Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Correios?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Correios é só a marca e a sede, o resto é péssimo!

    Agente


    Prós: Salário indireto razoável (diria que é o único diferencial)...

    Contras: Salário do carteiro pífio, R$ 1.004,00; falta de investimento no passado para compras online e falta de investimento (preparo) para o futuro da internet; logística muito boa, mas carece de abertura de unidades descentralizadas (colaborando com o excesso de trabalho em unidades já superlotadas); ausência de preparo aos gestores em lidar com os funcionários novos X antigos, a falta de capacitação leva a uma falta de comunicação interna, mesmo em pequenas unidades de distribuição; falta de EPI nas unidades (centro de distribuição de encomendas), pois as mercadorias são manuseadas com as mãos livres, sem luvas e equipamentos de proteção para aquelas mais pesadas (risco de contaminação e lesão lombar); falta de asseio com os prédios utilizados pela unidade (sem pintura, sujeira pelas paredes, parte elétrica em condições precárias); falta de climatização nas unidades, que nesse verão vão virar fornos gigantes; falta de pessoal interno para lidar com o público nas unidades de distribuição (CEEs principalmente ); má divisão de serviço nas unidades (tem carteiros que trabalham 4 horas e outros 9 horas por dia!); oportunidades de ascensão interna dependente de QI (quem indica), pois o RI não oferece confiança e nem é o único meio utilizado para ascensão funcional; os dissídios da categoria são completamente dirigidos pela própria empresa (em ago/2014 não houve aumento real), a PLR não foi paga (de 2013); os R$ 200,00 reais oferecidos serão "talvez" repassados para o salário em dois ou mais anos; os carteiros (50.000 profissionais em todo o Brasil) não contam com a segurança necessária nas ruas para a entrega de mercadorias compradas pela internet (assaltos diários!), então toda mercadoria é dirigida para agências e unidades para serem distribuídas. Nas unidades, que já contam com um quadro já reduzido, formam-se filas e os carteiros, em mutirão, são utilizados também internamente (mesmo antes e depois das jornadas externas), isso diariamente.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Correios

Descrição:Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos foi criada como empresa em 1969 por decreto lei. Hoje conta com mais de 100.000 empregados, tem presença em todos os municípios do Brasil. Vinculada ao Ministério das Comunicações, a empresa atua em todo o território brasileiro, com a importante função de integração e de inclusão social, papel indispensável para o desenvolvimento nacional.

Site

RH: quer atrair bons talentos?