Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) logo

Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM)

3.29

Como é trabalhar na Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM)?

36 postagens (14 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.29
  • Remuneração e benefícios
    2.93
  • Oportunidade de carreira
    2.21
  • Cultura da empresa
    3.07
  • Qualidade de vida
    3.86

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Trabalho com tecnologia de ponta

    Engenheiro de Computação

    Campinas, SP


    Prós: Trabalho desafiador com tecnologia de ponta e liberdade plena de criação. Há possibilidades de viagens internacionais para conhecer laboratórios ultra-tecnológicos.

    Contras: Depende de verba do governo e há pouca previsibilidade com relação ao recebimento de recursos anual.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 22 dias

    Boa empresa

    Analista de Desenvolvimento

    Campinas, SP


    Prós: Aprimoramento técnico. Clima agradável. Boa capacidade intelectual de colegas de trabalho. Orgulho de deixar seu legado para o Sirius .

    Contras: Não há um plano de carreira definido .

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 30 dias

    Empresa boa

    Administrador de RedesEx-funcionário, saiu em 2016

    Campinas, SP


    Prós: Ambiente calmo e monótono, muitos colegas graduados e super inteligentes, muita tecnologia inovadora e de ponta. Ambiente saudável quando se tem um bom gestor.

    Contras: Muita burocracia e pouca meritocracia, tudo acontece de forma muito lenta, muitas pessoas envolvidas até para trocar uma simples lâmpada queimada. Não existe meritocracia, muitas coisas são melhoradas apenas com intervenção do sindicato.

    Conselhos para presidência: Mais meritocracia e menos burocracia.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Perfeito para jovens profissionais em busca de aprimoramente técnico

    Técnico III

    Campinas, SP


    Prós: - Excelente local para se desenvolver tecnicamente - Amplo acesso a tecnologias e pessoas com formação diversas - Atmosfera bastante agradável, colaborativa, relacionamento interpessoal fácil - Sempre há espaço para assumir novas responsabilidades e projetos

    Contras: - Inexistência de rodadas de promoção (desde quando estou aqui pelo menos) - Critérios obscuros no gerenciamento dos recursos humanos - sempre há recursos para investimentos em projetos e melhorias das instalações, mas nunca há recursos para promoções, não importa quão bons são os resultados que você gere - Há um certo número de pessoas acomodadas, que se veem sem perspectivas

    Conselhos para presidência: Prosseguir com a implantação da Avaliação de Desempenho e Plano de Carreira.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Bom lugar para aprender e não para trabalhr

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    Campinas, SP


    Prós: Oportunidade de adquirir muito conhecimento em diversas áreas de pesquisa, estabelecer contatos profissionais, possuir horários flexíveis e existe pouca pressão por resultados.

    Contras: Os salários e benefícios deixam a desejar, praticamente não existe um plano de carreira definido, assim faz que não tenha muita oportunidade de crescimento profissional.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Gratidão pela experiência

    Estagiário

    Campinas, SP


    Prós: Oportunidade de contribuir com o desenvolvimento científico e contato com tecnologia de ponto. Espírito de colaboração dentro do laboratório e com outros ao redor do mundo. Profissionais preparados e apaixonados pelo o que fazem.

    Contras: Falta comunicação entre os setores/grupos do laboratório. Isso dificulta saber e acessar os recursos e avanços disponíveis, além das demandas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Ambiente agradável

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2014

    Campinas, SP


    Prós: Excelente ambiente de trabalho. Equipe muito bem estruturada.

    Contras: Falta um plano de carreira e infelizmente estagiários raramente são contratados.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Experiência válida

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    Campinas, SP


    Prós: Restaurante interno ótimo, local de trabalho muito agradável

    Contras: Local pode ser de difícil acesso para alguns, necessidade de doutorado para ser reconhecido

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Alta tecnologia com salário não tão alto

    Estagiário

    Campinas, SP


    Prós: Ambiente de alta tecnologia onde se aprende de tudo um pouco: física, química, eletrônica, engenharia, mecânica, programação e muito mais. Sentimento gratificante de poder contribuir para um dos principais institutos de ciência do Brasil.

    Contras: Para um engenheiro contratado como analista, o salário é bem mais baixo do que o oferecido por outra empresa de engenharia, consultoria ou financeira.

    Conselhos para presidência: Mirar em um salário inicial de R$5000 para analistas, e assim poder brigar de igual para igual com outras empresas do mercado pelo recrutamento dos melhores profissionais de ciência e tecnologia.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Vale a pena

    EngenheiroEx-funcionário, saiu em 2014

    Campinas, SP


    Prós: Pesquisa e investimento para realização destas

    Contras: Falta de competitividade entre os engenheiros

    Conselhos para presidência: Investir em pessoal

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM)

Descrição:O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) é a nova denominação da Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). É responsável pela gestão dos Laboratórios Nacionais de Luz Síncrotron (LNLS), de Biociências (LNBio), Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e de Nanotecnologia (LNNano).

O LNLS opera a única fonte de luz Síncrotron da América Latina e um conjunto de instrumentações científicas para análise dos mais diversos tipos de materiais, orgânicos e inorgânicos; o LNBio desenvolve pesquisas em áreas de fronteira da Biociência, com foco em biotecnologia e fármacos; o CTBE investiga novas tecnologias para a produção de etanol celulósico; e o LNNano realiza investigações com materiais avançados, com grande potencial econômico para o País. Os quatro Laboratórios têm, ainda, projetos próprios de pesquisa e participam da agenda transversal de investigação coordenada pelo CNPEM, que articula instalações e competências científicas em torno de temas estratégicos.

Site

RH: quer atrair bons talentos?