Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Dafiti?

254 postagens (49 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.39
  • Remuneração e benefícios
    3.02
  • Oportunidade de carreira
    2.77
  • Cultura da empresa
    3.27
  • Qualidade de vida
    3.19

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    a Dafiti é 10

    Jovem Aprendiz

    Itupeva, SP


    Prós: A empresa é nova, tão nova e com recursos diversos e uma amplitude de oportunidades maior ainda, os funcionários são bem tratados, sempre há comemorações, inclusive todo mês há o "aniversariante do mês" uma comemoração básica com petiscos para incentivar os colaboradores. A empresa se importa com seus membros, exames médicos, ginástica, brindes de certas datas, enfim... Os funcionários são muito bem tratados.

    Contras: Salário, acho que por conta de ser uma empresa de menos idade, os salários ainda não estão entre os melhores.

    Conselhos para presidência: fretado do condomínio, os colabores são beneficiados Com um fretado que os carrega da primeira portaria até o refeitório, assim traz de volta também, porém também há a segunda portaria onde ficam os setores administrativos, devemos considerar o tamanho do galpão (38mil metros quadrados) os funcionários desta devem andar até a primeira portaria para almoçar ida/volta e também na hora de entrada andar até a segunda portaria... No caso andam duas vezes mais, tem que passar um outro galpão de 38 mil metros quadrados e o galpão Dafiti para chegar na segunda portaria.., se houvesse um fretado que carregasse os funcionários seria muito útil

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 3 anos

    Representa um emprego provisório

    Assistente

    Jundiaí, SP


    Prós: O ambiente de trabalho é descontraído e costuma ser leve, com raras exceções. As pessoas que dividem esse ambiente de trabalho são jovens em sua maioria muito talentosos e interessantes já que são todos de areas de estudo relacionadas. Representa a oportunidade de conhecr o estilo de trabalho em uma grande empresa, proporcionando uma experiência proficional satisfatória.

    Contras: A remuneração é baixa por tanto é impossível se ver trabalhando la por mais de dois anos, já que não representa o sustento nem de uma pessoa solteira. Não existem altos parâmetros de crescimento de cargo, dependendo isso de seu superior sair, o que no caso gera várias puxadas de tapete. A maioria dos gerentes e pessoas de cargo auperior tratam o restante dos funcionários com ucerto desdém, inclusive sem sequer se dar conta de como é seu trabalho ou de sua vida dentro da empresa, muitas vezes o próprio superior do setor não sabe nem o nome de seu subordinado. A maioria dos funcionários coordenadores tem mentalidade infantil e costuma tratar questões importantes do dia dia empresarial com brincadeiras e falta de profissionalismo. Por fim, mais dois pontos, eles te vendem a ideia de que você vai trabalhar com moda, mas a maior parte das funções é totalmente monótonas e mecânicas, sendo que sua pro atividade geralmente é negada e seus conhecimentos vetados. Muitos funcionários são mandados em bora sem justificativa.

    Resumindo, é um ótimo emprego para quem está precisando de um e passando por uma fase de transição, como uma faculdade, mora com os pais e etc, mas se vc precisa se sutentar ou quer exercer uma função direcionada a area de moda, não é o emprego ideal.

    Conselhos para presidência: Seria interessante se vocês conseguissem conhecer melhor os funcionarios que lidam com o conteúdo do site, alguns jovens que trabalham lá tem grande potencial, alguns não, talvez uma reunião, uma avaliação melhor dos setores ou apenas algum tipo de participação maior da presidencia entre os funcionários já pudesse resolver muitos problemas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 3 anos

    De longe a pior empresa na qual trabalhei. Fujam!

    Ex-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Abaixo da gerência existem alguns poucos excelentes profissionais com quem trocar experiências de trabalho e aprender muito. Mas são exceções, uma vez que o departamento de RH é totalmente incompetente e equivocado na seleção de pessoas, preenchendo a maioria dos cargos com gente despreparada que aceita baixos salários.

    Contras: Todos os possíveis e imagináveis:

    1 - Os sócios que presidem a Dafiti são a prova de que "sorte" existe. Apesar de terem se formado no exterior, não conseguem enxergar um palmo a frente de seus narizes.Não possuem compreensão do processo e de estratégias inteligentes de negócio. São imediatistas, querem aumento dos números de venda e ganho de capital acima de qualquer outra coisa, ainda que destruam a autoestima profissional alheia. Tomam decisões (na maioria das vezes equivocadas) baseadas em "achismo" puro e simples. Exemplo? Valorizam mais móveis e objetos de decoração inúteis, na entrada de cada andar de sua sede em São Paulo, do que prover às equipes com ferramentas essenciais de trabalho. Promovem puxa-sacos, "amigos" e estrangeiros ao invés de recompensar justamente funcionários que possuem competência e mérito. Preferem contratar pessoas novas a baixos salários que reter talentos.

    2 - Benefícios risíveis, como vale-refeição de R$17,00. Plano de saúde péssimo, não aceito pela maioria de clínicas, laboratórios e médicos de São Paulo. Plano odontológico segue o mesmo padrão.

    3 - Preferem contratar estrangeiros incompetentes a peso de ouro do que quem já está na empresa desde o começo dando o sangue. E o pior: constantemente os empregados estrangeiros em cargos de gerência adoram dizer como o povo brasileiro é burro. Eu mesmo já escutei diversas vezes, sem no entanto entender o que gente "extremamente inteligente" como eles fazem aqui no meio dos "burros".

    4 - Exigem paixão e comprometimento dos funcionários sem dar absolutamente nada em troca a não ser críticas vazias, próprias de quem não possue capacidade gerencial. Nunca assumem responsabilidade por decisões erradas que tomam, atribuindo a culpa sempre aos subordinados.

    5 - Não tem plano de carreira e salários: meritocracia só existe se você for íntimo de algum gerente ou sócio.

    6 - É publicamente conhecida a posição de um dos sócios que pensa somente em agregar valor à empresa e repassá-la a um alto valor para alguma gigante do ramo e por isso a empresa não se interessa pelo desenvolvimento profissional de seus funcionários. Isso se reflete na alta rotatividade dos profissionais e nos desastres contínuos de performance financeira e estratégia de negócios.

    Conselhos para presidência: Qualquer conselho seria inútil, desde que não há nenhuma boa vontade ou interesse por parte da presidência em que a Dafiti tenha excelência no que faz e preocupação no seu recurso mais valioso, ou seja, as pessoas e clientes. Vendam logo a Dafiti e aproveitem seus ricos dinheirinhos saindo do país e deixando o trabalho de gerir uma empresa com quem realmente entende do que faz.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    Só não é a pior porque pra isso precisa melhorar muito!

    Analista de Marketing Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: Talvez seja bom como primeira experiência profissional para Jovens Aprendizes, mas até disso duvido.

    Contras: - Sócios imediatistas, desorganizados e sem a menor noção de estratégia ou inteligência empresarial;

    - Gestores incapacitados que alcançam promoções de formas nada profissionais, coerentes ou éticas;

    - Plano de cargos e salários inexistente e sem previsão para criação.

    - Remuneração extremamente baixa, nada compatível com o mercado, gerando alta rotatividade de pessoas. O resultado? Produtos da empresa não possuem consistência alguma, pois a cada hora é um novo funcionário cuidando de tarefas inacabadas sobre as quais não têm familiaridade.

    - Não existe meritocracia. As metas são extremamente agressivas e em nenhum momento se refletem na valorização dos profissionais. Preferem contratar novatos inexperientes a reter e desenvolver talentos e com isso a qualidade como um todo é constantemente depreciada;

    - Constantes atrasos no pagamento, principalmente dos freelancers;

    - Recursos mínimos para desenvolver o trabalho de forma correta são constantemente negligenciados. Valorizam mais a aparência que o conteúdo mesmo com a cobrança feroz por resultados. Funcionários na maioria das vezes precisam utilizar recursos próprios pra realizar tarefas;

    - Muita promessa de crescimento pelos sócios e gestores mas nenhuma delas realmente concretizada;

    - Benefícios completamente fora da realidade de mercado: vale refeição de R$ 17, plano de saúde e odontológico precários.

    - Clima ruim, tenso e nada transparente. Mudam a organização da empresa o tempo todo, mudam as pessoas de lugar sem critério e sem explicação, tratam os profissionais como objetos ou máquinas. Não há respeito pela vida privada, nem profissionalismo no ambiente.

    - O pior departamento de RH que já vi em toda minha vida profissional: descompromissados, relapsos, morosos e com sérios problemas em se comunicar. Não se empenham minimamente em realizar seu trabalho de forma eficiente. Sempre apresentam desculpas esfarrapadas pela má performance e nenhum respeito pelas pessoas. Não respondem quando solicitados, promovem processos seletivos descabidos e são coniventes com práticas questionáveis de alguns gestores.

    - Anunciam vagas exigindo um monte de requisitos e quando você entra, não tem autonomia nem credibilidade para praticar o que sabe. É vítima da tirania de gestores experts em "achismo". Minam sua proatividade e ânimo em pouquíssimo tempo e o pior: não admitem a responsabilidade das falhas. Querem sempre responsabilizar os subordinados ou outros departamentos.

    - Valorização excessiva e descabida de profissionais estrangeiros em detrimento dos brasileiros.

    Na Dafiti não há a menor segurança de absolutamente nada, somente a de que é um trabalho temporário pra quem tem urgência em arrumar qualquer emprego.

    Conselhos para presidência: Comecem a pensar sobre a sustentabilidade da empresa e parem de contar com o investimento externo. Com isso quero dizer: troquem a gerência do RH, e todos os gerentes da área de produtos e TI. Tratem as pessoas como pessoas e reconheçam efetivamente seus esforços em fazer que a Dafiti cresça, mas pela satisfação do consumidor e não dos egos inflados e deficientes dos altos cargos. Dinheiro que é ganho as custas da infelicidade alheia acaba trazendo fracasso.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    A empresa não valoriza os funcionários

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: É uma boa empresa para iniciar a carreira, ambiente informal, boa localização, próximo ao metrô, boas instalações e flexibilidade no horário.

    Contras: A empresa é instável, não há plano de carreira, não existe a possibilidade de crescimento, há competição entre os funcionários, ambiente pouco saudável, o departamento de RH não existe, os benefícios são ruins, o vr é de R$17,00 é motivo de piada entre os funcionários. Gerencias e líderes pouco experientes, pouco planejamento e muito trabalho, pouco preparo para lhe dar com pessoas e equipes .

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Tinha tudo pra ser boa, mas..

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Localização privilegiada, alguns departamentos possuem flexibilidade de horário, ambiente descontraído e dependendo do seu departamento, é possível aprender bastante.

    Contras: Desde que a fusão foi feita, há uma insatisfação grande entre os funcionários das três empresas. Ambiente não é mais tão saudável, há competição desnecessária entre os funcionários, funcionários Kanui e Tricae perderam convenio de boa qualidade, confraternização entre funcionários organizada pela empresa não existe mais, o departamento de RH só existe para contratar e demitir funcionários, não há plano de carreira, não há possibilidade de crescimento, empresa não valoriza bons funcionários, rotatividade grande, há departamentos com gerentes que não possuem estabilidade emocional, algumas pessoas não conseguem ter vida pós trabalho, metas agressivas e insegurança de estabilidade na empresa.

    Conselhos para presidência: Vocês contratam pessoas boas, que vieram de empresas boas, muitas vezes das melhores faculdades do Brasil, dificilmente substituíveis e simplesmente não valorizam. Como ex-funcionário, vejo que elas tem potencial para erguer a empresa, porém, o medo de "amanhã pode ser meu último dia aqui" está no dia-a-dia dos colaboradores. A falta de reconhecimento e de um plano de carreira, desmotiva e faz com que a empresa perca excelentes profissionais. Reconstruam o bom clima que havia nas empresas antes da fusão.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    Pior empresa que ja trabalhei

    Ex-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Talvez um pouco de aprendizado

    Contras: Falta de oportunidade de crescimento na carreira, pessimo plano de saude, vc so sobe na carreira se lamber o saco de algum superior, pessoas incompetentes ganharão mais que vc e terão um cargo melhor, mesmo sem mal saber falar portugues. Só vivem de promessa.... Não existem pontos positivos

    Conselhos para presidência: Se continuar assim vcs irão falir

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Quase uma "Atento"

    Analista de SoluçãoEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Particularmente, somente o desconto de 30% no site.

    Contras: Gestão é rigidia, a sensação é de estar trabalhando em um call center terceirizado, as cobranças das metas são abusivas. Havia distribuição de frutas ao colaboradores, porém cortaram alegando ser corte de custos.

    Conselhos para presidência: Dar oportunidade ao funcionário, saber ouvir a necessidade de quem trabalha.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    " Desorganização e cobranças desnecessárias"

    Assistente

    Jundiaí, SP


    Prós: Ambiente livre e descontraído, sem conservadorismos desnecessários.

    Contras: -Colocar a produtividade acima da qualidade.
    - Contratar pessoas sem tantas qualificações para conseguir uma mão de obra mais barata.
    - Alta rotatividade de funcionários.
    - Falta de oportunidade de crescimento, preferem contratar pessoas de fora a procurar talentos dentro da empresa.
    - Falta de comunicação.
    - Salários baixíssimos.
    - RH desorganizado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    Pessima

    Coordenador de MarketingEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: é perto do metro, por ser uma empresa nova com socios novos estão sempre abertos a novas ideias

    Contras: tem profissionais medianos em cargos de gerencia, diretoria, o salarios são bem abaixo do mercado, o RH é fraquissimo, os beneficios são os piores do mercado. Principalmente na área de criação se gasta muito sem a menor fiscalização, muito bagunçada.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Dafiti

Descrição:A Dafiti é um portal de moda, que reúne diversas empresas que comercializam calçados, roupas, bolas e acessórios, produtos esportivos, produtos de casa, além de perfumes e cosméticos. Trabalha com diferentes coleções de designers e marcas famosas. Possui sede na cidade de São Paulo (SP) e central de distribuição em Jundiaí, no interior do estado de São Paulo.

Site

RH: quer atrair bons talentos?