Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Callink?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 ano

    Satisfação de trabalhar.

    Supervisor Operacional

    Uberlândia, MG


    Prós: Excelentes gestores, capacidade de falar e ser ouvido. Inovação, excelente localidade. Apesar de grande, parece trabalharmos num ambiente familiar. Adoro as inovações e o modo que tudo nos é passado. As comemorações são as melhores.

    Contras: Os principais pontos a desenvolver é plano de carreira, acho fundamental. O salário ainda um pouco mais baixo, mesmo assim, não trocaria jamais a empresa. Além de um plano por participação nos lucros.

    Conselhos para presidência: Elaboração de um plano de carreira e participação nos lucros. No mais, é o melhor lugar que já trabalhei.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Callink

Descrição:Com a missão de “Ser reconhecida pela qualidade na prestação de serviços de outsourcing”, a Callink nasceu em 2006 focada em entender o negócio dos seus clientes, priorizando sempre resultados efetivos com entregas de qualidade e acreditando que os bons resultados tornam o relacionamento duradouro. Desde sua fundação, o que mais chama a atenção na organização é a preocupação constante com a profissionalização de sua equipe, mantendo uma maturidade profissional com know-how e investimentos contínuos para ter o melhor em infraestrutura e tecnologia. A Callink foi fundada inicialmente como provedora de soluções de tecnologia para atender às empresas do Grupo. As atividades de Contact Center começaram com apenas seis posições de atendimento (pa´s) atendendo ao provedor de internet Centershop e Chima Steakhouse. Com a profissionalização e excelência operacional, novas soluções e oportunidades surgiram e a qualidade e eficiência no atendimento foram sendo reconhecidas por seus clientes. A Callink se consolida como um dos principais players do mercado. Atualmente são quase 6 mil funcionários entre diretos e indiretos e estrutura de 4 mil PA’s.

Site

RH: quer atrair bons talentos?