Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Everis?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Quer carreira ? Passa longe então, não é aqui a oportunidade... ou aceite ser mais um "recurso" apenas!

    Analista de Sistemas JúniorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Paga em dia (é o mínimo);

    Contras: Vou tentar listar os principais abaixo.

    -Carreira lenta e custosa:
    É necessário engolir muitos sapos, deixar suas opiniões de lado e baixar a cabeça sempre caso você queira se tornar um líder e posteriormente um gerente/diretor, etc. Caso sua opção seja de carreira técnica, desenvolvimento e afins, é se preparar para apagar incêndios sempre, com prazos acordados sem consulta a desenvolvedores, trabalhos durante a madrugada, fins de semana, resumindo muitas e muitas horas extras te deixando quase sem tempo para nada (apenas trabalhar, comer e dormir), e caso opte por utilizar dias como banco de horas (somente em projetos em que isto esteja acordado pois a empresa não disponibiliza), superiores inventarão sempre mil desculpas e formas de coagir o funcionário para a não utilização destas horas, acumulando dias em férias, e dependendo da sua atividade em um projeto, serão raros momentos em que conseguirá desfrutar de férias, isto quando não te ligarem até quando estiver em férias…

    -Avaliações e feedbacks:
    Existe um ciclo “1-Briefing, 2 - Avaliação”. Num primeiro momento ao chegar em um projeto a obrigação do líder é realizar um briefing com o novo colaborador, resumindo a intenção do projeto e qual será a atividade do mesmo durante o período de permanência nele. Enfim, na prática essa etapa é quase sempre confusa devido a correria que todos estão com planejamentos e prazos. Muitas vezes um recurso está sendo totalmente mal assessorado devido aos demais estarem sobrecarregados com funções do dia a dia mais funções extras, onde gerentes e diretores quando simplesmente não querem realizar uma determinada atividade de sua responsabilidade vão encaminhando aos funcionários abaixo da cadeia, gerando uma defasagem no tempo disponível e previsto para realizar as atividades planejadas e posterior falta de instrução aos mais novos. Resumindo, muitos ficam perdidos em suas atividades, gastando horas sem saber se aquilo está de acordo com o que deveria ser realizado, outros ficam sobrecarregados acumulando funções, e quando chega o fatídico dia da avaliação/feedback, o funcionário apenas estará ali para ouvir o que os gerentes/diretores ou sócios tem a dizer do trabalho desempenhado. Avaliação 360 ? nem pensar, se ficou sem tempo é porque não sabe administrar, permaneça mais um ano corrigindo estes pontos, enquanto as atitudes serão as mesmas, ou seja, tudo irá se repetir e no fim das contas quando você perceber, ja estará trabalhando horas de graça, perseguindo uma promoção que não chegará devido ao fato de simplesmente seus gestores não terem verba para a promoção, não terem afinidade com você indo além da questão meritocracia… enfim, se acostume a ouvir desculpas sempre!

    -Estrangeiros:
    é o "calcanhar de aquiles” da empresa, pois está “inflada” de estrangeiros. Enquanto existem pessoas com excelente conhecimento e preparo dentro ou fora da empresa no mercado, a mesma simplesmente traz funcionários de outros escritórios espalhados pelo mundo, com a desculpa de serem excelentes funcionários e merecem esta oportunidade, e curiosamente muitos deles vem parar aqui no Brasil.
    É fato que a empresa possui muitos funcionários estrangeiros, e a grande maioria deles em cargos influentes (gestores, diretores e sócios). De tempos em tempos, com a chegada de novos estrangeiros, será muito comum em alguns meses observar os mesmos acederem a cargos de liderança muito mais rápido que outros brasileiros competentes, e que ja estão em processo a um tempo hábil para promoção. O fato mais curioso é que estas pessoas são totalmente custeadas pela empresa em nosso país (moradia, comida, etc), e em contra partida, todo ano a empresa vem diminuindo os programas de incentivo aos funcionários, alegando falta de verba.

    -Lideranças:
    Para encerrar, aquilo que mais se encontra no dia a dia, LIDERES, muitos LIDERES, o famoso “muito cacique para pouco indio”!
    O que vale salientar aqui é a qualidade do trabalho, pois existem bons lideres e péssimos lideres, os famosos CHEFES.
    Não da pra dizer que todos são ruins, pois muitos ajudam no dia a dia, somam e resolvem problemas de fato, porém muitos fazem apenas volume morto, são totalmente perdidos a ponto de chegarem a uma reunião com um cliente e ligarem para um recurso pedindo para resolver algum problema levantado quando é questionado e que o mesmo não tem bagagem para resolver. De fato existem todos os tipos de lideres aqui, saco de pancada de diretor, líder ausente, líder que aparece só para trazer má noticia, líder que vai embora no horário e cobra o resultado no outro dia ao estilo manda quem pode, obedece quem tem juízo e muitos outros “tipos”, o fato é que você terá lideres, muitos lideres!

    Conselhos para presidência: Não vale a pena...

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Everis

Descrição:A everis, uma empresa do grupo NTT DATA, é uma multinacional de consultoria que oferece soluções de estratégia e de negócios, desenvolvimento e manutenção de aplicações tecnológicas e serviços de terceirização. A empresa que atua nos setores de telecomunicações, serviços públicos, financeiros, industriais, de energia, e o setor de saúde, atingiu um volume de negócios de 591 milhões de euros no último ano fiscal. Atualmente tem 10.600 profissionais localizados em escritórios e centros de alto desempenho em 13 países.

Site

RH: quer atrair bons talentos?