Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Diebold?

103 postagens (31 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.39
  • Remuneração e benefícios
    3.87
  • Oportunidade de carreira
    2.03
  • Cultura da empresa
    2.52
  • Qualidade de vida
    3.10

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 21 dias

    Foi uma otima empresa,mas hoje....

    Analista de SuporteEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Pagamento em dia,ótimos benefícios para contratados diretamente da empresa,caso seja admitido por um CNPJ terceiro(uma pequena empresa de Osasco) os benefícios são pífios com contratos de curta duração.

    Contras: Era uma empresa que durante muitos anos pagava salários acima do mercado tendo uma rotatividade de funcionários muito baixa,investia em treinamento e capacitação.Existia um ambiente harmonioso entre a sua ampla gama de clientes e a empresa porem houve uma grande reestruturação onde gradativamente os funcionários foram sendo demitidos e substituídos por colaboradores com remuneração infinitamente menores e por consequência com menor qualificação em todos os níveis hierárquicos gerando um altíssimo "Turnover " , em contrapartida tornou-se mais fácil o ingresso nesta multinacional pois não se exige atualmente um bom currículo nem ao menos um teste de redação em português e efetuado nas entrevistas.

    Conselhos para presidência: Senhores esta e uma empresa de alta tecnologia não uma célula de Telemarketing o perfil de tratamento e contratação é muito diferente.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 27 dias

    TécnicoEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: É um empresa grande . Multinacional que atua numa área bem consolidada . Desenvolve produtos para solucionar serviços dos clientes . Automação bancária

    Contras: Toda estrutura que transmitia segurança nos serviços , produtos , qualidades ,suporte foi perdido com as novas idéias implantadas pela gestão atual.

    Conselhos para presidência: Quando entrei, vi um empresa bem estruturada , organizada e forte no mercado. ( Já atuei na Xerox e IBM ) e nunca tinha visto um suporte tão nortório no que fazia , entrega de peças com agilidade , técnico bem qualificados , treinamento muito didático . Uma filial que funcionava e atendia no prazo. Com a nova gestão achado que os métodos da Deibold eram arcaicos, tentaram implantar por tendência que não é do setor da empresa automação. Exemplo não tem como pegar um método de um banco e por na área comercial ou imobiliária e tentar pôr no jurídico, são distintos . A gestão atual tentou implantar sistemas usual em Call Center que funcionaria perfeitamente lá . Mais numa empresa de serviços muda muita coisa . O profissional tem que ser experiênte , confiável etc... Não dá para contratar qualquer um.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Engenheiro Eletrônico

    São Paulo, SP


    Prós: Bom ambiente de trabalho entre as pessoas, sem competitividade negativa. Sempre cumpre com os pagamentos em dia, flexibilidade de horários, boa localização com fácil acesso de metrô, ônibus e trem.

    Contras: Não possui nenhum tipo de plano de carreira. Alguns processos de trabalho são confusos. Possui sistemas informatizados atrasados apesar de ser uma empresa de tecnologia, mas isso está melhorando. O ar-condicionado nunca funciona.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Ambiente em constante desenvolvimento, foco em novas tecnologias

    Analista de Sistemas

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente em constante desenvolvimento, foco em novas tecnologias, dia dia dinâmico, ambiente para se adquirir aprendizado e aberto a aplicação de novas metodologias

    Contras: Pouca interação entre times e equipes, tornando as definições e ações mais lentas de modo geral impactando na entrega de resultado ao cliente

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Empresa para iniciantes no mercado

    Auxiliar de Service Desk

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa boa para iniciantes no mercado de trabalho, vale refeição muito bom!, plano de saúde e odontológico são bons, fornece lanche de café da manhã.

    Contras: Péssima GESTÃO! Empresa ruim para quem busca crescimento na carreira profissional, falta de plano de carreira, falta equiparação salarial com o mercado e interna, não existe cultura de meritocracia e sim,“puxação de saco”. Pressão excessiva por parte dos líderes e supervisores, falta de transparência, muitas promessas, promessas, promessas e horas extras não são remuneradas, folha de ponto no papel (para empresa de TI que vive na idade da pedra). Não valoriza o profissional somente beneficiam aqueles que são indicados por supervisores/gestores, cargos de confiança com pessoas despreparadas (existe esta frase na empresa: que para ser gestor não necessita entender do processo) supervisores/gestores não tem conhecimento sobre o processo. Para os técnicos de campo não entregam todos os equipamentos necessários para o atendimento dos clientes (ferramentas de criança) celular e netbooks de péssimas qualidades (sistema/software dos chamados sempre com falhas atrapalhando o processo).

    Conselhos para presidência: Focar em melhorias de vida para funcionário, possuir um plano de carreira sério, investir em treinamentos nos funcionários, possuir cultura de meritocracia e recolher o desempenho do funcionário com recompensas (viagens, um bônus salarial). Melhorar na comunicação com transparência entre os funcionários e gestores e a diretoria. A Diebold esta perdendo a qualidade isso não é nada bom.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Otimo

    RecepcionistaEx-funcionário, saiu em 2010

    São Paulo, SP


    Prós: Ótimo crescimento e salArioCorte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis s Corte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis

    Contras: Corte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis Corte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis Corte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis Corte de funcionários com frequência nos deixNdo instáveis

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    Péssimo para quem quer crescer

    Analista de QualidadeEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Bom para quem é júnior e está começando a carreira. Oferece certa estabilidade, paga em dia, contrata em regime CLT e fica em um local de fácil acesso.

    Contras: Péssimo para quem quer crescer. Falta plano de carreira, os salários achatados e não existe cultura de meritocracia. Excesso de cargos de chefia com pouca gente que executa de fato.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Uma empresa muito boa. Torço por ela.

    Técnico EletrônicoEx-funcionário, saiu em 2017

    Bauru, SP


    Prós: Salário é Bom , Tem muitos benefícios ( plano de saúde e odontológico) e a empresa possui uma boa estrutura para trabalhar. A empresa dá ajuda de custo ao funcionário de campo por usar seu veiculo para trabalhar O ambiente de trabalho é bom

    Contras: No cenário de crise a empresa adotou medidas para se reestruturar e manter no mercado e faz se necessário analisar melhor os critérios adotados. Hoje o que conta é produtividade do funcionário, porém alguns funcionários podem ser prejudicados por estar sendo usado em Projetos mais complexos onde necessita de mais tempo e atenção do que outras atividades. Também a distribuição de serviços não vem sendo equilibrada entre os funcionários para que se possa atingir as metas. Alguns recebem uma demanda grande de serviço e outros quase nada. Se você ficar disponível para um agendamento as 15:00 hs com cliente sua produtividade cai porque não te passam serviço até este horário. Foi assim comigo.

    Conselhos para presidência: Analisar mais de perto e com mais critério os motivos de baixa produtividade de alguns profissionais em um determinado período.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    Técnico em Eletrônica

    São Paulo, SP


    Prós: Grande possibilidade de aprendizado pois a empresa atua em diversas áreas de tecnologia (bancária, comércio) abrindo possibilidade de trabalho em outras empresas concorrentes.

    Contras: Depois da fusão com a Nixdorf a empresa adotou uma perigosa política de terceirização e redução salarial menosprezando a experiência e confiança de antigos funcionários que contribuíram para a empresa ser essa gigante.

    Conselhos para presidência: É nítida a queda da qualidade dos serviços prestados pela assistência técnica e a consequente insatisfação dos clientes. Estão economizando em salários mas aumentando exponencialmente o custo operacional da assistência técnica com o alto índice de reincidência e pendência dos chamados técnicos. Assistência técnica é o cartão de visita da empresa, para administrá-la exige-se dos seus gestores competência e conhecimento das atividades exercidas em campo e a valorização de seus executores. Não confundam assistência técnica com call center de empresa de telefonia.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Lugar ideal para início de carreira

    Analista de Sistemas JúniorEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Autonomia para exercer suas tarefas diárias, com o apoio de profissionais experientes. Ambiente de trabalho confortável. Horário de trabalho flexível. Indicado para quem está no começo de carreira. Apoio da gestão e coordenação para realizar treinamentos e obter certificações.

    Contras: Não existe plano de carreira. Morosidade na maioria dos setores para a resolução de problemas. Funcionários encostados, com muito tempo de casa e com pouca vontade para que as coisas aconteçam.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Diebold

Descrição:A Diebold é líder nos segmentos de automação bancária e automação eleitoral no Brasil, oferecendo soluções em vários outros segmentos, sempre com foco no mercado business to business. A Diebold Brasil construiu uma trajetória de sucesso ao longo desses 25 anos graças à marca de excelência que sempre permeou seus processos e pessoas. A empresa cresceu, evoluiu, estruturou a maior rede de assistência técnica própria do País, ampliou e aperfeiçoou suas fábricas e rapidamente fez conhecido seu talento para atuar em grandes projetos de envergadura nacional e sob medida. Em 1999, a norte-americana Diebold Inc, (líder global em segurança e serviços integrados de autoatendimento, presente em mais de 90 países, com mais de 16 mil funcionários) adquiriu 100% das ações da empresa.

Site

RH: quer atrair bons talentos?