Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Eagle Translations?

2 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

1.00
  • Remuneração e benefícios
    1.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    1.00
  • Qualidade de vida
    1.00

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 2 meses

    Péssimo lugar para trabalhar

    TradutorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Os colegas de trabalho, que me ajudavam a enfrentar o expediente no ambiente pesado, e a experiência adquirida no setor, que é útil para iniciantes.

    Contras: A gerência é absolutamente insana. Controlam e monitoram o comportamento dos tradutores o tempo inteiro. Presenciei o chefe do RH gritando com um tradutor na frente da equipe inteira porque o tradutor estava usando fones de ouvido. Fui repreendida em certa ocasião porque precisei atender um telefonema (urgente, diga-se de passagem). A gerência trata a equipe muito mal, fazendo com que a rotatividade de funcionários seja extremamente alta. Junte a isso os salários baixíssimos e a alta produção de laudas/dia que esperam dos funcionários, a Eagle Translations é uma verdadeira filial da Gulag.

    Conselhos para presidência: Mudem a cultura da empresa completamente. Um ambiente de trabalho agradável às vezes compensa um salário menor.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Ótima para adquirir experiência, péssima empresa para a saúde mental das pessoas.

    Tradutor

    São Paulo, SP


    Prós: Equipe muito competente, que cria um clima de trabalho agradável, é proativa e sempre disposta a ajudar nas mais variadas dúvidas de suas ocupações.

    Contras: Não valoriza os funcionários que tem e que já passaram por lá. Pelo contrário, desvaloriza-os, privando dos elogios que merecem e só sabendo repassar as críticas. Desconta mundos e fundos se os funcionários chegam um minuto atrasados (literalmente) mas não reconhecem seu trabalho e seu esforço. Além disso, exige um rigor que a mesma não apresenta e instalou câmeras para vigiar os próprios funcionários. Se alguém fica muito tempo disperso em sites de notícia e variedades, por exemplo, o dono da empresa, pela câmera, observa esse comportamento e pune o funcionário. Ou os funcionários não podem escovar os dentes em horário de serviço porque senão deixam de "produzir determinado número de laudas" nesses ínfimos segundos fora da mesa de trabalho. Péssimo local para trabalhar, porém ótimo para aprender e ganhar experiência a ferro e fogo, com sangue, suor e lágrimas.

    Conselhos para presidência: Eliminar a gerência e as câmeras.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Eagle Translations

RH: quer atrair bons talentos?