Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Bayard Esportes?

16 postagens (10 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.40
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    2.00
  • Cultura da empresa
    3.11
  • Qualidade de vida
    2.44

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Bayard Esportes - Shopping JK Iguatemi

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Dão treinamentos frequentes de marcas que trabalham e técnicas de venda; são acessíveis, disponibilizando também canais de contato para falar de forma anônima; pagam aparentemente certo; vendedores têm a oportunidade de se tornar gerentes; a loja é bem localizada.

    Contras: Salário padrão; comissionamento muito baixo; metas geralmente não correspondem à realidade atual da loja; carga horária muito alta; não oferece vale refeição; o refeitório do shopping JK é péssimo; alta pressão.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    VendedoraEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Treinamentos ,pagamentos em dia não atrasa ,uniforme é bacana ,dependendo do percentual que você atingir nas comissões consegue ter um salário bom

    Contras: Equipe extremamente competitiva ,gerentes desinteressados ,falta de produto e falta de variedade roupas e calçados, sem benefícios ,longas horas de trabalho !

  • Há aproximadamente 2 meses

    Amo essa empresa

    Vendedor ComissionadoEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Paga em dia, empresa bem humana, trabalhava somente 6 horas por dia, excelentes gerente, emgeral é uma excelente empresa, da treinamentos, uniforme e etc...

    Contras: Mudaram a bonificação por meta batida, tirando 60 por cento da premiação, aumentaram a carga horária, e passaram a pagar menos, não pagam vale refeição

    Conselhos para presidência: Valorizem os vendedores, pois eles fazem a empresa crescer a cada dia mais... corte de verba tem de ser feito no lugar certo.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Frustante!

    VendedoraEx-funcionário, saiu em 2006

    São Paulo, SP


    Prós: Carga horária tranquila e eventos. Não tive uma boa experiência, meus pontos são em maioria negativos, tão frustantes, que tenho dificuldade de lembrar pontos positivos.

    Contras: Péssima gestão de pessoas, equipe com comportamento aproveitador, se não bater uma meta, você já começa a ser ignorado, não tem mais oportunidades, a gerência chama todos para ajudar um vendedor a bater sua meta quando gosta dele, mas se por qualquer picuinha não for com a sua cara, se prepara para ser deixado de lado e não ter ajuda para desenvolvimento de nenhuma competência que precise.

    Conselhos para presidência: Treinar os gestores para serem imparciais e cuidarem mais das pessoas e não acharem graça quando veem uma funcionário brincando de dar tapas em um colega de trabalho, só pra dar um exemplo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Você aprende, porém não fica!

    Assistente AdministrativoEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente para aprender. Por ser empresa de família é um lugar bom de trabalhar, mesmo mantando padrões antigos. Empresa tem um mercado bom de clientes!

    Contras: Não existia uma gestão que pudesse contar, pontos positivos nem eram vistos apontando somente os negativos, não valoriza o funcionário, não há crescimento.

    Conselhos para presidência: Gestão valorizar os funcionários, a empresa em si valorizar quem faz parte do grupo por anos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 5 meses

    Bayard

    VendedorEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Vestuário

    Contras: Má remuneração para quantidade de trabalho ,horários extensos é gerência muito mal informada e qualificada ,porcentagem em cima das vendas baixa !!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 meses

    BAYARD ! não basta se achar grande impresa , tem que agir como tal ! APEQUENOU-SE

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: salário e vale transporte sempre em dia , empresa com nome de grande importância no segmento de artigos esportivos , convênio médico satisfatório

    Contras: pelo nome que a bayard tem no mercado , poderia ser uma empresa que demonstra crescimento para os colaboradores , porém demonstra apequenamento a cada dia que passa , falta de premiações , algo frequente em outras lojas do ramo , aumento de carga horaria na maioria das lojas , aliás atualmente a bayard tem uma das piores carga horarias do segmento de loja de esportes , VR pífio e somente aos domingos e feriados , lojas concorrentes levam vantagem nesse quesito também , pagam VR ou VA em um valor significativo e algumas lojas já pagam mensalmente esses beneficios , falta de funcionarios cada vez maior por culpa de um processo seletivo extenso e rigoroso , processo esse que vende uma imagem de empresa grande , imagem essa que muda assim que o colaborador começa as atividades na loja , atividades que são ampliadas a exaustão por culpa dessa falta de funcionarios , vendedor passa vendas no caixa com frequencia , organiza e limpa estoque sendo que o correto é ter um estoquista e um colaborador responsavel pela limpeza , gerentes preguiçosos que não saem do celular , exclusividade da loja do center norte : péssimo gerênciamento ocorrendo até mesmo casos de gerentes anteriores aliciando vendedoras e caixas .

    Conselhos para presidência: restruturar as lojas , voltar a ouvir os colaboradores e valorizá-los , voltar jogar como time grande e não apenas pensar como tal , não adianta encher as lojas de vendedores sem experiência e qualidade tecnica , melhor valorizar os bons e que dão resultado , para não ficar na mão de funcionarios inexperientes e sem paixão por vendas .

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 meses

    boa empresa para se trabalhar

    Operador de CaixaEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Benefícios, 6 horas de trabalho, ambiente legal, várias lojas e todas são próprias, o que faz a interação entre lojas ser melhor e mais amigável.

    Contras: Gerência boa, mas precisam ficar mais atentos aos problemas da loja para poder solucionar os problemas melhor. A maioria dos gerentes só querem achar um culpado, mesmo que a culpa seja deles. Falta de preocupação com o funcionário.

    Conselhos para presidência: Monitorar e treinar melhor os gerentes para evitar conflitos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Regular.

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente tranquilo contribuí para a motivação. A liberdade de vestimenta, por se tratar de uma empresa de varejo esportivo. Flexibilidade do horário, estimula também.

    Contras: Ver chefes cobrando tarefas que nem eles sabem executar é um tanto desanimador. Falta projeto de carreiras e estimulo para o crescimento dentro da empresa. Por se tratar de uma empresa familiar, mesmo que a muito tempo no mercado, alguns pontos são mais delicados de se lidar, devida à ausência de processos internos. Salário abaixo do mercado.

    Conselhos para presidência: Revisem seus processos internos e cobrem mais qualidade do trabalho da coordenação das equipes. o RH poderia contribuir com essas análises.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Distribuição de renda extremamente injusta em relação às metas/esforço físico.

    Vendedor

    São Paulo, SP


    Prós: Treinamento são oferecidos com certa frequência. Pagamento em dia do salário. Superior da Loja Iguatemi é exemplo de liderança, o melhor superior que já encontrei em todos os empregos em que já passei. Parte majoritária do sucesso da loja se deve totalmente a ele. Abiente descontraído na medida do possível. Assistência médica e desconto em torno de 10% em faculdades. Vale transporte.

    Contras: Esforço físico extremamente grande com metas altíssismas para baixo retorno financeiro, causando sempre algum tipo de lesão muscular intensa, principalmente ao subir e descer escadas muitas vezes ao dia (mas muitas vezes mesmo). Suas lojas pequenas não compensam financeiramente ao funcionário. Já em suas lojas grandes trabalha-se o dobro devido ao grande movimento e obviamente a meta é o dobro também, limitando o salário. Sistema de estoque antiquado e ultrapassado, difícil encontrar produto nele em dias de grande movimento. Você vende o equivalente a um carro de luxo por mês e recebe em troca um salário máximo (em média) em torno de três mil em mês bom numa loja boa, mas em sua maioria pagamento sai em torno de 2200, e em lojas pequenas tira-se menos do que isso. Só pagam vale alimentação aos domingos trabalhados. Durante os outros dias do mês vc tira do próprio bolso a alimentação onde na prática deteriora demais seu salário que já não é alto.

    Conselhos para presidência: A crise não é descupa pra diminuir salários, pois eles são o maior bem de uma empresa. Melhorar a busca de produtos no estoque, aumentará a velocidade no atendimento (tags magnéticas são uma ótima forma de solucionar o problema que é tentar encontrar algo dentro de caixas cheias de produtos em dia de fluxo extremo). Redimensionar balcões para que haja fila única não só em dias de grandes movimentos. Aumentar a bancada do mesmo para os vendedores poderem dobrar as roupas sem que um vendedor precise disputar espaço com seu colega. Comprar impressoras das notas de venda que sejam bem mais rápidas e colocar um sistema de COO que já saiam impressas em seus adesivos. Aumentar a rotatividade de uniformes pois em lojas com movimentação alta, o desgaste dos uniformes tb é alto (e pelo tamanho do esforço físico que é feito, deveria ter uma camiseta por dia). Atualizar os layouts das vitrines que não chamam mais a atenção em relação a outras lojas mais modernas do varejo. Mudar radicalmente a estrutura visual interna, diminuir a poluição visual e aumentar o fluxo dos produtos com maior saída. Balcões e caixas são mal posicionados. Aumentar a rotatividade das playlists musicais (pois só quem ouve as mesmas músicas durante muitos meses sabe o quão torturante é). Premiações verdadeiras são em dinheiro e não em doces.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Bayard Esportes
RH: quer atrair bons talentos?