Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Capgemini?

884 postagens (182 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.24
  • Remuneração e benefícios
    3.09
  • Oportunidade de carreira
    2.59
  • Cultura da empresa
    3.13
  • Qualidade de vida
    3.28

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    Não é o melhor salário, mas o resto...

    Analista Fiscal

    Blumenau, SC


    Prós: A Capgemini tem benefícios, como o planos de saúde e odontológico, onde não pago NENHUMA mensalidade, apenas uma pequena co-participação nos exames e consultas - isso não encontrei em nenhuma outra empresa. O ambiente de trabalho é agradável, liberdade é um dos valores da empresa. Por ser uma multinacional, é uma empresa muito organizada. Grande possibilidade de crescimento - em 2013, a Capgemini promoveu 70% dos funcionários. Também há transparência quanto ao que está acontecendo e com relação ao que eles pensam de você.

    Contras: Salário abaixo da média, o que acaba sendo normal por ser uma empresa de terceirização.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 4 anos

    NUNCA vi ninguém sendo beneficiado pelo plano de carreira em 4 anos

    Analista JúniorEx-funcionário, saiu em 2012

    Salvador, BA


    Prós: É um local que definitivamente você vai aprender muito, uma empresa grande, com grandes clientes, é uma boa escolha.

    Contras: É empresa que a valorização dos trabalhadores não existe. Você vai ver gestores altamente incompetentes sendo promovidos, e pessoas muito boas sendo mal utilizadas, e ganhando mal durante anos.

    Conselhos para presidência: A Capgemini deveria ter um plano de carreira de verdade, e não a lenda que são divulgadas nas apresentações. No meu período de 4 anos na Capgemini, desde quando era CPM Braxis, eu vi muitos gestores que chegaram onde estavam por puro relacionamento com superiores, pessoas que não tinham o mínimo conhecimento da área que estava gerindo, ao mesmo tempo que eu tinha colegas em posição mais alta que a minha, trabalhando lá há muito mais tempo, com mais experiência e conhecimento que eu, ganhando MUITO menos. Que política é essa? Quando pedi desligamento por ter achado uma oportunidade melhor, obviamente com salário mais alto também, ainda tive que ouvir do meu gestor, depois de 4 anos trabalhando e ganhando mal: "Você trabalha pelo dinheiro, nós não procuramos pessoas que trabalham pelo dinheiro como você".

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Uma boa empresa para quem está no início da carreira ou tem uma saúde financeira estável.

    Analista de Sistemas Pleno

    Belo Horizonte, MG


    Prós: As equipes são muito boas de se trabalhar e se lidar, transformando o ambiente de trabalho em algo muito construtivo a nível de networking e experiência.

    Contras: Infelizmente a empresa não se esforça em manter seus profissionais, havendo, naturalmente, um grande turnover nas equipes. Faz-se muito marketing quanto à tradição da empresa, de oportunidades internas e treinamentos, porém, na prática, pouco se vê. Tanto que em dois anos não houve nenhum treinamento na filial de Belo Horizonte. Os salários, pelo que me consta, sempre deixaram a desejar e, recentemente (2015), muitos pontos positivos converteram-se em negativos, por exemplo: -Flexibilidade: Antes se possuía flexibilidade quanto horários e banco de horas, contudo, agora o banco de horas deve oscilar em um desvio-padrão de -10 horas ou + 10 horas, caso contrário, os gestores tendem a reclamar freqüentemente. -Benefícios: Todos passaram a ser co-participativos, incluso VR, ou seja, o funcionário paga um percentual (pelo que me consta, 20%) para cada consulta ou exame que fizer e também o VR é descontado um percentual na folha de pagamento.

    Conselhos para presidência: Os gestores já possuem a consciência que os salários praticados pela companhia estão abaixo do mercado, portanto, devem investir em algo que faça com que a balança pese ao seu favor, tal como benefícios, flexibilidades, treinamentos ou qualquer atitude que impulsione a seus funcionários, fato não realizado até o momento.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 4 anos

    Para quem está começando é uma empresa boa, mas se quiser alavancar sua carreira, procure fora.

    Analista de SistemasEx-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: - Os pagamentos salariais sem atrasos;
    - Benefícios razoáveis.
    - Infraestrutura ótima, com equipamentos / fornecedores bons para trabalhar.
    - Equipe coesa.
    - Sempre aprende algo novo.
    - Processos para gerar resultados com qualidade.

    Contras: - Plano de carreira utópica. (No papel é tudo bonito, mas na prática não é bem assim).
    - Coordenação fraca, distanciava dos demais funcionários, onde a comunicação era somente com líderes de projeto e nada mais. Onde eles mesmos, os coordenadores criavam um apartheid profissional.
    - VR abaixo, quando alocado em cliente.
    - Comunicação com a matriz era difícil, na época que estive.
    - Senso de urgência ligado, pressão vinda do cliente sempre.
    - Não existe PLR.

    Conselhos para presidência: Precisam ouvir e valorizar mais os funcionários, pois os mesmos possuem ideias que possam servir de bem constante para a empresa. Infelizmente existem tratamentos desiguais.
    Quanto as oportunidades e planos de carreira, por favor, reformulem isso, é uma lenda, só é "real" nas apresentações do pessoal do RH faz para os funcionários das demais áreas, não acredito mesmo que vai realizar com algum profissional que conheci lá dentro.
    Rotatividade alta, devido a realidade dura que os funcionários enxergam dentro da empresa. dentre as realidades: baixos salários e a falta de PLR

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 4 anos

    Capgemini nunca mais!

    Técnico de InfraestruturaEx-funcionário, saiu em

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Pagou tudo corretamente, sem problemas.

    Contras: A Capgemini tem nome bonito, uma sede bonita, o processo seletivo é bonito, as promessas lindas, chances de crescimento, etc. Mas a realidade é totalmente diferente, não sei é o projeto que peguei ou se é geral mas não gostei, Coordenador fraco, sem diálogo e o distaciamento do RH e outros setores com o projeto me trouxe insegurança e falta de comunicação, só tinha o coordenador para passar as coisas e o mesmo não dava atenção, acabei pedindo para sair e mesmo assim já recebi uma proposta para voltar, claro que recusei, outro problema, até hoje recebo ligações de um setor ouvidoria perguntando como está o trabalho, apesar de ter relatado que já não faço parte do quadro, continuam ligando. Capgemini, nunca mais. Salário baixo, poucos benefícios e falta de comunicação.

    Conselhos para presidência: Coloquem em prática tudo que é falado nos processos seletivos que a empresa será maravilhosa mas há uma grande diferença entre o que vocês passam para os candidatos e a realidade. Outro problema são os salários baixos, assim, vocês vão perder grandes funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 4 anos

    Empresa não se importa com os funcionários.

    Analista de SistemasEx-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: Nenhum problema com o pagamento. Sempre pagaram no dia certo, ou até antes.

    Contras: Você é visto como uma peça de substituição, você esta lá para ocupar o lugar de alguém que saiu, até o dia que você mesmo sair. A empresa não move um dedo para você continuar ou mesmo crescer. Você terá muitas dificuldades para conseguir um aumento ou mesmo uma promoção.

    Conselhos para presidência: Deixe o Fordismo de lado e faça igual as grandes empresas, comece a pensar mais nos funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 4 anos

    Uma empresa que "fantasia" um pouco

    Assistente de Operações Financeiras

    Campinas, SP


    Prós: Pagamento em dia, os benefícios são bons

    Contras: Quando passei pela integração da empresa, disseram maravilhas sobre a empresa, mas acontece que no dia-a-dia não é realmente assim, os analistas cobram muito de quem esta na operação, pois quando houve mudança no sistema, vários funcionários trabalharam 12hrs ou ate mais por isso, e sempre diziam que íamos ser reconhecidos por isso, e isso não acontece, só há promessas e mais promessas sobre efetivação, mas isso é uma coisa que poucos conseguem, e os que conseguem nem sempre merecem, o salario esta fora do que o mercado de trabalho oferece, e a gestão deixa um pouco a desejar também.

    Conselhos para presidência: Contratar pessoas capacitadas, mesmo que seja para trabalhar na operação, pois acaba desmotivando quem esta se preparando para seguir carreira na empresa. Incentivar mais os funcionarios, com premios que saiam de uma simples conversa e que vire realidade, pois muitos se esforçam para ir além da meta, para conseguir um bônus no final do mês, e se sentir realizado também.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 4 anos

    Uma experiência ruim

    Programador JúniorEx-funcionário, saiu em

    Brasília, DF


    Prós: Compromisso financeiro, tudo que foi acordado, foi pago sem atrasos.

    Contras: Apresentam um plano de carreira interessante no momento da entrevista, no entanto dentro da empresa não funciona conforme apresentado, espera que o funcionário trabalhe por dois, faça duas funções e quando tenta conversar sobre o assunto, não consegue falar com ninguém que possa resolver essas questões.

    Conselhos para presidência: Que montem uma melhor estratégia, pois acabam desmotivando pessoas que tem o interesse de crescer na profissão e consequentemente, ajudam a empresa a crescer.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    Uma escola que não valoriza seus bons alunos

    Programador Pleno

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Empresa boa para profissionais que não possuam experiência na área ou desejam aprimorar suas habilidades sem sofrer grande pressão. Possui especialistas na área técnica que oferecem suporte incomparável. Flexibilidade de horário excelente. Ambiente de trabalho tranquilo e descontraído. Pagamento é feito em dia e os benefícios são muito bons. Reembolso de 100% das certificações. Estrutura física da empresa é boa.

    Contras: Meritocracia inexiste, assim como o plano de carreira que vez ou outra muda seu formato. Para subir de cargo, é necessário se candidatar para as vagas internas, que geralmente já são direcionadas para determinado profissional (infelizmente é a maneira que os poucos bons gestores encontram para valorizar seu profissional). Já no trabalho em si, não existe processo nenhum, empresa completamente desorganizada. Utiliza metodologias de controle de processos "só para inglês ver", muito bonito por fora mas na prática não funciona. Não investe em inovação e novas tecnologias, estimulando profissionais a buscarem outros lugares para trabalhar. Não investe em treinamentos para capacitação de seus profissionais. Excesso de gestores, coordenadores e líderes que, salvo algumas exceções, não possuem o perfil nem a competência para desempenhar suas funções. Em contrapartida, existem profissionais tecnicamente muito bem qualificados que compensam esta estrutura organizacional a longo prazo insustentável. Suporte técnico na fábrica para instalação de softwares e manutenção de hardware não é de fácil e não é prontamente atendido. A rede da empresa bloqueia tudo que se possa imaginar, sendo impossível às vezes obter informações para realizar o próprio trabalho, sendo que o profissional da área de TI necessita de pesquisas o tempo todo. A rede também dificulta acesso de redes de clientes, tornando estressante e burocrático o trabalho, sendo necessário abrir chamados que não são resolvidos rapidamente, impactando diretamente em entregas. Valor da PLR é mínimo. Problemas com reembolso em viagens, demora para aprovação e muita burocracia.

    Conselhos para presidência: Invistam em plano de carreira sólido que realmente recompense os seus bons profissionais.
    Invistam em inovação, pesquisa e novas tecnologias.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Boa introdução e péssima na prática

    Analista de Sistemas

    Campinas, SP


    Prós: Infraestrutura é muito boa (maquinas e ambiente), local é de fácil acesso.

    Contras: Muito mal gerenciado. Falam q é metodologia scrum, porem não é. Por questões do processo, a culpa sempre sobra para o desenvolvedor. Documentações e ambiente sempre vem com problemas e sempre mudam no meio de sprints. Quase 100% dos desenvolvedores estão insatisfeitos e procurando novas oportunidades, gestores sobrecarregados e não dão a devida atenção. Muito projeto legado com diversos problemas. Poucos projetos com tecnologia de ponta (uns 2).

    Conselhos para presidência: Plano de carreira, avaliações 180º, perguntar para os cargos mais baixos os problemas que vem encontrando com as atuais gerencias. A Cap está ficando mal vista perante o mercado por essas questões.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Capgemini

Descrição:A Capgemini é uma das principais fornecedoras de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização do mundo. Presente em 40 países, com mais de 125 mil funcionários, o Grupo ajuda seus clientes a se transformarem para melhorar seu desempenho e posição competitiva. A Capgemini entende que não se pode atingir o valor empresarial somente através da tecnologia. Este começa com as pessoas: especialistas trabalhando em conjunto para chegar ao coração dos objetivos de seu negócio, e para desenvolver as soluções mais adaptadas, para atender a esses requisitos. Acreditam que esta abordagem, centrada no ser humano para a tecnologia, é o que faz a diferença para os seus clientes.

Site

RH: quer atrair bons talentos?