Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Credit Suisse?

129 postagens (53 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.83
  • Remuneração e benefícios
    4.19
  • Oportunidade de carreira
    2.56
  • Cultura da empresa
    2.42
  • Qualidade de vida
    2.27

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 12 dias

    Legal, mas não por muito tempo

    Recepcionista BilíngueEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: O salário é um pouco acima da média para recepcionista bilíngue que trabalha no hall do prédio. Trabalho simples e fácil, mas por vezes corrido.

    Contras: As recepcionistas do hall, que trabalham de forma terceirizada, não se sentem parte do time, e isso faz com que de alguma forma, se sintam inferiorizadas. Não receber os e-mails corporativos, não saber mais sobre os setores, e até mesmo dicas da cultura da empresa, faz com que a qualidade do trabalho seja precário, e o dia-a-dia desestimulante.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 13 dias

    É necessário ter perfil e adotar o trabalho e o dinheiro como únicos objetivos de vida

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Boa estrutura de trabalho, tem um nome reconhecido no mercado financeiro, tem pessoas boas e capacitadas que produzem bastante, os pagamentos são bons e feitos em dia

    Contras: Eu acabei me decepcionando com o banco e decidi sair, mas entendo que não há nenhum problema com o banco em si, foi uma questão de eu ter um perfil diferente do requerido e do CS não ser o melhor ambiente para pessoas como eu. Acho sim que o banco pode ser muito bom e proporcionar alguns bons passos na carreira de quem tenha o perfil procurado. O Credit acaba sendo um bom lugar para pessoas cujo objetivo de vida seja o trabalho, que não sentem necessidade de chegar cedo em casa, de ter qualidade de vida ou cultivar uma família, e nem se importam em trabalhar nos fins de semana, que sabem que lá é para trabalhar e não fazer amigos (portanto não esperam nenhum tipo de amizade ou simpatia dos outros), que não se importam em ficar trabalhando nas férias (ou no melhor caso, em tirar apenas alguns poucos dias por ano), e que não se importam em serem cobradas de forma ríspida e dura, e de ter que agir assim com os outros também. Talvez demore um bom tempo até haver oportunidades de promoção e de mais responsabilidade, por isso é necessário ter paciência.

    Conselhos para presidência: Repensar a cultura do banco para talvez conseguir atrair e reter pessoas com perfil diferente do "padrão"

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 18 dias

    Um dos melhores lugares para se trabalhar consinderando salario

    Analista FinanceiroEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Funcionarios bons Estrutura robusta, possui bons equipamentos, tecnoloiga bastante avançada, materiais de escritório de primeira Bônus acima do mercado, tanto fixo como varíavel são uns dos melhores

    Contras: Ambiente hostil Existe uma dificuldade grande em fazer movimentos internos dentro da empresa, já que sempre pedem experiência prévia, que não faz muito sentido em um movimento interno

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 18 dias

    Ainda tem MUITO a melhorar

    Assistant Vice PresidentEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Quantidade de benefícios, planos de saúde e plano odontológico, muito trabalho, algum aprendizado...localização externa interessante, nome conhecido

    Contras: São vários... Microgestão extrema, completa falta de interesse em motivar os funcionários, empresa hierarquizada com muitos processos, tornando trabalho engessado e desgastante sem conseguir entregar real valor. Desonestidade corporativa extremamente disseminada. Dinamica de trabalho pesada e lenta. Ambiente desmotivador. Gestores ultrapassados e sem visão, mais preocupados com o salário no fim do mês do que com o bem da equipe. Plano de carreira muito fraco, chega-se ao limite do esgotamento profissional... muitos e muitos anos sem promoção (especialmente no back office e nas áreas de suporte)... falta de reconhecimento, politicagem interna, não há meritocracia, promovem pessoas despreparadas...

    Conselhos para presidência: Fechar e abrir de novo

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 26 dias

    Uma empresa ruim

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: A escala torna o banco interessante, pois é possível acompanhar o que o banco faz em outros países. O nome "Credit Suisse" é conhecido, pode ser legal ter no CV

    Contras: O banco não é tocado de forma profissional. A autonomia dos diretores e gestores é grande demais, cada um toca sua área como se fosse "sua casa", muitas vezes passando por cima de regras básicas de respeito, ética, educação. Muitos excessos e abusos são vistos com normalidade, os funcionários acabam tendo que "engolir muito sapo". "É a cultura do banco, é assim mesmo" dizem... mas pra quem chega de fora pode ser chocante e decepcionante ver e passar por certas coisas. O pagamento oferecido não compensa essas coisas de forma alguma.

    Conselhos para presidência: Dar treinamentos pra mudar a cultura do banco. Melhorar o clima do ambiente de trabalho, exigindo que as pessoas tratem as outras com mais respeito e consideração.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 28 dias

    Impressão ruim

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Banco grande e conhecido no mercado financeiro. Promove palestras nas faculdades. Possui várias áreas, o que permite um maior match com o perfil de cada um.

    Contras: Pouco guidance pro estagiario. Carga horária muito pesada. No geral as pessoas não parecem muito legais, o clima é meio que uma mistura de ambiente competitivo com mal estar... os feedbacks dos chefes muitas vezes não são construtivos, dá a impressão de que não estavam preparados para virarem chefes e gerir pessoas

    Conselhos para presidência: É preciso uma série de ajustes no banco...no clima das áreas...na postura das pessoas...dos chefes...na forma desrespeitosa que alguns chefes falam com voce

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 28 dias

    Ótima empresa para quem quer trabalhar bastante e ganhar bem por isso

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Cultura meritocrática e que motiva o crescimento profissional. Seus resultados individuais são muito valorizados (inclusive na remuneração) e você conquista espaço com facilidade se for bom no que faz. Muita autonomia e responsabilidade pode ser conquistada desde o estágio. Todos parecem atuar como donos da empresa, não só a alta gerência. Uma das poucas empresas a valorizar muito bem o trabalho das ditas áreas de custo (administrativas).

    Contras: Poucos degraus para ascenção podem dar a impressão de estagnação nos anos iniciais da carreira e geram ansiedade. Além disso, oportunidades são mais raras pois há alta retenção de talentos nos cargos mais altos. Muito do que se fala em relação ao ambiente ser hostil já não é mais verdade nos dias atuais. Continua sendo um ambiente de alta cobrança por resultados, mas perfeitamente sadio. No meu caso posso dizer que é um ambiente muito light em comparação a cobrança de qualquer universidade pública.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Uma boa empresa

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa grande, onde há muito a aprender. Determinadas áreas apresentam possibilidade de crescimento. Ambiente muito agradável, bom acolhimento de funcionários e salários muito bons.

    Contras: Bastante cobrança e pressão, muitas regras a serem seguidas que na prática não acontece bem assim. Embora os valores sejam chamativos, muitas coisas ficam na teoria.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Boa

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: Excelentes Beneficios financeiros, ambiente rico em aprendizado e valorização da meritocracia. Ideal para pessoas com garras e aspiração de ascensão.

    Contras: Excesso de competitividade e muitas vezes descasos por parte dos gestores com os Estagiários, que em suma, fazem a base do trabalho a ser desenvolvido.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Cobrança excessiva e desorganizada

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Ainda tem muita gente boa trabalhando lá, embora o banco esteja perdendo talentos. Nome reconhecido, presença global, solidez financeira (empresa de grande porte).

    Contras: Gerência desorganizada e confusa. Excesso de cobrança. Todos são pressionados ao limite, e acabam pressionando quem está em baixo também - já vi até funcionários passarem mal de tanto nervosismo e pressão. Rítmo de trabalho é alucinante, é necessário "matar um leão por dia". Acaba sendo insustentável. O Turnover é altíssimo (minha antiga área já chegou a ter 40% do quadro renovado em um ano).

    Conselhos para presidência: Mais organização e clareza no que voces querem. Estabeleçam metas claras e possíveis - do jeito que está só vejo uma cobrança pesada de todos os lados, pessoas fazendo mil coisas sem saberem a finalidade ou se está sendo feito da melhor forma...

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Credit Suisse

Descrição:Criado em 1856, na Suíça, o Credit Suisse Group é um banco de investimento e provedor de outros serviços financeiros. No Brasil, cheou em 1998, ao adquirir o Banco de Investimentos Garantia, então especialista de Investment Banking, e passou a se chamar Banco de Investimentos Credit Suisse First Boston Garantia. Em 2006, seu nome mudou novamente, dessa vez se tornou o Banco de Investimentos Credit Suisse, sendo uma das mais respeitadas instituições financeiras no país.

Site

RH: quer atrair bons talentos?