Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na CCAA?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Boa empresa, salário ruim

    Professor

    Lages, SC


    Prós: - Na escola onde eu trabalhava, o salário (apesar de ser baixo) variava de acordo com a formação, experiência e dedicação de cada profissional, o que pode servir de incentivo para se aprimorar; - Amplo apoio pedagógico aos professores; - Método eficaz, material rico; - Uma boa política de atenção aos clientes; - As aulas, atividades e provas já vem prontas, basta o professor aplicar, seguir o roteiro, estudar e acrescentar o necessário. - Ambiente adequado e modernizado.

    Contras: - O maior ponto negativo é o baixo salário (apesar de ser a escola com o salário menos pior da minha região), razão principal pela qual eu saí da empresa para procurar algo melhor. Permaneci por muitos anos porque realmente gosto de ensinar. Mas mesmo com formação em Letras, pós-graduação e muitos anos de experiência, o salário é ruim e sem grandes perspectivas de melhorara. Uma observação pessoal: nunca conheci NENHUM professor da empresa (ou profissionais de outras escolas de idiomas) que pudesse se manter sozinho financeiramente, sempre possuem alguém para dar suporte (pais, marido) e muitos possuem outras profissões (advogado, dentista, veterinário, engenheiro) e acabam pegando algumas aulas para praticar a língua e preencher as horas vagas. Por isso, dificilmente os profissionais permanecem por muito tempo. Definitivamente não é um emprego que dá autonomia financeira. Essa é a única razão por que não recomendo a empresa. Mas isso também é reflexo de como nosso país trata seus professores. - O cronograma das aulas (schedule) é irrealista. Raramente um professor vai conseguir cumprir o cronograma seguindo o método à risca e sem pular nenhum passo. Quase sempre é necessário marcar aulas extras. Uma abordagem mais realista seria aumentar o tempo das aulas ou abreviar o conteúdo ou método. - A política da empresa é que o método seja seguido religiosamente. Isso pode ser positivo para prezar a qualidade e evitar desleixo por parte das franquias e profissionais, mas por outro lado deve-se considerar que nem todos aprendem da mesma forma e o professor não tem autonomia para adaptar o método de acordo com a realidade do aluno, razão por que alguns acabam desistindo. - Muitos exercícios para o professor corrigir! - Indisciplina de alunos adolescentes.

    Conselhos para presidência: O CCAA, uma das maiores redes de escolas do Brasil, tem todas as condições de romper com essa desvalorização dos professores no nosso país, a empresa pode se destacar ainda mais concedendo melhores salários a seus professores.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

CCAA

Descrição:Atuam no segmento de ensino de idiomas há mais de 50 anos, oferecendo sempre um alto padrão de qualidade. Hoje, mais de 210 mil alunos em todo o mundo aprendem inglês e espanhol em nossas franquias, por meio de nosso exclusivo sistema de ensino, e centenas de empresas, instituições de ensino superior e escolas de educação formal, desde a educação infantil até o ensino médio, utilizam o nosso método, com materiais especialmente elaborados pela nossa editora.

Site

RH: quer atrair bons talentos?