Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Banco Central do Brasil?

51 postagens (11 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.18
  • Remuneração e benefícios
    3.18
  • Oportunidade de carreira
    2.36
  • Cultura da empresa
    3.36
  • Qualidade de vida
    4.36

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Boa empresa para trabalhar

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Incentivo à pos graduação Carga de trabalho Benefícios Qualificação dos funcionários Treinamento e oportunidades de aprendizagem Maior blindagem à politicagem do setor publico

    Contras: Gestão de pessoas Falta de estrutura e treinamento para promover o trabalho em equipe Burocracia Falta de integração entre as equipes Promoção privilegia o técnico sobre a gestão

    Conselhos para presidência: Diminuir a burocracia, modernizar a gestão de pessoas, promover o trabalho em equipe

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Boa relação custo x benefício

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: O ambiente é agradável e a carreira conta com estabilidade no emprego. Além disso, o acesso é por concurso público, o que impede indicações políticas.

    Contras: As oportunidade de ascensão são limitadas quando se trabalha em uma regional. Além disso, é comum alguns colegas de trabalho se acomodarem na carreira e exercerem uma influência negativa sobre os demais.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    ótimo lugar

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: O Banco Central do Brasil é uma ótima empresa para quem está à procura de estágio, pois o ambiente de trabalho é muito acolhedor e também porque a carga de aprendizado é grande

    Contras: O ponto negativo do Banco Central do Brasil é o fato de não poder ser efetivado, você é contratado apenas por concurso público, que não é fácil.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Como economista, não há melhor lugar no setor público. Satisfação profissional garantida.

    Analista

    Brasília, DF


    Prós: Ilha de excelência no setor publico, o Banco Central do Brasil oferece muitas oportunidades para jovens com bom potencial sem os pontos negativos de uma cultura corrupta que predomina no setor privado.

    Contras: A diretoria colegiada deveria exigir uma maior produtividade daqueles que possuem funções comissionadas, bem como melhorar a cultura no sentido de uma maior meritocracia, abrindo ainda mais espaço para novos servidores ocuparem posições de destaque dentro da instituição, ao invés do critério de tempo no cargo, como é para alguns casos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 5 meses

    Bacen

    Técnico

    Porto Alegre, RS


    Prós: Preocupação com a qualidade no ambiente de trabalho, equipamentos novos, investimento em educação pessoal dos servidores e salários elevados.

    Contras: Rigidez, burocracia e falta de incentivo interno. Má distribuição ou falta de tarefas a serem cumpridas. Falta de punição aos que não se comprometem.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Avaliação

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Acima da médio para o setor público.............................................................................................................

    Contras: Cultura de empresa pública.......................................................................................................................

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Bom para ficar pouco tempo, não há benefícios por resultados ou tempo no local.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    Curitiba, PR


    Prós: Quadro de funcionários concursados com alta qualificação, o estágio foi um bom aprendizado para conhecer um pouco do ramo bancário e alguns serviços oferecidos.

    Contras: Outros estagiários que não tem qualificação o suficiente para desempenhar com consistência o cargo que os foi designado gerando alguns problemas com consequências não agradáveis posteriormente, o serviço terceirizado deixou a desejar em aspectos técnicos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Boa pra primeiro emprego

    Menor AprendizEx-funcionário, saiu em 2016

    Brasília, DF


    Prós: Tudo nela é bom! Você aprende a crescer la dentro, mesmo nao podendo ficar grande la.

    Contras: Renumeraçâo baixa e te tratam como o mais baixo

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Um bom emprego para quem não possui ambição profissional.

    Inspetor

    São Paulo, SP


    Prós: Emprego com estabilidade. Sem pressões por produtividade. Salário inicial bastante competitivo em relação à iniciativa privada. Autarquia reconhecida por possuir mão de obra bem qualificada. Plano de Saúde é bom.

    Contras: Não há contribuição patronal de FGTS. Não há política de banco de horas. Não existe política de reconhecimento e promoção por mérito. Premiação com mais trabalho para quem mais trabalha.

    Conselhos para presidência: Autonomia Orçamentária

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 meses

    Serviço público em um órgão de excelência

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Serviço público tem como característica básica a segurança e a estabilidade. Além disso, o Banco Central é um órgão de excelência, e possui servidores bem qualificados. Não existe tanta pressão quando no setor privado.

    Contras: A carreira é mais demorada que no setor privado. Apesar de se ganhar bem inicialmente, o aumento é gradativo e com pouca variação, além de não haver correção. Para que haja uma correção, é necessário negociar todos os anos com o governo. O trabalho, dependendo da área, pode ser rotineiro e sem desafios.

    Conselhos para presidência: Trabalhar para buscar a autonomia do Banco Central.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Banco Central do Brasil

Descrição:O Banco Central do Brasil foi criado em 1964. É o principal executor das orientações do Conselho Monetário Nacional e responsável por garantir o poder de compra da moeda nacional, tendo por objetivos: zelar pela adequada liquidez da economia; manter as reservas internacionais em nível adequado; estimular a formação de poupança; zelar pela estabilidade e promover o permanente aperfeiçoamento do sistema financeiro. Sua sede fica em Brasília, capital do País, e tem representações nas capitais dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará.

Site

RH: quer atrair bons talentos?