Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Briggs & Stratton (BASCO)?

3 postagens (0 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

0.00
  • Remuneração e benefícios
    0.00
  • Oportunidade de carreira
    0.00
  • Cultura da empresa
    0.00
  • Qualidade de vida
    0.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Tem tudo para ser uma ótima empresa, mas necessita adaptação ao nosso mercado

    Funcionário

    Araucária, PR


    Prós: Pagamento sempre em dia, boas instalações e infraestrutura. Oportunidade de contato com diferentes culturas. Oportunidade muito grande de aprender como não fazer as coisas.

    Contras: Falta de foco no resultado global com menor custo e melhor qualidade, burocratização extrema que engessa a empresa perante aos concorrentes. Isto decorre devido ao fato de os funcionários julgarem ser multinacional Briggs and Stratton, porém somos uma empresa pertencente ao grupo Briggs and Stratton, como está na carteira de trabalho Branco motores. RH independente da diretoria local, criando certo ambiente de insegurança e medo de contrariar ou discutir com o departamento.

    Conselhos para presidência: - Identificar corretamente quem são os concorrentes locais, e adaptar os processos, estrutura organizacional e foco para vencer - Impedir a tomada de decisão gerencial que somente visa "puxar saco" dos EUA, isto vai acabar com a empresa, nosso país é totalmente diferente. - Alguns gerentes são imunes ao Compliance, mesmo com várias atitudes observadas ao longo destes quase 2 anos, excesso de agressividade, falta de respeito e arrogância. - Bagunça com horários, cargos que não batem ponto se assemelham a repartição pública - Temos tudo para sermos vitoriosos neste mercado, mas precisamos de mudança de cultura, somos uma empresa de pequeno-médio porte, não uma multinacional com alto faturamento.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Ingerência

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Grande oportunidade de mudança organizacional, ausência de gestão de pessoas e de processos são muito evidentes, mascaramento de resultados.

    Contras: Ingerência e etc, maioria dos gestores trabalham e tratam seus departamento como uma empresa familiar, falta de visão holística e sistêmica .

    Conselhos para presidência: Restruturacao da gestão do em todos os departamentos, pois tratam tudo como empresa familiar e com favoritismo e apadrinhamento total.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 3 anos

    Diferenças

    Funcionário

    Araucária, PR


    Prós: Ambiente de trabalho, porém variando em cada setor.

    Contras: Não valorização de talentos internos, investimento alto em executivos com competência duvidosa, baixo retorno e pouca responsabilidade. Única empresa do mundo em que agitador de sindicato recebe promoção.

    Conselhos para presidência: Valorizar os talentos internos que merecem. Com o horário de trabalho sendo das 7 as 17, e os executivos chegando as 9:30 e saindo as 16:00, gera um ambiente de indignação na empresa.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Briggs & Stratton (BASCO)
RH: quer atrair bons talentos?