários são bem tranquilos na Everis, as pessoas não se preocupam muito com seu horário de chegada e horarios de almoço e etc. Cuidado apenas com o horário de saída, pois não é muito bem visto quem sai cedo. * A maioria das pessoas acaba chegando por volta das 10, 10:30 e saindo as 19, 20Hs. * Carreira * A politica de cargos e salários permite um crescimento, pelo menos na área que atuo. Basta que você se dedique aos objetivos traçados e demonstre que é comprometido. A everis gosta de comprometimento. Isso significa trabalhar nos finais de semana, a noite e quando necessário para que as coisas saiam no prazo, fazendo isso, o crescimento é certo. Eu não vejo esse ponto exatamente como positivo, mas pelo menos eles são bem claros nesse aspecto, desde o momento da entrevista.

    Contras: Os pontos negativos variam de uma pessoa para outra, vou dizer aqui os pontos que EU considero negativos na Everis e seus motivos * Trabalhar para ajudar a causa maior (A empresa) * As pessoas são condicionadas a pensar que trabalhar muito mais do que o planejado, incluindo final de semana e no período da noite é uma coisa normal, e criou-se uma cultura dentro da empresa que se você trabalha o que deveria (Pelo que é pago) não é suficiente. Isso necessariamente terá um impacto no seu crescimento dentro da empresa, além de olhares desconfiados da equipe. A empresa não paga hora extra, em nenhum caso pelo que eu entendi, mesmo quando o cliente paga hora extra para ela.(Apenas ouvi histórias a esse respeito, não presenciei nada disso). Vejo essa cultura muito presente nas pessoas que trabalham na Everis ha algum tempo, e acredito pessoalmente que vêm do fato da falta de experiência em outras empresas. Elas acabam acreditando que trabalho é isso, e que trabalhar significa abrir mão da vida pessoal em prol da empresa. * Falta de conhecimento geral dos profissionais técnicos * Nesse item, abordo a minha experiência pessoal pois não conheço todas as área da empresa. * Os profissionais não possuem um grande conhecimento em tecnologias mais recentes e não conseguem acompanhar a evolução do mundo tecnológico, e por isso estão presos a soluções sem muita criatividade , trabalhosas e convencionais. (dentro da caixa) * Na minha opinião, isso acontece justamente por falta de tempo do profissional para estudar, aprender, e estar adaptado ao mercado/mundo. * Percebi que essa preocupação na empresa é grande, pois ela incentiva diversos treinamentos internos. Na minha opinião esses treinamentos são pouco eficazes, pois são aplicados por funcionários da própria empresa que não tem muito tempo para preparar material (provavelmente fizeram o material fora do horário de trabalho) e em alguns casos, os próprios assuntos são reflexos da falta de alinhamento com o mercado/tecnologias. * Tecnologias Aplicadas * A empresa utiliza soluções e tecnologias que estão relativamente antigas, apostando no conservadorismo para solucionar os problemas de mercado. Isso torna as soluções vendidas caras devido a sua complexidades e tempo de desenvolvimento. * Conservadorismo e Burocracia * Seguindo o melhor costume das consultorias dos anos 90, a Everis é lenta , conservadora e burocrática. Isso impacta na forma de se vestir, hierarquia pesada que foca na separação dos executivos do resto da empresa, e ao meu ver, muitos executivos parecem gostar bastante dessa separação. Por mais que existam muitas pessoas fantásticas , próximas e muito inteligentes dentro deles, ainda existem aqueles executivos no melhor estilo de manter seu queijo intacto. * Salários * Além da questão da falta de hora extra já comentada, os salários estão abaixo do praticado em mercado. Essa questão é um pouco complexa, pois se formos comparar com outras consultorias do mesmo porte, a diferença não me parece ser tão grande assim. * Ambiente de Trabalho * Com todos os itens descritos acima, fica difícil um ambiente de trabalho muito divertido e conquistador. Em geral, as pessoas conversam apenas com as pessoas do projeto que trabalham no momento e o ambiente é bastante conservador. * Bairro * * Essa é uma questão totalmente pessoal, mas a Everis fica no Morumbi que é um bairro com extrema dificuldade para se chegar, seja de metrô, onibus ou carro. Mas para quem tem fácil acesso ao trem, ela fica localizada ao lado de uma estação de trem. Na minha visão, tudo isso faz com que a empresa não se torne um bom lugar, pelo menos para mim, mas caso você seja um profissional que goste de processos bem definidos/burocráticos e do esquema anos 90 de trabalho ela pode ser perfeita para você. A Everis é para quem gosta de ficar dentro da caixa. O ponto positivo para quem não gosta muito dos pontos descritos acima, é que pelo que eu entendi da ultima reunião, a visão dos sócios parece estar alinhada com esses tópicos. Pude perceber que eles enxergam esse sistema descrito acima, e que eles percebem que se a Everis não entrar em acordo com o mercado, será engolida por novas consultorias que trabalham de outra forma. Esse é um aspecto muito positivo, pois a ideia é que as coisas mudem, e eu realmente espero que isso aconteça.

    Conselhos para presidência: Focar em acompanhar o mercado tecnológico e entender que os profissionais técnicos que fazem as coisas acontecerem, sem eles, a empresa ficará sempre dentro da caixa. Melhorar a qualidade de vida dos funcionários e incentivar a inovação e criatividade dos mesmo, com certeza irá trazer melhorias significativas para todo o processo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    Quer carreira ? Passa longe então, não é aqui a oportunidade... ou aceite ser mais um "recurso" apenas!

    Analista de Sistemas JúniorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Paga em dia (é o mínimo);

    Contras: Vou tentar listar os principais abaixo.

    -Carreira lenta e custosa:
    É necessário engolir muitos sapos, deixar suas opiniões de lado e baixar a cabeça sempre caso você queira se tornar um líder e posteriormente um gerente/diretor, etc. Caso sua opção seja de carreira técnica, desenvolvimento e afins, é se preparar para apagar incêndios sempre, com prazos acordados sem consulta a desenvolvedores, trabalhos durante a madrugada, fins de semana, resumindo muitas e muitas horas extras te deixando quase sem tempo para nada (apenas trabalhar, comer e dormir), e caso opte por utilizar dias como banco de horas (somente em projetos em que isto esteja acordado pois a empresa não disponibiliza), superiores inventarão sempre mil desculpas e formas de coagir o funcionário para a não utilização destas horas, acumulando dias em férias, e dependendo da sua atividade em um projeto, serão raros momentos em que conseguirá desfrutar de férias, isto quando não te ligarem até quando estiver em férias…

    -Avaliações e feedbacks:
    Existe um ciclo “1-Briefing, 2 - Avaliação”. Num primeiro momento ao chegar em um projeto a obrigação do líder é realizar um briefing com o novo colaborador, resumindo a intenção do projeto e qual será a atividade do mesmo durante o período de permanência nele. Enfim, na prática essa etapa é quase sempre confusa devido a correria que todos estão com planejamentos e prazos. Muitas vezes um recurso está sendo totalmente mal assessorado devido aos demais estarem sobrecarregados com funções do dia a dia mais funções extras, onde gerentes e diretores quando simplesmente não querem realizar uma determinada atividade de sua responsabilidade vão encaminhando aos funcionários abaixo da cadeia, gerando uma defasagem no tempo disponível e previsto para realizar as atividades planejadas e posterior falta de instrução aos mais novos. Resumindo, muitos ficam perdidos em suas atividades, gastando horas sem saber se aquilo está de acordo com o que deveria ser realizado, outros ficam sobrecarregados acumulando funções, e quando chega o fatídico dia da avaliação/feedback, o funcionário apenas estará ali para ouvir o que os gerentes/diretores ou sócios tem a dizer do trabalho desempenhado. Avaliação 360 ? nem pensar, se ficou sem tempo é porque não sabe administrar, permaneça mais um ano corrigindo estes pontos, enquanto as atitudes serão as mesmas, ou seja, tudo irá se repetir e no fim das contas quando você perceber, ja estará trabalhando horas de graça, perseguindo uma promoção que não chegará devido ao fato de simplesmente seus gestores não terem verba para a promoção, não terem afinidade com você indo além da questão meritocracia… enfim, se acostume a ouvir desculpas sempre!

    -Estrangeiros:
    é o "calcanhar de aquiles” da empresa, pois está “inflada” de estrangeiros. Enquanto existem pessoas com excelente conhecimento e preparo dentro ou fora da empresa no mercado, a mesma simplesmente traz funcionários de outros escritórios espalhados pelo mundo, com a desculpa de serem excelentes funcionários e merecem esta oportunidade, e curiosamente muitos deles vem parar aqui no Brasil.
    É fato que a empresa possui muitos funcionários estrangeiros, e a grande maioria deles em cargos influentes (gestores, diretores e sócios). De tempos em tempos, com a chegada de novos estrangeiros, será muito comum em alguns meses observar os mesmos acederem a cargos de liderança muito mais rápido que outros brasileiros competentes, e que ja estão em processo a um tempo hábil para promoção. O fato mais curioso é que estas pessoas são totalmente custeadas pela empresa em nosso país (moradia, comida, etc), e em contra partida, todo ano a empresa vem diminuindo os programas de incentivo aos funcionários, alegando falta de verba.

    -Lideranças:
    Para encerrar, aquilo que mais se encontra no dia a dia, LIDERES, muitos LIDERES, o famoso “muito cacique para pouco indio”!
    O que vale salientar aqui é a qualidade do trabalho, pois existem bons lideres e péssimos lideres, os famosos CHEFES.
    Não da pra dizer que todos são ruins, pois muitos ajudam no dia a dia, somam e resolvem problemas de fato, porém muitos fazem apenas volume morto, são totalmente perdidos a ponto de chegarem a uma reunião com um cliente e ligarem para um recurso pedindo para resolver algum problema levantado quando é questionado e que o mesmo não tem bagagem para resolver. De fato existem todos os tipos de lideres aqui, saco de pancada de diretor, líder ausente, líder que aparece só para trazer má noticia, líder que vai embora no horário e cobra o resultado no outro dia ao estilo manda quem pode, obedece quem tem juízo e muitos outros “tipos”, o fato é que você terá lideres, muitos lideres!

    Conselhos para presidência: Não vale a pena...

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    Para quem está começando não tenho o que reclamar.

    Solution Assistant

    São Paulo, SP


    Prós: Horário flexível.
    Pouco hierarquizada (um analista pode "mandar" em um gerente ou até mesmo diretor.
    Opções de carreira vertical ou horizontal.
    Plano de carreira bem estruturado (porém não fica muito claro como é a avaliação para promoção).

    Contras: Salário baixo.
    Não pagam horas extras.
    Valor de VR incompatível com a região.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 12 meses

    Tem muito a melhorar

    Analista de Sistemas Sênior

    Uberlândia, MG


    Prós: Plano de carreira bem definido, vários benefícios e um ambiente bem agradável de se trabalhar. A maioria dos profissionais são bem capacitados e quem não é se esforça bastante para alcançar resultados.

    Contras: O PLR é tirado da opinião pessoal do líder e não do que você realmente produziu durante os últimos seis meses (como é dito nas reuniões). Ou seja, não confronte nunca seu líder. Os projetos são muito mal formados e bobos. Uberlândia é visto apenas como uma fábrica e software (o que, na filial de SP, significa que todos aqui são idiotas).

    Conselhos para presidência: Contratem líderes menos esquizofrênicos e acreditem no potencial de quem já trabalha na empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Empresa boa somente para aprender

    Solutions AnalystEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Flexibilidade de horários, grandes projetos com grandes empresas, plano de carreira interessante, esquema de férias muito bom, ótimo ambiente de trabalho, colegas que buscam sempre ajudar. Da oportunidade para quem não tem experiência.

    Contras: Salários muito baixos, vale refeição incoerente com a região, baixa rotação de projetos pois a maioria dos clientes é praticamente fixa, altíssima rotatividade assim sempre tem bastante gente no projeto que não sabe nada.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Enganação do começo ao fim...

    Analista de Sistemas JúniorEx-funcionário, saiu em 2007

    São Paulo, SP


    Prós: O único que identifiquei foi o rápido aprendizado, também trabalhando 12 horas por dia em média incluindo (muitas vezes) finais de semana e feriados (sem receber extra ou banco de horas) e não aprender rápido...

    Contras: Mal sei por onde começar...Os problemas já começam desde a entrevista, promessas de carreira rápida e evolução que não se cumprem para a maioria...já avisam que precisa de comprometimento (traduzindo fazer um monte de horas extras sem receber). Mas a carreira é para uma minoria, pois na avaliação (bastante subjetiva) sempre falta alguma coisa para poder evoluir (culpa sempre do funcionário), somente as mesmas figurinhas carimbadas evoluem rápido...Esqueça vida pessoal aqui...durante meses eu só parava em casa para dormir e tomar banho...depois tinha que voltar ao trabalho. No começo da carreira o sálario é acima da média do mercado (para atrair os desavisados), depois é só exploração sem reconhecimento e ai seus ganhos ficam defasados. Não surpreende a alta rotatividade, quando eu estava na empresa era difícil encontrar pessoas que ficavam mais de 2 anos na empresa...é um absurdo. Ganhei um aprendizado rápido sim, principalmente no início de carreira quando não sabia nada, depois o aprendizado parou e perdi uma parte da minha vida e da minha saúde...não valeu a pena.

    Conselhos para presidência: Fechem esta empresa e saiam do país logo...se forem ficar reestruturem a empresa, pois do jeito que é não tem salvação para os funcionários

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Everis, ilusão e incompetencia juntas

    Líder de ProjetosEx-funcionário, saiu em 2015


    Prós: Pensei muito em colocar algo mas não consegui pensar em algo positivo. Acho que o café e alguns cursos mesmo que rápidos e sem profundidade.

    Contras: Como toda consultoria de ti, não há mágicas. Possui um plano de carreira virtual e ilusório. Tentam fazer com que engulam sua doutrina, e quando você acorda busca uma nova oportunidade. A rotatividade e altíssima pois sempre tem vagas na Apinfo. Não se iluda por nisso !

    Conselhos para presidência: Menos crianças a frente dos projetos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Nao recomendo esta empresa a ninguem

    Programador

    Uberlândia, MG


    Prós: Informalidade quanto ao vestuario. (pode usar camiseta e bermuda)

    Contras: Cobrança exagerada em comparação com o salário, gerentes mal preparados. lavagem cerebral 24hrs por dia tentando lhe convencer que trabalha na melhor empresa do mundo.

    Conselhos para presidência: Focar no bem estar do trabalhador nao somente em numeros e dinheiro ... pois nenhum colega de trabalho tem amor por esta empresa

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Um ótimo lugar para se trabalhar

    Líder de Projetos

    São Paulo, SP


    Prós: Um ótimo ambiente de trabalho; Dão muitos cursos aos funcionários; Horários flexíveis; Ótimo grau de transparência sobre estratégia e metas para com o funcionário e a empresa

    Contras: Não recebe horas extras; A estrutura no prédio pode deixar a desejar, dependendo da sala em que está

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Everis

Descrição:A everis, uma empresa do grupo NTT DATA, é uma multinacional de consultoria que oferece soluções de estratégia e de negócios, desenvolvimento e manutenção de aplicações tecnológicas e serviços de terceirização. A empresa que atua nos setores de telecomunicações, serviços públicos, financeiros, industriais, de energia, e o setor de saúde, atingiu um volume de negócios de 591 milhões de euros no último ano fiscal. Atualmente tem 10.600 profissionais localizados em escritórios e centros de alto desempenho em 13 países.

Site

RH: quer atrair bons talentos?