Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Cultura Inglesa?

183 postagens (43 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.56
  • Remuneração e benefícios
    3.58
  • Oportunidade de carreira
    3.33
  • Cultura da empresa
    3.53
  • Qualidade de vida
    3.44

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 10 dias

    Aprendizado

    Funcionário


    Prós: Equipe, desafios, chance de aprender e desenvolver profissionalmente. Novas experiências.

    Contras: Processo de promoção e crescimento na carreira, metas, objetivos, clima às vezes agressivo quanto a carga de trabalho.

    Conselhos para presidência: Definição mais clara de crescer na carreira e da carga de trabalho.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 17 dias

    Muito bom

    Estágio

    Campinas, SP


    Prós: Muito treinamentos oferecidos, valorizam muito o funcionario, os clientes, prezam muito pelo atendimento perfeito e busca a melhoria a cada dia

    Contras: A empresa apesar de ser ótima e dar cursos gratruitos para os funcionários, restringe um pouco ao realizar esses cursos por conta dos horarios dos cursos se chocarem com o horario de trabalho. Alem de a empresa nao ter muita perspectiva de carreira.

    Conselhos para presidência: Mais oportunidades de crescimento

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 19 dias

    Boa

    ProfessoraEx-funcionário, saiu em 2017

    Macaé, RJ


    Prós: Salário alto e alem disso tem a oportunidade de um bom plano de carreira, com boas oportunidades de evoluir, bons treinamentos permanentes e com excelentes condições de trabalho.

    Contras: Desorganizado, precisando de uma melhor organização da parte administrativa da empresa e Gerenciamento muito vertical,por ser uma empresa multinacional não dá muito foco a possíveis problemas locais de trabalho, com procedimentos muito engessados.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Empresa proativa, bom local para trabalhar com bom planejamento de trabalho e boas condições

    Gerente de Alimentos e BebidasEx-funcionário, saiu em 2015

    Porto Alegre, RS


    Prós: Tem a oportunidade de um bom plano de carreira, com boas oportunidades de evoluir, bons treinamentos permanentes e com excelentes condições de trabalho.

    Contras: Gerenciamento muito vertical,por ser uma empresa multinacional não dá muito foco a possíveis problemas locais de trabalho, com procedimentos muito engessados.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Ranking CI

    Funcionário


    Prós: Investimento no funcionário. É uma empresa que preza pela qualificação de quem trabalha aqui, tudo visando buscar o melhor que cada profissional pode oferecer trabalhando aqui dentro

    Contras: Falta de interação entre funcionários que em alguns momentos não se relacionam e ficam afastados um dos outros. Talvez por motivos pessoais e profissionais, mas isso deveria ser algo não presente.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Uma ótima empresa para começar

    Estagiário Administrativo

    São Paulo, SP


    Prós: A bolsa integral para o curso de inglês é um diferencial, o ambiente de trabalho é amistoso e acolhedor e a cobrança de metas é voltada para os números da filial como um todo, o que favorece o trabalho em equipe. Ótimos líderes, um lugar aonde se aprende todo dia e o crescimento profissional é imenso.

    Contras: A remuneração é baixa, principalmente para o cargo de auxiliar administrativo (em torno de R$ 1900,00) e os benefícios não são atrativos (vale refeição por menos de R$200,00, plano de saúde no sistema de coparticipação, não há vale alimentação, etc). Também não há plano de carreira para a área administrativa, apenas para a área acadêmica.

    Conselhos para presidência: Melhorar os benefícios e remuneração. Todo o resto é excelente.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Uma boa experiência.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    Duque de Caxias, RJ


    Prós: O ambiente e o aprendizado. Eram oferecidos cursos gratuitos aos funcionários, que podiam aumentar sua proficiência em inglês e ensino de língua inglesa.

    Contras: Era um estágio bastante leve, que poderia preparar os estagiários de forma mais real para o mundo profissional. Além disso, fazíamos atividades que não tinham a ver com a função (dar aulas de reforço), como atender o telefone da recepção.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    A Cultura Inglesa enquanto "escola/curso" acabou.

    Professor

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Os professores podem contar com e-boards nas salas de aula, o que auxilia em muito o trabalho, principalmente pelo uso da internet. Ainda possuímos alguns dos benefícios de outrora.

    Contras: A Cultura foi comprada pelo grupo Gera e agora seu foco passa longe do pedagógico. Isso fica evidente no tratamento do aluno como "cliente", o que menospreza a subjetividade do ensino/aprendizado, e na limitada visão do professor como alguém que pode ser "treinado" para "dar resultados". Esses resultados, por sua vez, nada tem a ver com a formação cultural ou o letramento do aluno, mas, sim, com o retorno financeiro que tal professor consegue gerar, o que nos coloca em uma situação profundamente delicada. Os nossos “resultados” agora são medidos com base em um ranking de todos os professores, cuja baliza se dá por um sistema objetivo de pontuação que conjuga: i) a nota que os alunos tiram (em suas provas!!!); ii) a nota que os alunos nos dão em suas avaliações em pesquisas de satisfação (pré-estruturadas e limitadas!!!); e iii) a avaliação do nosso gerente. A esse sistema, que recebeu o irônico nome de “Reconhecimento de Professor”, são atrelados ainda descontos de pontos em caso de: iv) faltas ao longo do ano (seja por saúde) ou por aprimoramento (conferências e congressos); e v) taxa de retenção (quantidades de cancelamentos de sua filial!!!). Tornando tudo ainda mais frustrante, esse plano vem em substituição à nossa antiga participação nos lucros (chamada de “Great”), deixando evidente que agora não nos vêem mais como parte daquilo que alavanca os “resultados” (lê-se: lucros), mas necessariamente culpados por qualquer queda nesse índice (vide descontos por cancelamentos, além da questão da nota baixa do aluno influenciar nosso downgrading no ranking!!!). Para piorar, após o ranking, receberemos “prêmios” como: i) treinamento na forma de um workshop em um dia de nosso recesso!!! (top300); ii) um fim de semana em um resort acompanhado de nada mais nada menos do que as ditas “lideranças” (gerentes? coordenadores? a conferir) (top100); e iii) mais treinamento, desta vez durante nossas férias de janeiro, só que agora em algum curso na Inglaterra ou similar - o que seria excelente, fosse de fato resultado de uma premiação justa, pautada em princípios que abarcam o nosso trabalho pedagógico e se pudéssemos usufruir conforme nossos planos (datas, por exemplo, poderiam ser escolhidas no recesso ou nas férias). Enfim, a sensação que fica é que o professor agora é visto como alguém tecnicamente incapaz (ou em débito), alguém que não tem mais direito ao descanso pois precisa ser treinado/instruído inclusive em seu tempo livre, alguém que precisa ser constantemente vigiado, perdendo sua autonomia e auto-estima. Isso fica ainda mais claro quando optam, por exemplo, por mudar o sistema de avaliação para evitar “conflito de interesse” dos professores, pois poderiam “burlar” a correção para se beneficiarem. Ora, consideram razoável que crianças e adolescentes de 12 a 18 anos julguem nosso trabalho (pesquisa de satisfação), mas não nos acham confiáveis o suficiente para desempenharmos nossa função com a idoneidade e a ética necessárias à nossa profissão. Simplesmente lamentável. E nesse relato só incluí uma única questão relativa aos professores. Existem outras. E existem várias ainda em relação aos outros setores da empresa - administrativo, acadêmico, etc. O clima na empresa - ou “companhia”, de acordo com o fetiche da nova gestão - está péssimo. É palpável o desconforto e a frustração de todos/as. Infelizmente.

    Conselhos para presidência: Considero urgente que revejam certos posicionamentos e projetos. É preciso que se lembrem de incluir os professores e os alunos em seus planos, ouvindo-os e aprendendo com eles a respeito de como funciona e do que se trata o ensino/aprendizado de língua estrangeira. É preciso humanizar as relações para enxergar e manter talentos e potenciais.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Costumava ser uma ótima empresa para se trabalhar

    Professor

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: É uma ótima empresa para professores novatos. Existe um grande interesse da empresa em investir na atualização e aperfeiçoamento de seus professores.

    Contras: Atualmente, desde que a empresa foi comprada pelo grupo Gera, a empresa sofreu algumas mudanças tais como:Demitiu em dezembro de 2016, mais de 150 colaboradores; Tirou um benefício muito esperado- O Great - que se tratava da participação dos lucros da empresa. Os professores são pressionados a vender exames de Cambridge Ligações quinzenais para alunos devem ser feitas, e tem alguém monitorando isso; A retenção do aluno é dever do professor, você recebe uma lista com o seu total de alunos, e deve manter aquele número até o final do semestre.

    Conselhos para presidência: Uma equipe se faz com pessoas que se sentem valorizadas e ouvidas. Se quiser pessoas para executar ordens, contrate soldados.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Boa

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Uma empresa flexível com nome no.mercado, ganhei muita experiência.você se senti bem a vontade.um ambiente agradável e confortável.muito legal.

    Contras: Não tem vale refeição, plano de saúde e nem odontológico.os gestores são professores dá casa e por isso não tem muita tática para gerir pessoas

    Conselhos para presidência: Melhorar a bolsa do estagiário e o bem estar fornecendo benefícios

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Cultura Inglesa

Descrição:A Cultura Inglesa é uma instituição com mais de 80 anos de atuação. Presente nos estados do RJ, ES, GO, RS e no DF, traduz excelência no ensino do inglês, com professores capacitados e tecnologia educacional de última geração.

Com foco no treinamento dos seus profissionais, promove cursos frequentes para o aperfeiçoamento e a reciclagem constante dos seus professores.

Site

RH: quer atrair bons talentos?