Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Banco Original?

92 postagens (36 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.81
  • Remuneração e benefícios
    4.40
  • Oportunidade de carreira
    2.86
  • Cultura da empresa
    3.26
  • Qualidade de vida
    3.66

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há quase 2 anos

    Teoria versus prática

    SuperintendenteEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: O maior ponto positivo vem do acionista (mesmo do Grupo J&F), que aportou relevante investimento para construção de um banco inovador no mercado financeiro. Com apenas uma agência, pretende estar a médio prazo entre os 10 maiores bancos do País. A maior aposta vem da tecnologia, ferramentas de big data, canais de atendimento (internet, mobile, etc.) e proximidade ao cliente.

    Contras: Problema crônico de comunicação entre as áreas. Constantes mudanças de estratégia e nos responsáveis pela estratégia. Dificuldade no fechamento do escopo do projeto. Atrasos na entrega das etapas do projetos acordados.

    Conselhos para presidência: Resolver o problema de comunicação (crônico no banco). Muita "politicagem" entre as diretorias, que desagrega e tira do foco. Muita gente prometendo muito e entregando pouco .

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Muito potencial, mas falta lideranca.

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: Times auto-motivados que compraram a proposta do banco e estão colocando muita energia e suor pra garantir as entregas. A empresa tem o apoio e investimento do grupo.

    Contras: Falta alinhamento entre a lideranca e consequentemente clareza na estrategia e direcionamento. A empresa quer ter a agilidade de uma start up mas nao abre mão da estrutura hierarquica das grandes instituicoes financeiras.

    Conselhos para presidência: A inovacao comeca de dentro pra fora. Eh na forma de se pensar e fazer diferente que surgem as melhores ideias. Nao eh fazendo igual que se entrega nada diferente. Precisamos de uma lideranca que entregue no curto prazo mas que pense no longo prazo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Não recomendo

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Remuneração e benefícios (VR, VA, plano médico e odontológico). Algumas pessoas (poucas) são legais de se trabalhar, ambiente no geral é descontraído. O banco está em fase de crescimento.

    Contras: A chefia deixa a desejar, não há diálogo entre chefia e funcionários. Cada diretor | superintendente quer impor o seu modo de trabalhar e isso muitas vezes gera conflitos. Não tem uma cultura própria. Bastante pressão e sem reconhecimento. Existem "panelinhas" e somente quem faz parte se dá bem. Tem hora pra entrar, mas não tem hora pra sair. Por mais que nos esforcemos o trabalho nunca é bom o suficiente.

    Conselhos para presidência: Dar mais poderes ao RH, fazer curso de gestão para os cargos gerenciais e diretoria. A empresa acaba perdendo muitos bons profissionais por falta disso.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Incerteza de sucesso

    Analista Pleno

    São Paulo, SP


    Prós: Bons benefícios. Banco está em ascensão. Boas oportunidades se o banco souber aproveitar

    Contras: Ambiente de trabalho ruim. Não há colaboração entre departamentos

    Conselhos para presidência: Promover um estudo de análise de perfil dos funcionários. Colocar a pessoa certa no Lugar certo. Tem pessoas com perfil inadequado para a função

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    Banco em formação com estruturas e políticas deficientes.

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: Quanto maior teu salário, menor o volume de trabalho e responsabilidades.

    Contras: Estrutura de RH fraca, desorganização de processos e falta reconhecimento das pessoas que trabalham . Estrutura de pessoal ineficiente. Há muitos cargos de chefias para poucos analistas, logo há diversas reuniões onde nunca chega-se em alguma conclusão.

    Conselhos para presidência: Enxugar as equipes, dirimir tarefas condizentes com cargos e áreas e reduzir o número de pessoas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    Será que vai dar certo?

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Participar da construção de um novo banco digital.

    Contras: Má gestão de recursos de pessoas e sistemas. As políticas éticas são superficiais. Gestores sem postura adequada diversas vezes ocasionando constrangimento e negligência. Mesmo grandes líderes admitidos para o novo banco digital perderam seu encantamento, ao se deparar com "podamentos" por questões de poder e orgulho. Mudanças sugeridas para melhores práticas e inovação foram vetadas porque teriam que admitir que faziam errado ou não faziam o controle adequado. Critérios ocultos para divisão de bônus.

    Conselhos para presidência: Analisar idéias inovadoras ou novos controles. Ser amistosos em relação aos colaboradores. Tomar decisões baseadas no melhor para o Banco novo e incentivar que seus líderes melhorem o clima organizacional para que neutralize más condutas. Elaborar orientações éticas mais detalhadas e específicas para indicar os líderes o caminho e o perfil que o Banco deseja apresentar ao mercado e a seus clientes.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 4 anos

    Empresa onde se ganha muito para não fazer nada.

    Ex-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: Remuneração e benefícios.

    Contras: Projetos mal estruturados, muita burocracia (gerada devido a muitos níveis hierárquicos), falta de comunicação entre as equipes.
    Reuniões diversas vezes por semana que não levavam a lugar nenhum. Trabalho não reconhecido. Diversos projetos desenvolvidos que nunca entraram em produção por questões burocráticas.

    Conselhos para presidência: Crescer estruturadamente. Não apenas contratando centenas de diretores e gerentes, tornando o ambiente de trabalho cada vez mais burocrático e não valorizando as pessoas que já estavam na empresa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Não troque o certo pelo duvidoso.

    Analista de OperaçõesEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Bom salário e benefícios, a localização é boa próximo ao trem. A proposta do banco é interessante, porém muito mal executada. É um banco novo que infelizmente começou com o pé esquerdo, é do mesmo grupo da JBS e o alto escalão está sempre envolvido em escândalos. Se você estiver em busca de uma experiência rápida vá em frente, mas esteja atento ao mercado.

    Contras: Baixa qualidade de gestão, falsas promessas de crescimento e estabilidade, os procedimentos mudam TODOS OS DIAS. Melhorar a estrutura de como gerir pessoas. Algumas mesas são compartilhadas entre turnos, é muita bagunça, cremes, batons, comidas de diversos tipos, enfeites, livros, documentos pessoais, dá até vergonha. É muito desorganizado de forma geral, a gestão passa a falsa ideia de transparência, mas só ficávamos sabendo das coisas na hora em que aconteciam. Abriram diversas vagas, e meses depois demitiram em massa, só serviu para sujar minha CTPS. Enfim, se puderem, evitem.

    Conselhos para presidência: Tenham estrategias definidas, pensem a longo prazo, invistam no banco ou ele afunda.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Decepção

    Arquiteto TI

    São Paulo, SP


    Prós: Ainda existe muitos bons profissionais e amigos. A proposta do banco é motivante

    Contras: Não tem plano de carreira transparente, gestão de pessoas também não. RH serve apenas para executar processos burocráticos quando executam.

    Conselhos para presidência: Gestão de pessoas é um ponto importante para manter a saúde da empresa!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Nao indico

    Funcionário


    Prós: Remuneração e SOMENTE isso. Pagam mais que o mercado pois sabem dos seus problemas internos.

    Contras: Muitos diretores que querem impor sua filosofia, portanto, um quer mandar mais que o outro. Além disso, pouca ou nenhuma estruturação de processos e areas, ou seja, cobram muito mas nao tem como medir, tao pouco area de apoio para solucionar demandas. É como se construíssem um carro em movimento, descendo uma ladeira.. em determinado momento descobrem que precisa de freio, rodas, suspensão.. e aí se dão conta de que é preciso faze-lo. Amadorismo define.

    Conselhos para presidência: Sejam honestos com seus funcionários e somente cobrem o que são capazes de fazer.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Banco Original

Descrição:Os Bancos JBS e Matone se uniram para formar o Banco Original, uma instituição que oferece agilidade e inteligência para seus negócios e que já nasce com a solidez da J&F, um dos maiores grupos empresariais do Brasil. O Banco Original oferece atendimento personalizado para grandes empresas nacionais e multinacionais dos setores da indústria, comércio ou serviços. Temos um time de especialistas para desenhar soluções de gestão de caixa, risco, financiamento, capital de giro e outras, com o objetivo de ajudar nossos parceiros a atingir seus objetivos financeiros.

Site

RH: quer atrair bons talentos?