Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na B3?

Ver todas as avaliações

  • Há 4 meses

    Empresa para iniciar carreira e ganhar skills ou 'aposentar-se'. No demais, deixa a desejar.

    Analista de Riscos Júnior

    São Paulo, SP


    Prós: Para quem é de exatas, tem perfil analítico, gosta de desafios, equipe ímpar, por a mão-na-massa em programação, trabalhar com BigData e análises robustas, é um ótimo lugar para desenvolver estes aspectos, além de conhecimentos profundos sobre o Mercado Financeiro. Benefícios coerente com o mercado, mas nada de especial. Renumeração um pouco abaixo do mercado para analistas. Todavia, houve uma melhora significativa na renumeração variável e benefícios após a fusão.

    Contras: A empresa é congelada, simplesmente não existe 'carreira' ou 'oportunidade'; por vezes, alguém pode sair e uma vaga, com alta necessidade acaba sendo indicada. Na maioria dos casos, contrata-se terceiros e estagiários. Para promoção e nota para receber PRL, depende-se exclusivamente do seu 'relacionamento pessoal' com o Gestor, Superintendente e Diretor. Há uma cultura de 'feudos', 'senhores e vassalos', muita hierarquia, pessoas que retém o conhecimento de modo proposital; o Educacional oferece cursos caríssimos para melhorar skills que aumentariam a produtividade do trabalhador. Alguns benefícios (como Previdência Privada) não são incentivados, assim como a educação/treinamento pessoal. É tudo muito hierarquizado e burocrático; há áreas que sofrem inclusive por 'falta de espaço para salvar um arquivo na rede' (um problema rotineiro humilhante para uma empresa desse porte e nível de importância). Creio que falta 'concorrência', ou uma mudança radical no corpo de executivos, superintendentes e gestores para produzir mudanças e nos critérios de escolha destes. Apesar da empresa estar buscando uma 'Nova Cultura', após fusão com a Cetip, tal 'nova cultura' já está ficando para trás frente ao mercado. Há muitos funcionários, sobretudo analistas, que apenas estão aguardando uma melhora no mercado para sair da empresa. Para ter ideia do nível da coisa, já houve diretor que falou para seus funcionários: "Está insatisfeito e quer crescer? Vai procurar lá fora, no mercado. Aqui mérito não é garantia de oportunidade." Em geral, funcionários que vieram da Cetip estão decepcionados com 'a nova empresa' ainda estilo BM&FBOVESPA.

    Conselhos para presidência: Gilson e RH, há funcionários improdutivos com a exorbitante burocracia e a total falta de reconhecimento e promoções mais do que merecidas. Há analistas jr. e pl. mais capacitados e entendidos do que gerentes, já há ANOS congelados, sem que o RH mova uma única folha, mas sempre com a desculpa de "não há oportunidade". Muita promessa e propaganda das mudanças foram feitas em 2017, os funcionários aguardam. Cuidado, pode haver evasão em massa de peças importantes em áreas estratégicas, caso a empresa não mude e o mercado se aqueça (além da possível concorrente).

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

B3

Descrição:A B3 é uma empresa de infraestrutura de mercado financeiro de classe mundial. Cria e administra – em ambiente de bolsa e de balcão – sistemas de registro, negociação, compensação e liquidação para todas as principais classes de ativos, desde ações e títulos de renda fixa privada até derivativos de moedas, taxas de juros e de commodities, além de operações estruturadas. Também oferece serviços de central depositária e de sistemas de controle de risco até o beneficiário final e atua como contraparte central para as operações realizadas em seus mercados. É a companhia líder na prestação de serviços de entrega eletrônica das informações necessárias para registro de contratos e anotações dos gravames pelos órgãos de trânsito. Atuando por meio de sua rede qualificada de intermediários, fornece mercados seguros e resilientes, aumentando a segurança, a solidez e a eficiência do mercado brasileiro.

Site

RH: quer atrair bons talentos?