Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na BMW do Brasil?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Uma empresa composta por amadores improvisando e gestores inexperientes

    GerenteEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Subsidia 80% de um MBA após 2 anos de trabalho e solicitação do gestor direto, permite aos funcionários terem um veículo BMW para uso particular com um leasing subsidiado- apesar de caro, plano de saúde de ponta, subsídio para curso de idiomas.

    Contras: Salários abaixo do mercado. Normalmente contrata pessoal com um pequeno upgrade no cargo mas sem a contrapartida financeira. Exemplo: tira um analista sênior do concorrente e o contrata como gerente, mas o salário é apenas 10% a mais que o de um analista sênior e 25% abaixo que o de um gerente.
    Alguns benefícios são migalhas: Sorteio de roupas usadas por modelos ou jornalistas em eventos, estando algumas vezes em péssimo estado (cheirando a suor ou sujas de lama / rasgadas) após um Rally por exemplo. Bazar para funcionários com roupas de coleções muito antigas sem giro, empoeiradas, manchadas e cheirando a mofo.
    O RH nunca intermedia conflitos entre o gestor e seus subalternos, agindo como se fosse sempre um incômodo para o RH encontrar um meio termo.
    O RH não permite, por exemplo, que um funcionário deixe de pagar a contribuição sindical. Obriga os funcionários a permitirem o desconto.
    A empresa tem uma política de cargos e salários bastante confusa, em alguns casos com analistas mais bem remunerados que gerentes.
    Muitos funcionários são contratados para cumprir determinadas funções, porém na prática existe uma sobrecarga com outras atividades pelo fato da empresa não ser organizada, impedindo que cumpram com as tarefas para que foram contratados.
    Não existem processos claros ou definidos, portanto as atividades são realizadas por "tentativa e erro". Pelo fato da necessidade de cumprir com outras tarefas, é comum haver pessoal sem formação ou habilidade adequada cumprindo tarefas para as quais não foram contratados, ou pior ainda, gestores sem formação ou experiência opinando sem embasamento sobre assuntos que os subalternos ou responsáveis em outras áreas dominam.

    Conselhos para presidência: Sr Presidente, você, apesar de brasileiro, viveu tanto tempo fora do país que não sabe como as coisas funcionam no Brasil, ou as dificuldades quando os assuntos dependem do governo. Os diretores são todos estrangeiros, eles assim como você não conhecem as leis, cultura ou comportamento do brasileiro, talvez por esse motivo haja tanta rotatividade na empresa e tanto descontentamento, ficando na empresa muitas "maçãs podres" que têm benefícios próprios por trabalhar aí e sufocam os funcionários realmente bons. Se você aceitasse se comunicar com todos os níveis, talvez a empresa estivesse melhor. E vai piorar se você continuar a não se preocupar com as pessoas.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

BMW do Brasil

Descrição:O Grupo BMW é um dos maiores líderes na fabricação de carros e motos do mundo com mais de 96 mil colaboradores em mais de 140 países. Nos últimos anos a BMW cresceu de forma significativa no Brasil. A empresa expandiu suas atividades e especialmente se fortaleceu no mercado brasileiro no segmento de carros de luxo importados. Em 1995 a BMW do Brasil estabeleceu-se como uma companhia nacional de vendas e em 1999 foi lançada a BMW Serviços Financeiros. O Grupo BMW trouxe em 2009 a marca MINI para o Brasil com enorme sucesso. No ano seguinte, o Grupo BMW realizou mais uma façanha, começou a produzir motos fora de Berlin em Manaus com grande êxito. Nosso Escritório Nacional de Vendas e nosso Escritório de Serviços Financeiros estão localizados em São Paulo. Em 2014 o Grupo BMW dará mais um passo histórico em direção ao compromisso de longo prazo da BMW com o mercado brasileiro e irá inaugurar uma nova fábrica em Araquari, próximo a Joinville, no Estado de Santa Catarina.

Site

RH: quer atrair bons talentos?