Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Esporte Interativo?

43 postagens (21 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.71
  • Remuneração e benefícios
    2.20
  • Oportunidade de carreira
    2.65
  • Cultura da empresa
    2.35
  • Qualidade de vida
    2.25

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há mais de 2 anos

    ruim

    Ex-funcionário, saiu em 2013

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Pessoas fazem o ambiente legal

    Contras: Exploracao de estagio. Nao valorizam os colaboradores

    Conselhos para presidência: Secatentar as leis

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    "Falta muito para ser uma media empresa"

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Equipe jovem e muito agradável de trabalhar.

    Contras: Má valorização de funcionários, estagiários trabalham durante feriados e finais de semana com horário variado, múltiplas funções, dificuldade de crescimento na empresa, funcionários correm riscos de serem demitidos por erros de outras áreas e dão muito mais valor ao produtor do que ao funcionario.

    Conselhos para presidência: Comecem a valorizar seus funcionários, deem feedback das boas atuações deles não escutem as "estrelas" para demitirem profissionais muito qualificados, evitem o rodizio de funcionários com diversos desses ,por mês, indo para as emissoras concorrentes.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    Bola fora

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2014

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A empresa realmente oferece oportunidade de crescimento para seus funcionários que trabalham duro (muito duro).

    Contras: Se trabalha muito mais do que o horário combinado, além de feriados e finais de semana. Paga mal. Muitos funcionários são grosseiros e sem cultura (SÓ vivem pelo futebol e não sabem falar sobre outros assuntos). A comunicação entre as equipes (RH, Marketing, Design, Redação) são praticamente nulas e a culpa dos problemas sempre vai para os mais fracos. Apesar de receber muito mal, o estagiário, desde o início, é cobrado com funcionário efetivado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Um ambiente bom, porém mal gerenciado e muito desorganizado

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente de trabalho descontraído, clima de colaboração coletiva muito grande, oportunidade de contribuir e aprender em diferentes áreas e excelentes benefícios, facilidade para trocar de uma função para outra.

    Contras: horas extra excessivas, estagiários exercendo funções de CLT, falta de transparência nas decisões dos superiores, remuneração baixa, acúmulo de funções, amadorismo e cultura da gambiarra e da diminuição dos custos em detrimento da qualidade.

    Conselhos para presidência: Para tornar-se um grande canal de esportes e fazer frente aos canais já estabelecidos como SPORTV, ESPN e FOX, o EI precisa deixar para a trás o amadorismo e buscar soluções ao invés de gambiarras baratas, abraçar a cultura da TURNER e deixar de tentar "remendar um buraco quando o necessário é fazer uma parede nova". Há muita dependência das equipes do EI do RIO para fazer quase tudo, o que além de tirar autonomia, dificulta o processo como um todo. Os funcionários acumulam funções demais, inclusive estagiários, e acabam saturados e não conseguem entregar os resultados que poderiam por conta disso, a remuneração é abaixo do mercado e inferior aos funcionários que trabalham apenas para a Turner e isso é sentido com muita intensidade em São Paulo. A política de avaliação é exclusiva e injusta, os critérios de avaliação não são claros e no geral não valoriza os funcionários e nem estimulam o bom desempenho de suas funções.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    A proposta é boa, mas a execução deixa a desejar.

    Técnico de Sistemas

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente jovem, dinâmico e com muitos desafios. Excelente para quem está iniciando a carreira. A liguagem usada é bem coloquial, a estrutura é enxuta e flexível. Fácil acesso aos gestores no geral.

    Contras: A empresa conta com muitos estagiários em posições estratégicas. Não tem um canal de ouvidoria para ideias novas, somente alguns podem dar sugestões. Tem pouco padrão nas transmissões e a remuneração é péssima.

    Conselhos para presidência: Estabelecer metas e objetivos claros e alcançáveis para os colaboradores. Diminuir a rotatividade, pois atrapalha o bom andamento dos trabalhos. Motivar em vez de coagir.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Bom para início de carreira

    Analista de MídiaEx-funcionário, saiu em 2016

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Muito aprendizado e responsabilidades, os benefícios são bons e há possibilidade de crescimento. O clima é descontraído até demais, as pessoas são muito jovens.

    Contras: Salário pífio, principalmente considerando a quantidade de trabalho. Gestores muito ruins. A maioria só teve o EI como emprego na vida. É preciso olhar mais pra fora da empresa.

    Conselhos para presidência: Contratem gestores talentosos

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Não valorizam o funcionário

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente jovem, você aprende bastante e tem oportunidades de fazer coisas que com certeza em empresas com uma cabeça mais fechada não teria. Bom para ter portfólio e procurar outro lugar que o valorize como profissional.

    Contras: Muita pressão, é cobrado de um profissional o trabalho que deveria ser cobrado de 2, muita gente despreparada tomando decisões que deveriam ser tomadas por superiores, desorganização em vários departamentos, falta de comprometimento de alguns funcionários com o prazo, o que sobrecarrega outras áreas. Em algumas áreas você não se sente importante nem dono do conteúdo, se sente bem desvalorizado. Estagiário trabalha tanto quanto efetivado, às vezes até mais, e eles ficam muito mais que 6h por dia trabalhando, porque não precisam bater ponto - já os efetivados são encorajados a não ficar mais que 2h a mais, para não terem que pagar hora extra. Feedbacks são feitos, mas nem sempre mudam algo, mesmo que esse algo esteja atrapalhando a equipe. Não há meritocracia, mas sim brotheragem.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Empresa grande com a pior parte do clima de startup

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O ambiente é o maior ponto positivo. É informal, as pessoas são próximas e solícitas. Mesmo cargos de estágio e analista, você tem oportunidade de participar de projetos que, em uma empresa maior, seriam limitados a cargos de gestão.

    Contras: O problema vem de cima para baixo. Os diretores e managers são despreparados. Não há gestão. É da cultura da empresa que cada um chegue ali e se vire, porque trabalhar com esportes é um sonho. Maior parte da empresa é de estagiários, incluindo cargos de coordenação. É uma empresa grande, com o pior do mindset startup: muito ego e pouco planejamento.

    Conselhos para presidência: Fiquem atentos o churn de funcionários. Isso diz muito sobre a cultura e o modelo da empresa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Boa oportunidade para iniciar carreira, mas não oferece condições para longas permanências

    Produtor

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O ambiente de trabalho costuma ser descontraído, o clima entre os funcionários costuma ser bom. Os benefícios da empresa fazem a diferença, já que o salário é muito baixo.

    Contras: Ausência total de plano de carreira, gestores mal capacitados para liderança, remuneração muito abaixo do mercado, sem ao menos ser recompensado por horas extras e falta de uma comunicação mais clara entre os membros da empresa.

    Conselhos para presidência: Primeiramente, valorizar os funcionários e pagar salários coerentes com a formação e responsabilidade que todos têm. Depois, investir na motivação das áreas, com gestores que saibam cuidar de equipes e estimular o desenvolvimento das funções.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Os comentários abaixo dizem quase a mesma coisa: e é verdade

    ProdutorEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: - Ambiente jovem e bastante descontraído - Benefícios bem interessantes (valores de vale-refeição e vale-transporte são bem bons) - Boa flexibilidade de horário

    Contras: - Carga de trabalho bem elevada, tendo que desempenhar o papel de 2 ou até 3 funcionários - Falta de feedbacks periódicos - Alta rotatividade - Estagiários trabalham tanto quanto contratados e se trabalharem apenas 6h diárias ficam com imagem arranhada - Baixa valorização salarial - Comunicação entre as áreas pouco eficiente, o que causa desorganização e falta de planejamento

    Conselhos para presidência: - Valorização salarial - Maior preocupação com a qualidade de vida dos funcionários, que são 'sugados' à exaustão - Melhorar a organização interna e comunicação entre as áreas

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Esporte Interativo

Descrição:O Esporte Interativo foi fundado em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Na TV, são líderes de audiência entre os canais de esporte, com alcance mensal de aproximadamente 33 milhões de telespectadores. No mundo digital, o Esporte Interativo mantém a veia descontraída e inovadora e, assim, se consolidou como o veículo esportivo número um nas redes sociais, com 9,5 milhões de fãs no Facebook – além dos milhares de seguidores no Twitter, no Instagram e no canal do YouTube.

Site

RH: quer atrair bons talentos?