Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Banco do Brasil ?

1477 postagens (304 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.70
  • Remuneração e benefícios
    3.75
  • Oportunidade de carreira
    3.01
  • Cultura da empresa
    3.61
  • Qualidade de vida
    3.50

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 3 anos

    Bom para poucos

    Assistente

    Curitiba, PR


    Prós: Jornada de trabalho razoável e benefícios (vale alimentação, PLR, previdência e plano de saúde, mesmo tendo poucos credenciados, "temos" plano de saúde).

    Contras: Metas abusivas da superintendência do seu Estado. Excesso de serviço e falta de estrutura. Impressoras sempre c/defeito. Falta até papel toalha nos banheiros. Outro ponto negativo é a remuneração, pois o salário pago não condiz c/a realidade financeira da instituição que tem lucros absurdos devido ao massacre psicológico com as tais metas abusivas que pratica em seus funcionários, e o agradecimento pelo atingimento das metas não está no salário e muito menos na PLR que poderiam ser muito melhores. Plano de carreira ruim, pois vc pode até conseguir um cargo melhor, mas não vale a pena, pois a responsabilidade, a dor de cabeça e a cobrança triplicam enquanto que a remuração aumenta em 10% e olhe lá...
    Plano odontológico muito ruim, com coberturas baixas e profissionais ruins. A maioria dos procedimentos temos de pagar, pois os dentistas se recusam realizar o procedimento pelo plano devido ao valor da cobertura.
    Em relação ao plano de saúde, existe uma resistência dentro da própria Cassi em credenciar profissionais, o que mostra que não existe preocupação em aumentar a rede e facilitar o tratamento de saúde dos funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 4 anos

    desanimadora

    Gerente de Negócios Internacionais

    Campinas, SP


    Prós: estar empregado e ter condições básicas de vida a oferecer a família, moradia, alimentação e plano de saúde.

    Contras: subjetivismo nas administrações/chefias, falta de transparência, enfim...dependendo do chefe novo que chega TUDO que você construiu ao longo de anos de dedicação pode ir por água abaixo unilateralmente por capricho do novo administrador, geralmente este perfil são de administradores que não tem filhos, não sabem o que é ter família e odeiam quem não comparece além do expediente para demonstrar comprometimento com a empresa..Deus me livre desse tipo de administrador.

    Conselhos para presidência: Valorizem os funcionários, respeitem a dignidade deles e suas famílias, eles são mais do que simples vendedores lutando para manter o emprego.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 4 anos

    Melhor estágio da minha vida

    Ex-funcionário, saiu em 2012

    São Paulo, SP


    Prós: Na agência que estive eu aproveitei e gostei demasiadamente, tinha uma rotina com uma grande variedade de atividades, aprendi bastante, a grande maioria das pessoas eram ótimas, humildes, solícitas e prestativas, o clima organizacional no geral era muito bom, os funcionários semanalmente se reuniam pra confraternizar e nos bastidores a união e amizade prevaleciam.

    Contras: Depois de um tempo não havia mais o que aprender, pois as atividades eram limitadas e conseguir uma nova atividade/ novos conhecimentos é quase impossível pra um estágio de técnico. A pressão sobre os funcionários para vender os produtos e alcançar as metas é absurda, e frequentemente reuniões eram feitas para cobrar tais objetivos.Há uma certa burocracia desnecessária e lentidão em certos processos.Há um grande desperdício no que tange a materiais publicitários e de escritório, seja por falta de instrução, seja pela central mandar itens sem muita utilidade ou finalidade clara e enviar itens que não foram solicitados e materiais diferentes do pedido. Não acredito que valha a pena (a não ser pelo nome da Instituição e pela possibilidade de efetivação - que um estagiário técnico não tem- ) para um estagiário universitário trabalhar em uma agência, pois ele irá receber o mesmo salário que um estagiário de curso técnico, aprender relativamente pouco se comparado a um estágio em uma organização de outro ramo e fazer exatamente a mesma atividade de um estagiário de curso técnico ou aprendiz. Quando há falta de funcionários e/ou excesso de clientes me mandaram sem um treinamento prévio atender clientes, demonstrando algo comum que ocorre que é a "tapeação de buracos" e adiamento dos problemas, não se resolve na hora, porém vai se "empurrando com a barriga" até quando for possível. Arquivos muito desorganizados e descuidados, perdendo-se muito tempo, espaço e informações importantes ao precisar de um documento.

    Conselhos para presidência: Não focar apenas nos lucros, porém em seus funcionários, dando mais apoio a eles, investindo em treinamentos tanto dos gestores e gerentes, para que consigam uma forma alternativa e mais humana de se cobrar metas, quanto dos colabores, seja a respeito de questões motivacionais ou técnicas. Reestruturar a forma como as promoções são feitas, para que não apenas os colaboradores que vendem bastante possam ser beneficiados, mas todos os que contribuem e têm algo a oferecer.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Uma grande falácia

    Assistente

    São Paulo, SP


    Prós: Vale alimentação, vale refeição, plano de saúde e previdência privada. O atendimento ao funcionário em Brasília é cortês e no geral eficaz.

    Contras: Não existe promoção, existe comissionamento: você pode perder o cargo (e voltar a receber o salário de ingresso) a critério do gerente. Não existe uma política real de marketing de incentivo e o cumprimento de metas funciona na base da ameaça. O comissionamento só por indicação, os processos de seleção são pró-forma. Não existe treinamento que realmente capacite o funcionário em um produto e nem suporte eficiente das áreas-meio para resolver problemas em todas as instâncias. Tudo isso resulta em péssimas condições para atender o cliente, que desconta sua insatisfação nos atendentes e gera um círculo vicioso.

    Conselhos para presidência: Valorizar o funcionário investindo em políticas de reconhecimento, plano de carreira e saúde. Melhorar as condições de atendimento aumentando a dotação de cargos operacionais e investindo em treinamento. Fazer cumprir o que dizem as campanhas para o público externo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    14 anos de BB

    Escriturário

    Machado, MG


    Prós: Legal é a marca, o lucro, o visual e o status.

    Contras: 14 anos de BB - 38 anos - morando com os pais por necessidade, sem privacidade, sem liberdade, sem mulher, sem vida social, e sem esperança de independência financeira.

    Salário baixo e aumento real de 2013 para 2014 (salário base contribuição INSS), de 0,8%.
    Funcionários raramente são preparados e treinados para executar suas funções, os cursos são auto-instrucionais, é como fazer uma leitura sobre cirurgia e ter que realizá-la um minuto após. Somos poucos e muitos clientes para atender, humanamente impossível realizar o que a própria instrução do banco rege, atender aos prazos e fazer conforme a regra. Sistema muito falho, geralmente inconsistente, fora do ar, gerando prejuízo para cliente e retrabalho para funcionário. Maioria dos funcionários de rede, apresentam insatisfação e stress elevado.
    Cultura imperante no banco ainda é a que manda quem pode, obedece quem tem juízo.
    Paro por aqui, porque tenho mais o que fazer e acho que o banco não merece tanta perda do meu tempo. O importante e frustrante pra mim ainda continua sendo o dia 20.

    Conselhos para presidência: Façam um teste e vejam se conseguem viver trabalhando por um mês como funcionário da rede e ganhando o que ganha um escriturário e tentem manter o mesmo discurso de que trabalhar no BB é viver no paraíso.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    Apenas um breve resumo.

    Caixa Executivo


    Prós: Possui alguns benefícios acima da média do mercado, como valores do vale refeição/alimentação e alguns para nichos específicos como o reconhecimento para fins de benefícios internos do cônjuge de mesmo sexo.
    Empresa sólida no setor, com boa reputação no mercado, graças principalmente ao grande investimento em marketing.

    Contras: Melhorias de práticas internas, aproximar mais o belo discurso divulgado ao que realmente acontece dentro das agências. Exemplos?
    Premiação internacional na área de Ética, mas no ambiente interno...
    Pode-se citar também o já cansativo discurso de que o foco migrará para o cliente, há anos despejado internamente e pouco realizado (apenas nas propagandas ao público externo, BOMPRATODOS), o foco é quase exclusivamente no cumprimento das metas de venda de produtos e serviços sem se preocupar em como é feito no dia a dia.
    Oportunidades de crescimento ainda são muito dependentes da famosa prática da indicação, mesmo havendo critérios de pontuação e ultimamente sendo realizados "processos seletivos", a velha prática do "coleguismo" ainda impera.
    Conciliação vida pessoal/profissional. Uma empresa presente em boa parte dos municípios do país onde a contratação é realizada via concurso público tende a haver uma concentração dos funcionários aprovados de origem dos grandes centros, mesmo com a regionalização dos concursos é comum o funcionário ser enviado a centena de quilômetros de distância, em início de carreira, quando comumente se está dedicando aos estudos ou a construção familiar. Não tendo ajuda de custo e vale transporte fora do que delimita estritamente a legislação sobre o assunto.

    Conselhos para presidência: Procure conhecer melhor a empresa no qual trabalha, apesar de ter feito carreira por aqui, tem demonstrado tentar ouvir muito pouco as demandas e as ideias de melhorias provenientes dos mais de cem mil funcionários espalhados pelo país.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 4 anos

    Empresa voltada totalmente para o mercado.

    Operador de Caixa

    Porto Alegre, RS


    Prós: estabilidade.

    Contras: Cultura de vendas, oportunidades de crescimento só pra quem é vendedor.

    Conselhos para presidência: Mudar a forma de gerir as pessoas. Só quem vende tem valor, quem resolve problemas não é valorizado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 4 anos

    empresa mediocre

    Operador de Caixa

    Bocaiúva, MG


    Prós: pagamento em dia, benefícios

    Contras: política da empresa, plano de carreira, falta de incentivo para o crescimento, apadrinhamento para crescer, salário

    Conselhos para presidência: mudar o foco: valorizar o funcionário, investir, melhorar os salários, qualificar melhor os funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    Estressante e Frustante

    Gerente de Relacionamento

    Florianópolis, SC


    Prós: Investimento na educação do funcionário.

    Contras: METAS METAS METAS METAS, esqueça tudo que vc ouviu falar sobre um banco que tem o governo como principal acionista, tudo que vao querer de você é que vc bata metas diárias, semanais, mensais, semestrais e anuais, e claro vc não irá ganhar um centavo a mais por isso. O BB com certeza não é lugar para pessoas normais trabalharem. Desculpem mas essa é a realidade não acreditem no que vcs leem em revistas dizendo que o BB é um lugar bom para trabalho, com certeza não é.

    Conselhos para presidência: Mude Mude Mude, o BB não pode agir como se fosse um Itau ou Bradesco o BB tem função social e isso não existe mais. Senhor Presidente Dida faça algo antes que todos os funcionários adoeçam ou entrem em greve permanentemente.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 4 anos

    fantástica

    Gerente de Relacionamento

    Brasília, DF


    Prós: Do Cliente. O banco tem muitos clientes calmos e amigável, que sujeita, sem reclamação os mandos e dismando do banco.

    Contras: Da ditadura dos administradores. Se sentem o rei do mundo achando que o poder é totalmente deles. Não respeita o trabalho em equipe e democracia passa longe da administração.

    Conselhos para presidência: Aprenda a respeitar o outro e reconhecer os direitos das pessoas. Respeito é bom e eu gosto.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Banco do Brasil

Descrição:O Banco do Brasil é um dos cinco bancos estatais do governo brasileiro. Possui 15.133 pontos de atendimento distribuídos pelo país, entre agências e postos, sendo que 95% de suas agências possuem salas de auto-atendimento (são mais de 40 mil terminais), que funcionam além do expediente bancário. Possui ainda opções de acesso via internet, telefone e telefone celular. Está presente em mais de 21 países além do Brasil. A missão do Banco do Brasil é "Ser um banco competitivo e rentável, promover o desenvolvimento sustentável do Brasil e cumprir sua função pública com eficiência."

Site

RH: quer atrair bons talentos?