• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP)?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 2 meses

    pra mim zero é pouco

    Técnico em Suporte Técnico Pleno

    São Gonçalo do Amarante, CE


    Prós: Nao valorizar reconhecimento e investimento em novas capacitações dos colaboradores familiares, sabendo que terá retorno dentro da própria empresa. Equipe unida e esforçada a dar o melhor para obterem maiores resultados, não pensa nisso Confiança entre os colaboradores. Desenvolvimento em conjunto. Foco em crescimento

    Contras: 1. Dificuldade em reter talentos ou alto índice de turnover; 2. Falta de organização do tempo - trabalha para apagar incêndio; 3. Esperam que os sócios/diretores resolvam tudo; 4. Equipes não respeitam seus líderes; 5. Brigas e conflitos de egos e de poder; 6. Pouco conhecimento do produto; 7. Falta comprometimento com o resultado; 8. Equipe despreparada e desmotivada; 9. Dificuldade em encarar a Realidade; 10. Metas e planos que não se realizam.

    Conselhos para presidência: colocar esses pessoal de fora(minas gerais,rio de janeiro e são paulo) que estão na empresa que não estão sabendo administra-la(curso de gestão de pessoas)

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP)

Descrição:A Companhia Siderúrgica do Pecém é o nome do atual projeto de uma siderúrgica localizada no estado brasileiro do Ceará, na cidade de São Gonçalo do Amarante, que tem como sócios as empresas sul-coreanas Dongkuk Steel, Posco (NYSE: PKX) e a e a brasileira Companhia Vale do Rio Doce. A Vale deterá 50% do capital da empresa e a Dongkuk e a Posco 30% e 20% respectivamente. A implantação do projeto prevê a construção de uma usina siderúrgica integrada (que opera a Alto-forno) com capacidade de produzir três milhões de placas de aço por ano na sua primeira fase.

Site