Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Bosch?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Ainda é um bom lugar para se trabalhar mas nao é mais a referência da regiao.

    Ex-funcionário, saiu em 2014

    Campinas, SP


    Prós: A empresa oferece boas oportunidades de crescimento profissional. É uma verdadeira escola, possui recursos de treinamento e desenvolvimento, processos e procedimentos estabelecidos. Extremamente legalmente correta nas suas práticas corporativas. Possui um plano de previdência próprio que ainda é um diferencial positivo no mercado.

    Contras: O seu gigantismo e os processos desenhados por cada área chegam a gerar posições antagônicas entre departamentos e consequentemente conflitos não produtivos e decisões muito lentas.
    Existe um "medo" ou "prática de se eximir de responsabilidades" nas tomadas de decisões. Todos os assuntos são escalonados na hierarquia ou levados para comitês e colegiados de decisão (nem sempre formalmente estabelecidos), retardando ainda mais as decisões e ações.
    A preocupação em ser legalmente correta, mostra claramente o que NÃO se pode fazer, porém não mostra alternativas como pode ser legalmente feito.

    Conselhos para presidência: A Bosch no Brasil aparentemente perdeu bastante a importancia dentro do grupo. Até a algum tempo atras, recebíamos executivos estrangeiros experientes que agregavam valor para as atividades locais. Já há algum tempo, recebemos somente funcionários em início na carreira gerencial porém já ocupando altos cargos para serem "experimentados" no Brasil.
    Infelizmente a maioria mostra-se incapaz e incompetente a gerenciar uma filial do tamanho da RBLA e atuando num mercado instável e diverso como a América Latina onde experiência fala muito mais alto do que SOMENTE formação acadêmica.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Bosch

Descrição:A história de sucesso da Bosch no Brasil iniciou-se em 1954 na cidade de São Paulo. Atualmente o Grupo Bosch emprega no país cerca de 8.900 colaboradores e registrou, em 2015, um faturamento líquido de R$ 4.7 bilhões com a oferta de produtos e serviços automotivos para montadoras e para o mercado de reposição, bem como ferramentas elétricas, sistemas de segurança, termotecnologia, máquinas de embalagem e tecnologias industriais. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 10.300 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 6 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 375.000 colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2015). A empresa gerou vendas de 70 bilhões de Euros em 2015. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a Bosch está presente em cerca de 150 países. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 55.800 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 118 localidades em todo o mundo. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é entregar inovações para uma vida conectada. A Bosch melhora a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores e concebidos para fascinar. Assim a empresa cria "Tecnologia para a Vida".

Site

RH: quer atrair bons talentos?