Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Bosch?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Frustrante

    Operador de Máquinas

    Curitiba, PR


    Prós: Gosto do ambiente de trabalho, do fato de ser perto da minha casa, da qualidade das refeições.

    Contras: A empresa não abre oportunidade internamente, todos os processos de seleção são duvidosos ao ver dos funcionários de chão de fábrica, pois muitos parentes de "chefes" em geral conseguem uma carreira de crescimento. Mesmo quem tem estudo não cresce na Bosch de Curitiba.
    Muitos salários não estão atualizados com os postos de trabalho, a maioria trabalha em algum lugar que teoricamente ganha mais, porém na pratica o salário é o piso.

    Conselhos para presidência: Caro senhor presidente ou diretor, trabalho na Bosch desde o começo de 2010, entrei com muitas expectativas de crescimento e de trabalho, comecei a estudar um curso superior na área de empresa com o sonho de um dia melhorar e ter minha carreira dentro da empresa. Sempre trabalhei com alegria e com dedicação, não falo isso de boca pra fora, todos meus MAGS (avaliação interna) foram excelentes, 99.9% da minha pontuação são no ponto desejado ou acima das expectativas, nunca faltei sem motivo, tive alguns anos sem nenhuma falta, nem com atestado, as vezes que cheguei atrasado dá pra contar em uma das minhas mãos, sempre fiz horas extras, enfim, eu tenho os valores Bosch no meu dia-dia.
    Hoje, depois de quase 5 anos de empresa, com minha faculdade quase terminada, pois estou no meu último semestre, com inglês de nível avançado que me dediquei por quase 3 anos todos os sábados eu ainda estou no mesmo nível que eu estava quando entrei, como operador de máquinas 1, e o engraçado é que eu nunca trabalhei em posto 1, sempre posto 2 pra cima, hoje eu trabalho em um posto 3.
    Felizmente alguns não tem o mesmo "azar" que eu tenho, vejo muitos filhos de chefe, filhos de planejadores, filhos de pessoas influentes que tem uma sorte muito diferente que a minha, vão direto trabalhar na TEF, viram LTI, vão trabalhar em planejamento, etc...
    Até tive o prazer de conhecer uma planejadora da Bosch em uma aula de inglês que não falava quase nada de inglês, e ela é planejadora...
    Claro que eu sei que muitos planejadores não necessitam de inglês para poderem trabalhar, mas depois de um tempo eu fiquei sabendo que essa moça trabalhava com o pai dela.
    Resumindo, na Bosch Curitiba quem cresce são na grande maioria parentes de chefes, amigos de chefe, ou alguma moça bonita, operador de chão de fábrica dificilmente consegue alguma oportunidade...
    Hoje eu só penso em terminar meu inglês e que a Bosch pelo menos me mande embora quando eu precisar viajar, para que eu possa com o meu FGTS em mãos e com um dinheiro que eu tenho guardado poder fazer um College em outro país e consiga imigrar pra um lugar mais justo doque o Brasil, que é o país do jeitinho.
    Por um lado me sinto desapontado com a Bosch por tudo isso, mas por outro me sinto feliz de ter tomado essa decisão na minha vida, de querer ir embora do "Brazil".
    Desculpem o desabafo mas a Bosch Curitiba é isso tudo que eu disse, infelizmente.
    Espero que isso mude com o tempo, pois na Bosch tem muita gente com potencial que merece uma oportunidade.
    Grande abraço.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Bosch

Descrição:A história de sucesso da Bosch no Brasil iniciou-se em 1954 na cidade de São Paulo. Atualmente o Grupo Bosch emprega no país cerca de 8.900 colaboradores e registrou, em 2015, um faturamento líquido de R$ 4.7 bilhões com a oferta de produtos e serviços automotivos para montadoras e para o mercado de reposição, bem como ferramentas elétricas, sistemas de segurança, termotecnologia, máquinas de embalagem e tecnologias industriais. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 10.300 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 6 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas.

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 375.000 colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2015). A empresa gerou vendas de 70 bilhões de Euros em 2015. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a Bosch está presente em cerca de 150 países. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 55.800 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 118 localidades em todo o mundo. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é entregar inovações para uma vida conectada. A Bosch melhora a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores e concebidos para fascinar. Assim a empresa cria "Tecnologia para a Vida".

Site

RH: quer atrair bons talentos?