Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Descomplica?

Ver todas as avaliações

  • Há 23 dias

    Uma empresa que cresceu demais em receita e esqueceu de olhar para a própria cultura.

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Trabalhar com educação é muito bacana. Apesar de ser uma instituição de ensino online/digital, a proximidade dos alunos com os professores e monitores é evidente. É muito gratificante poder trabalhar com alguns profissionais tão bons e competentes e, mesmo não sendo professor, poder contribuir para o desenvolvimento pedagógico de produtos. O trabalho que a empresa tem feito para desenvolver soft skills nos alunos é muito legal. Apesar de ter péssimas lideranças, alguns times possuem excelentes pessoas e profissionais. Gente que sonha grande e que de fato gostaria de mudar e educação no país.

    Contras: A infraestrutura da empresa é péssima. Área de tecnologia, design e alguns diretores trabalhando em um espaço de coworking com conforto e ótimo espaço de trabalho e, por outro lado, áreas como o marketing, pedagógico e setor de felicidade do aluno, que lidam diretamente com o cliente da empresa, trabalhando em uma casa superlotada, com infiltração e cheiro de mofo. A empresa opta por não pagar ticket alimentação, já que o almoço é servido na casa. Só que não há a menor estrutura para que mais de 100 pessoas almocem, em um período de 1h30, todos os dias. A empresa é desorganizada, pouco transparente e com processos falhos. O RH não possui autonomia suficiente e por isso falha bastante no recrutamento, principalmente de pessoas mais seniores, já que muitos funcionários não tem o menor fit com a cultura e os valores da empresa. Por conta disso, a sensação é de que os valores não passam de frases bacanas escritas em uma parede. Ausência de um plano de carreira e diferenças gritantes entre cargos e salários desmotiva todos que estão começando sua carreira profissional ou em busca de um cargo de gerência. Não há critério para quem a empresa oferece ações, sem contar que só pagam bônus e remuneração variável para desenvolvedores ou funcionários que ocupam cargo de gestão. Metas não são claras ou bem definidas, principalmente o desdobramento das metas estratégicas até o nível operacional. Funcionários são mais avaliados pelos bons relacionamentos que cultivam dentro da empresa e pela forma com que são vistos pelo CEO, do que necessariamente pelo que entregam. Logo, há gestores que já deveriam ter sido desligados da empresa, enquanto outros bons profissionais optaram por deixar a organização. Sistema de feedback é falho ou praticamente inexistente em algumas áreas. Muitos colaboradores não sentem liberdade para expressar ideias para determinados diretores ou líderes de algumas áreas. Os funcionários novos, que vêm de grandes empresas ou estudaram fora do Brasil, muitas vezes são mais valorizados do que as pessoas que estão na empresa há tempos. Empresa cresceu trazendo um monte de Diretor e VP, e a sensação generalizada é de que há muito cacique pra pouco índio.

    Conselhos para presidência: Não há problema em morar fora do país, desde que você se distancie de vez da operação, pare de micro-gerenciar, e comece a formar líderes capazes de construir uma cultura incrível para a empresa. Fazer isso não é trazer gente de fora com um LinkedIn legal ou que trabalhou em grandes concorrentes. É preciso olhar pra dentro da própria casa e entender que ainda há tempo para corrigir o rumo que a empresa tomou em termos de cultura.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Descomplica

Descrição:O Descomplica é um site de educação que ajuda estudantes que estão próximos de fazer exames como o ENEM e vestibulares, auxiliando os alunos com aulas pré-gravadas, aulas ao vivo, correção de redações e monitoria online. Oferece serviços para diversas disciplinas, como português, geografia, história, filosofia e sociologia, biologia, química, física, matemática e outros. O site está no ar desde março de 2011, com milhares de alunos beneficiados até o momento.

Site

RH: quer atrair bons talentos?