Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na E.life Group?

56 postagens (23 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.52
  • Remuneração e benefícios
    2.48
  • Oportunidade de carreira
    2.70
  • Cultura da empresa
    3.39
  • Qualidade de vida
    3.61

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 20 dias

    Estagio na E.Life

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Creio que os principais pontos positivos sejam a possibilidade de home office e flexibilidade de horário, além do conhecimento profundo nas marcas clientes.

    Contras: As equipes são extremamente desorganizadas, com estagiarios recebendo ordens contraditórias a todo tempo. O trabalho baseado em bater metas torna a experiência de CRM um telemarketing online.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Sinceramente, não consigo pensar em nada legal sobre esta empresa, a proposta do Home Office é interessante mas logo senti que isso me tornava acomodada demais, além de não me ensinar nada sobre o ambiente corporativo.

    Contras: Extremamente desorganizado. Sinto que muitas pessoas lá assumem cargos dos quais não dão conta, e sendo assim, a operação se torna difícil. Muitas vezes era necessário trabalhar de final de semana, e apesar do cargo de estagiária eu não tinha supervisão alguma (o que é inadequado). O salário é baixíssimo e o serviço desempenhado não era o mesmo descrito na carteira, nem no meu caso, e nem dos meus superiores. Os funcionários eram registrados com cargos inferiores aos que realmente exerciam, para que a empresa gastasse menos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Não vale a pena

    Analista de Social CRM e MonitoramentoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: A E.life dá oportunidade de primeiro emprego, algo que a maioria das empresas não faz. A maioria quer que você tenha milhões de experiências para uma mísera vaga de estágio.

    Contras: Salário baixo para trabalhar de final de semana, fazer o home office mais pesado que eu já vi e aguentar bronca de todos os lados. Por 90% da empresa serem estagiários, ninguém sabe direito o que fazer. Não vale a pena, o stress é muito grande e o salário é baixo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Boa como vitrine para o mercado... E só!

    Assistente de Projetos

    São Paulo, SP


    Prós: Trabalha com grandes clientes, o que possibilita um aprendizado muito bom. O ambiente de trabalho em home office também é uma vantagem em relação às demais empresas do mercado. Benefícios apenas dentro do padrão.

    Contras: Remuneração abaixo do valor de mercado, uso de um sistema que NÃO FUNCIONA DE FORMA ALGUMA, apesar deles dizerem o contrário para o mercado (BuzzMonitor), alto índice de evasão de funcionários pela má gestão de pessoas que é realizada internamente e baixíssima oportunidade de crescimento profissional.

    Conselhos para presidência: Revejam TODOS os processos internos de vocês. Está cada vez pior trabalhar aqui, mesmo para pessoas que AMAM o que fazem (que é o que segura muita gente aqui). Trabalhar com o Buzz Monitor é ridiculamente ruim.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Para permanecer nessa empresa, o funcionário tem que se adaptar a sua cultura

    Gerente de Projetos (GP)Ex-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: Os colegas de trabalho são colaborativos na medida do possível. A empresa possui muitos clientes grandes do mercado, o que proporciona boa experiência profissional

    Contras: falta de estrutura para gestão de conhecimento e suporte técnico para utilização das ferramentas de trabalho. Sobrecarga de trabalho.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    Gerente de ContasEx-funcionário, saiu em 2012

    São Paulo, SP


    Prós: O único ponto positivo dessa empresa é que ela trabalha com um assunto que é extremamente atual: as mídias sociais.

    Contras: A mentalidade da presidência da E.Life reflete na sua atual estrutura grande, repleta de animosidade e desorganizada. A maior parte do crescimento (em faturamento) da empresa se deu pelo fato de não existir um plano de carreira para os que entram na base da pirâmide (os estagiários). Além disso a presidência estimula a competitividade interna desnecessariamente. Com uma mentalidade completamente equivocada e negativa. O que só cria e gera animosidade entre os funcionários. Não há estímulo algum para trabalho em equipe, mesmo quando esse é comprovado empiricamente em ser mais efetivo.
    Durante o meu tempo nessa empresa foram sugeridas muitas formas de melhoria tanto nos processos como no clima organizacional, inclusive por meio de uma pesquisa (desenvolvida e implementada pelos funcionários) porém essa pesquisa nunca foi implementada. Ao contrário, quando o RH levou para a presidência, esta riu e disse que apenas alguns funcionários se sentiam assim. Ou seja, são incapazes de admitir o problema de processos e clima organizacional da empresa, preferem atribuir a culpa a essa ou aquela personalidade "difícil" como eles gostam de dizer.

    Conselhos para presidência: Vocês perderam grandes talentos por não darem valor individual a esses. Preferem valorizar monetariamente àqueles que estão há mais tempo na equipe porém que não crescem intelectualmente. Muitas vezes essas pessoas que são valorizadas erroneamente cometem erros crassos tanto de sociabilidade como de caráter e até gramaticais. E vocês fazem vista grossa para isso contanto que no final do mês eles levem mais dinheiro para dentro da empresa. Sejam mais cidadãos e humanos, valorizem aqueles que querem ajudar no crescimento intelectual da empresa, pois dessa forma o grupo crescerá como um todo organicamente.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Ambiente descontraído, mas muitíssimos pontos a melhorar.

    EstágioEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente descontraído, com pessoas divertidas. Festa dos aniversariantes do mês, massagem e manicure duas vezes por mês. Sistema fácil de ser utilizado

    Contras: Pouco treinamento referente aos produtos de suporte (algumas marcas). Atividades que não estão de acordo com a lei do estagiário (algumas marcas). Alguns coordenadores pouco profissionais.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Bom para começar

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: oportunidade de aprendizado com clientes multinacionais, os funcionários podem dar opinião e ajudar os clientes, contato direto com os clientes e boa localização.

    Contras: falta de comunicação interna, falta diálogo entre líderes e liderados, cultura fraca, falta oportunidade de carreira, benefícios ruins, pouca inovação nos processos de trabalho.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Ambiente bom, processos ruins.

    New Business DeveloperEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Localização e cultura da empresa. A quantidade de clientes possibilita um bom aprendizado. A ferramenta Buzzmonitor é muito boa, o que oferece a oportunidade de trabalhar com novas tecnologias

    Contras: Falta de treinamento sobre os processos e ferramentas internas. Falta de feedback e erros na comunicação interna Muitos cargos de direção.

    Conselhos para presidência: Estabelecer objetivos e KPIs claros, assim como escutar os clientes internos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Insatisfeito

    Analista de MonitoramentoEx-funcionário, saiu em 2014

    Recife, PE


    Prós: A possibilidade de fazer home-office, apesar da falta de acompanhamento.

    Contras: Falta de feedback dos chefes, falta de organização, falta de um RH estruturado e focado em desenvolvimento profissional.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

E.life Group

Descrição:E.life é a líder em monitorização, análise da mídia gerada pelo consumidor e gestão de relacionamento em mídias sociais na América Latina e Portugal.

Site

RH: quer atrair bons talentos?