Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na CSN?

347 postagens (47 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.51
  • Remuneração e benefícios
    3.35
  • Oportunidade de carreira
    2.67
  • Cultura da empresa
    3.11
  • Qualidade de vida
    3.04

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 8 dias

    Excelente lugar para se trabalhar

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    Araucária, PR


    Prós: Empresa com excelentes profissionais. Áreas bem integradas e com grandes chances de aprendizado para os que tem interesse. Tecnologia envolvida nos processos.

    Contras: Empresa com equipamentos consolidados e sem grande espaço para grandes inovações em termos de tecnologia. Engessada em questão de crescimento profissional

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 10 dias

    concisa, realista e atual

    Especialista

    São Paulo, SP


    Prós: Diversidade na atuação de negócios (siderurgia, mineração, cimentos, energia e logistica); possibilidade de crescimento no conhecimento técnico, grandiosidade nos investimentos e operações

    Contras: Baixa meritocracia, decisões estratégicas centralizadas, demora na tomada de decisões, alto turn over de diretores e gestores da alta administração

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 dias

    Gestão péssima não dá resultados

    Eletricista IIEx-funcionário, saiu em 2017

    Volta Redonda, RJ


    Prós: Benefícios bons. Aprendizado. Plano de saúde bom Cartão alimentação Vale transporte , alimentação na empresa mesmo sendo de baixa qualidade.

    Contras: Falta de reconhecimento de superiores. Supervisores tiram o seu da reta com frequência no intuito de prejudicar o funcionário. Salário defasado.

    Conselhos para presidência: Mudança na gestão e supervisores principalmente na área de aços longos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 13 dias

    Csn

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    Volta Redonda, RJ


    Prós: Empresa estruturada, apesar dos equipamentos estarem um pouco desatualizados. A equipe que participava era bem legal e meu chefe tinha bastante disponibilidade para ensinar.

    Contras: Os equipamentos eram bem antigos, a empresa tem uma estrutra bem desatualizada também, é um pouco difícil subir de cargo lá e é muito vertical.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 16 dias

    A empresa é ótima.

    Técnico de Desenvolvimento

    Volta Redonda, RJ


    Prós: Muito boa empresa para se trabalhar , tem refeitório, benefícios e banco de horas extras que facilita a vida dos funcionários além da participação de lucros.

    Contras: Não existem pontos negativos na empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 18 dias

    bom e uma excelente empresa só deixa a desejar com respeito, o profissional do ramo da solda

    Mecânico II

    Volta Redonda, RJ


    Prós: A empresa possui beneficio que nus ajuda muito principalmente pra quem tem filhos,ela apoia o fucionario no grecimento.em fim e uma empresa que da suporte aos seus fucionarios

    Contras: com respeto ao ponto negativo da empresa ,e a respeito da proficao de soldador.primeiro que a empresa nao ficha soldador ela ficha o proficional do ramo da solda.como mecanico 2, io salario nao e compativo com o da proficao de solda,poderia ,especificar na carteira a proficao de soldador e melhorar o salario,

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 26 dias

    Boa empresa

    Analista de Controladoria Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: Para quem é interessado e corre atrás a empresa gera muitas oportunidades de crescimento. Existem muitos casos de funcionários que começaram como estagiário e hoje ocupam posições de liderança.

    Contras: Ultimamente a falta de estrutura dos locais de trabalho tem dificultado bastante. Outro ponto negativo são as negociações de dissídio que se arrastam por meses e teve caso até que ficou pro ano seguinte.

    Conselhos para presidência: Melhorar o RH

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Vale a pena como aprendizado.

    Analista de Vendas SêniorEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa grande e internacional . Grande relacionamento com funcionários de outras áreas. Tomada de decisões feita de forma rápida. Salários acima da média do mercado.

    Contras: O grande problema da empresa é que ela tem um dono, apesar de ser de capital aberto. Isso significa que tudo passa pelo dono. Também falta um plano de carreira.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    Salário muito baixo.

    Técnico de Controle Operacional

    Volta Redonda, RJ


    Prós: Empresa com bons benefícios, estabilidade. Otimo aprendizado, pois acontecem muitos problemas que fazem com que a mão de obra interaja no problema, então passa a ser uma excelente escola.

    Contras: Plano de carreira não existe para algumas funções, salario muito baixo. Muita demanda e pouco recurso de pessoas, uma pessoa realiza serviço de varias. Muita burocracia e pouca resolução. Muita contratação para chão de fábrica e pouca para administrativo.

    Conselhos para presidência: Aumentar o salário e melhorar o plano de carreira

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    É ótima

    Estagiário

    Itaguaí, RJ


    Prós: É uma excelente empresa, está sempre pensando em seu funcionário e tem ótimos benefícios e oportunidades para o desenvolvimento dentro da empresa.

    Contras: Podem melhorar na hora do processo seletivo, dando mais acessibilidade ao concorrente para ter acesso a empresa pois não tem condução pública.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

CSN

Descrição:A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) é uma empresa altamente integrada, com negócios em siderurgia, mineração, cimento, logística e energia. A CSN, fundada em 9 de abril de 1941 pelo então presidente Getúlio Vargas, iniciou suas operações em 1º de outubro de 1946. Como primeira produtora integrada de aços planos no Brasil, a CSN é um marco no processo brasileiro de industrialização. A Usina Presidente Vargas (UPV), principal siderúrgica da Companhia, está localizada na cidade de Volta Redonda, no Estado do Rio de Janeiro. Privatizada em 1993, quando o governo brasileiro vendeu sua participação de 91%, a produção de aço bruto da UPV foi posteriormente aumentada para 5,6 milhões de toneladas anuais. Empresa de capital aberto, com ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo e de Nova Iorque e com mais de 20 mil colaboradores

Site

RH: quer atrair bons talentos?