Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Costa Cruzeiros?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Falta competencia e senso

    Garçom


    Prós: A empresa tem uma preocupação teórica muito boa com a qualidade e seus procedimentos. Se o básico fosse cumprido seria uma empresa boa. Se preocupa com seus clientes e funcionários. Se preocupa em organizar métodos de higiene, manutenção, alimentação, etc A direção da empresa contrata profissionais competentes para ajustar o ideal ao prático. Em teoria aparenta estar querendo mudar os problemas do passado. Tem cabines com poucos tripulantes, refeitório, médico, alguns programas de treinamento.

    Contras: Infelizmente todos os setores estão prejudicados pela falta de senso. A teoria não é apropriada para a prática. O ideal não será alcançado por falta de senso. Os responsáveis pelos setores não conseguem manter o que a empresa propõe e isso não é culpa dos subordinados. É falta de ajuste do procedimento e incompetência dos gerentes operacionais que, seguem o que aprenderam no passado, justamente o que fizeram a empresa afundar em termos de preferencia dos clientes. O tanto a cia gasta para idealizar é arruinado pela frente de operação. Se um CO tem um objetivo de melhorar e humanizar o serviço, infelizmente seus planos serão incompletos por seus managers operacionais que não concordam com as mudanças e não cumprem com os procedimentos. Na realidade, eles não concordam com os diretores e acham que suas experiencias contam mais do que o resto. Como o funcionario tem contato com o RH no começo quando escolhe a cia, fica desacreditado e trabalha mal. A empresa perde o credito no começo do contrato. Gera mal atendimento e desistencias de contrato e problemas de autoestima. Afinal, nem tudo no mundo é dinheiro. A comida dos tripulantes é feita de qualquer jeito. Tem aparencia de muito repartida e oferece poucas opções de tipo de carne, que em sua maioria é de origem suína. A empresa quer hierarquia e pessoas estudadas nos cargos de atendimento ao cliente. Mas esquece de colocar managers com a mesma ou melhor formação que os subordinados. Essas pessoas que estão paradas no tempo precisam unir experiencia à reciclagem. Os métodos de avaliação não levam em conta a satisfação dos clientes, em pratica. A autoridade de um gerente operacional está mais alta do que os próprios COS. Existe humilhação, preconceito, injustiças e isso acontece mais entre os gerentes e seus subordinados do que entre nacionalidades entre os tripulantes. O RH interno de cada navio não repassa as reclamações de forma falada somente escrita. Existem problemas de avaliações e promoções na empresa por amizade e troca de favores pessoais. Avaliações erradas pelo mesmo motivo. Escalas erradas também. Escalas com almoço as 11 e 30 e o proximo horario disponivel para comer 9 horas depois. Por desencontros de horarios. A cia passa a impressao de ser boa pela parte idealizadora mas na realidade nao acontece isso na pratica.

    Conselhos para presidência: Em minha humilde opinião penso que deveriam ouvir mais a tripulação e seus clientes. Se aproximar mais da realidade e capacitar a gerencia. Talvez não dar tanta autoridade aos seus gerentes. Melhorar os metodos de avaliação de seus funcionarios. Descentralizar o poder das maos dos managers e passar isso para os proprios colegas e setores intrelaçados. Uma avaliação de colegas de setores iguais e diferentes. Uma avaliação inversa. Pode talvez melhorar isso. Mais fiscalização. Mais preocupação com o bem estar de seus funcionários. Um RH com menos medo de ouvir e resolver os problemas dos funcionarios.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Costa Cruzeiros

Descrição:A Costa Crociere S.p.A., com sede em Gênova, engloba as marcas Costa Cruzeiros, AIDA Cruises e Iberocruceros. Conta com a maior frota de todos os operadores europeus, com um total de 26 navios em serviço e mais outras 3 novas unidades a serem entregues até 2016. Faz parte do grupo Carnival Corporation & plc, líder mundial em cruzeiros.

Site

RH: quer atrair bons talentos?