Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na BTG Pactual?

129 postagens (38 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.82
  • Remuneração e benefícios
    4.22
  • Oportunidade de carreira
    4.08
  • Cultura da empresa
    3.61
  • Qualidade de vida
    2.56

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Carga horária excessiva

    Controlling AnalystEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Localização excelente, instalações boas e promessa de bônus após 2 ano na empresa. Dependendo do gestor pode ser uma experiência boa ou ruim

    Contras: Não paga hora extra e não informa isso na entrevista. É cultura das áreas de controle enrolar e tomar vários cafés durante o dia para fingir que trabalha muito e sair 22h. Quem cumpre suas tarefas e sai 19h é criticado por não se dedicar o suficiente e tem seu bônus cortado. 1o anonde bônus bem ruim, começa a melhorar no 2o ano.

    Conselhos para presidência: Rever métricas de bônus por entrega não tempo passado no banco

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Meritocracia?

    AnalystEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Autonomia e contato com bons profissionais do Mercado financeiro. Boa escola para aprender sobre o mercado, mas o RH nao provê plano de carreira e profissionais sao contratados de fora com salario muito acima daqueles do mesmo nivel e que estiveram trabalhando la ha tempos.

    Contras: a competicao Interna é grande e faz com que as pessoas passem por cima das outras. Meritocracia nao existe. A avaliacao de desempenho anual é mutton subjetiva.

    Conselhos para presidência: Entender melhor os motivos de saida dos funcionarios e dar a devida importancia a eles.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    O BTG não é mais o mesmo depois do dia 25 de novembro.

    Analista Sênior

    São Paulo, SP


    Prós: Proximidade com os sócios e estrutura bem flexível para implementar as suas ideias. Em geral, é um ambiente em que todos buscam trabalhar o máximo possível para gerar resultado para o banco.

    Contras: Os seus esforços serão reconhecidos no final do ano, mas os seus desafios (e a sua curva de aprendizagem) terão um peso muito maior. Os pontos negativos sempre vão contar muito mais na hora de descontarem o seu bônus. A meritocracia não é necessariamente aplicada.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Empresa boa para aprender. Mas uma marca impossível de apaixonar por conta da selvageria dos líderes.

    IT AnalystEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Liberdade em poder falar com diretores e funcionários de distintos departamentos, propondo idéias. Ambiente inovador e muito investimento. Altamente competitivo.

    Contras: Falta transparência na gestão. Área de IT muito confusa com uma gestão sem clareza e parece faltar background. Muitos profissionais de mercado, falta profissionais com formação mais robusta na área de IT, passagens por empresas sólidas internacionais. Muito desperdício de projetos. O ambiente com alta pressão por resultados, gera também despotismo. Equipe do Rio de Janeiro em constante conflitos com São Paulo. Esta rixa histórica dos tempos de Pactual persiste até hoje.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Extremamente Decepcionado.

    IT Project Manager

    São Paulo, SP


    Prós: Oportunidade de aprendizado, contato com projetos complexos, liberdade para se trabalhar ( sem pessoas monitorando a maneira como você faz ), dinheiro

    Contras: Salário abaixo do mercado, área de TI extremamente bagunçada, durante o treinamento de newcomers vende-se a ideia de que gerentes do mais alto escalão estão disponíveis para pessoas num ranking mas abaixo mas isso não acontece. Um dos "valores" da empresa é meritocracia mas isso não existe. Você precisa ficar literalmente "puxar saco" para conseguir crescer ( me refiro a área de TI já que não faço parte do business ). A área de RH é fraquíssima, sem força nenhuma. O sistema de avaliação é interessante mas não é seguido, ou seja, seus objetivos não são nada se você não for político. Fiquei realmente surpreso porque esperava muito de uma empresa como o Pactual.

    Conselhos para presidência: 1º -> Fazer com que os valores sejam vivos em TODAS as áreas. Mais uma vez: talvez o que eu falei não aconteça no front, no business mas nas áreas de back-office não vemos isso. 2º -> A maneira como o bônus foi avaliado neste ano de 2016 foi completamente injusta.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    Péssima empresa

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Bônus (um pouco maior do que a média do mercado)

    Contras: Atenção: caso você escolha esta empresa para trabalhar esteja pronto para o horário exigido pela empresa: 09:00 às 20:00 ( no mínimo), sem hora extra nem compensações. Trabalhar aos sábados e feriados é normal (feriados municipais não são considerados feriados), também sem compensação. A empresa pressiona os funcionários até o limite, é exaustante trabalhar no BTG. O bônus não compensa as horas extras que damos à empresa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    A meritocracia muitas vezes é manchada pelo individualismo e competição desleal

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente com espaço enorme para crescer. Grande exposição as mais diversas situações desde os primeiros dias. Aprendizado na prática e mais individualismo

    Contras: A meritocracia gera a competição exacerbada que é muitas vezes negativa para a empresa. A todo momento pessoas tentam passar por cima de você e somente os mais fortes sobrevivem.

    Conselhos para presidência: Incentivar o trabalho em equipe e afastar aqueles que entendem como meritocracia a necessidade de prejudicar os outros

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 6 meses

    Decepção

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Possibilidade de contato com membros sêniors do banco, ambiente hands-on e bons benefícios além da remuneração (VR, VA, VT e seguro saúde bradesco)

    Contras: Cobrança desproporcional com a remuneração, é esperado que o funcionário trabalhe no mínimo 10 horas por dia sem pagamento de horas extras, é prometido que o bônus compensaria aqueles que se dedicam mais, porém é um valor muito baixa para a exigência no banco. Promoções por meritocracia são outra ilusão, é muito mias fácil subir sendo colega dos superiores que por mérito

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Neutro

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Remuneraçao, crescimento. Profissional, meritocracia e possibilidade de ter contato com o senior management da empresa e qualificacap dos funcionaeios

    Contras: Horas de trabalho, dificuldades do banco, falta de transparencia no modelo de gestao de pessoas, desafios que o banco passa pela investigacao do controlador

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Bem diferente do que as pessoas acham que é...

    Analista de Operações

    São Paulo, SP


    Prós: Predio bonito e bem localizado. Empresa com presença em muitos paises. Aprendizado importante mas com um custo muito alto na qualidade de vida.

    Contras: Trabalho excessivo, remuneração bem abaixo da media, horas extras não são pagas, pessoas agresivas. Ambiente laboral dificil de mais. Cultura de hard working sem motivaçoes. RH inexistente.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

BTG Pactual

Descrição:O BTG Pactual é o principal Banco de investimentos da América Latina, com atuação nas áreas de Asset Management, Wealth Management e Investment Bank. Com mais de 30 anos de história, possui escritórios em diversas localidades do Brasil, Estados Unidos, México, Colômbia, Peru, Chile, Reino Unido, África do Sul e Hong Kong. Apenas no Brasil, conta com quase 1.600 colaboradores. O banco possui o maior gestor de ativos florestais independente na América Latina e um dos maiores do mundo, com ativos comprometidos e investidos de cerca de US$3 bilhões e uma carteira de mais de 716 mil hectares, diversificados nos Estados Unidos, América Latina, Europa e África do Sul.

Site

RH: quer atrair bons talentos?