Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Callink?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 3 anos

    O bom é inimigo do Melhor!

    Atendente de Call CenterEx-funcionário, saiu em 2014

    Uberlândia, MG


    Prós: Pagamento em dia.

    Contras: Muitos problemas sistêmicos, falta de condições sistêmicas de efetuar um ótimo trabalho. Péssimo convênio médico. Péssimo comissionamento: tudo ou nada! Os líderes não são escolhidos por um processo seletivo justo, e sim quem mais puxa o saco, ou é amiguinho de banda, balada do coordenador. Inclusive houve uma frase de um líder que disse: Um conselho: É melhor puxar o saco do que puxar carroça! Entre outros... Lamentável!

    Conselhos para presidência: Bem, fiz o processo seletivo e passei em primeiro lugar. A princípio me foi apresentado uma ótima oportunidade. Mas qdo recebi o primeiro pgto fiquei preocupada, mas continuei insistindo, sem retorno. Até q uma belo dia o projeto que eu trabalhava Santander, anoiteceu e não amanheceu, ficamos obrigados a trabalhar em um outro projeto que segundo a empresa era o melhor projeto: O famoso Tribanco...E era um ótimo comissionamento. E era mesmo, se vc enganasse bastante para os clientes e puxasse bastante o saco do supervisor para conseguir regiões que vendesse bem e tivesse mais aprovação. Mas para quem não sujeitava a isso, já era... Só um salarinho! Isso se vc não tivesse feito nenhuma consulta ou exame com convênio, senão recebia no máximo a metade de um salário mínimo! Quero ressaltar caso queiram avaliar tbém, eu sempre cumpria com meus compromissos em relação a empresa, tanto é que consegui um acordo com a empresa. Já trabalhei em outras empresas de callcenters que tinham seus defeitos, mais pelo menos, dava melhores condições para trabalhar, processo seletivo justo, e ótimo convênio. Afinal trabalhar sobre pressão em ambiente fechado, era só com um ótimo convênio mesmo, para tratar problemas psicológicos e de respiração. Na Callink quem reclama muito, ou fala de tais condições, fica com imagem de péssimo funcionário! Não do tipo que luta pelo direito e quer reivindicar algo como nos demais callcenters, e sim vc adquire um rótulo, usado pelos supervisores da Callink, pra dizer que é o funcionário que não presta: Queimador de colchão!

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Callink

Descrição:Com a missão de “Ser reconhecida pela qualidade na prestação de serviços de outsourcing”, a Callink nasceu em 2006 focada em entender o negócio dos seus clientes, priorizando sempre resultados efetivos com entregas de qualidade e acreditando que os bons resultados tornam o relacionamento duradouro. Desde sua fundação, o que mais chama a atenção na organização é a preocupação constante com a profissionalização de sua equipe, mantendo uma maturidade profissional com know-how e investimentos contínuos para ter o melhor em infraestrutura e tecnologia. A Callink foi fundada inicialmente como provedora de soluções de tecnologia para atender às empresas do Grupo. As atividades de Contact Center começaram com apenas seis posições de atendimento (pa´s) atendendo ao provedor de internet Centershop e Chima Steakhouse. Com a profissionalização e excelência operacional, novas soluções e oportunidades surgiram e a qualidade e eficiência no atendimento foram sendo reconhecidas por seus clientes. A Callink se consolida como um dos principais players do mercado. Atualmente são quase 6 mil funcionários entre diretos e indiretos e estrutura de 4 mil PA’s.

Site

RH: quer atrair bons talentos?