• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na American Chamber of Commerce for Brazil (AMCHAM)?

169 postagens (38 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.42
  • Remuneração e benefícios
    2.24
  • Oportunidade de carreira
    3.22
  • Cultura da empresa
    3.59
  • Qualidade de vida
    3.59

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há aproximadamente 2 anos

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Para quem esta iniciando a carreira é muito bom, pois estagiário trabalha como um analista. Quem gosta de tomar um cafezinho antes de começa o expediente lá tem, cafe, pão e tinha até suco de laranja natural. Gente nova com vontade de crescer. Contatos com as empresas associadas, com chance de migrar para elas (acontecia muito com o pessoal)

    Contras: Carreira: você até pode crescer, porém os salários são bem abaixo do mercado, pessoas são promovidas, porém não por qualificação e sim por tempo de casa, a pessoa vira coordenador sem nunca ter sido e não possui treinamento nenhum e nem acompanhamento. Fala-se muito e faz muito pouco, o RH vende bem a vaga, seus olhos brilham, mas quando chega lá, você ver que as coisas não são bem assim. Benefícios: você tem que utilizar o seu próprio carro, e recebe apenas o valor do combustível, se quebrar se vira nos 30. O RH é bem fraco, tem gente lá que tem muitos anos de empresa, mas você pergunta alguma coisa, a pessoa não sabe, enrolam na resposta. Sempre quis saber o que fazem, porque na pratica nunca vi nada. Nota 0 para estratégico, sempre fiquei pensando o que aquelas mulheres falavam tanto, porque passam o dia inteiro batendo papo, como o ambiente era aberto tava pra ver quem trabalhava e quem não fazia nada. E se o RH é assim imagina o resto. O ambiente até era dinâmico, porém com funcionários sem-profissionalismo, rola muito favoritismo, não existe meritocracia. Clima organizacional era até bom porém, muita fofoca.

    Conselhos para presidência: Trocar o RH, o mesmo do mesmo não dar. Gente sem experiencia na área, sem formação e sem conhecimento de causa para lidar com pessoas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Superestimado

    Aquisition JrEx-funcionário, saiu em 2014

    Curitiba, PR


    Prós: Era de fácil acesso o contato com grandes empresas e é necessário saber lidar com pressão. No mais a empresa era um teste estressante para todos.

    Contras: Produtos ruins para venda, ambiente estressante, cobranças exageradas, remuneração péssima. Não sei como está hoje, mas haviam pessoas com depressão por conta da empresa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    É "boa" para aprender a se relacionar com clientes.

    Estágio

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente descontraído, algumas pessoas são simpáticas e te ajudam a executar alguma atividade que não esteja conseguindo realizar. Ao meu ver não tem muito ponto positivo.

    Contras: Nenhum plano de carreira. Gestores não participam diretamente das atividades de seus funcionários. Você não tem voz, pois se propõe algo as pessoas não escutam. Você só consegue um cargo bom se for conhecido de fulano. Benefícios e salario baixos.

    Conselhos para presidência: Melhorar beneficio para funcionários. Voltar com frutas melhores para o lanche da tarde. Proporcionar um plano de carreira para pessoas capacitadas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Salários baixos e falta inovação

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Possibilidade de participação em eventos com temas interessantes, contato com altos-funcionários de grandes empresas, bom relacionamento entre funcionários.

    Contras: Salários baixos, que não são suficientes para atrair ou reter pessoas de alta qualificação e que tragam mudanças interessantes para dentro da empresa, estrutura e ferramentas de trabalho antiquados, horários pouco flexíveis.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Boa empresa para pegar experiência

    Analista Jr

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente descontraído, bons eventos e comitês

    Contras: Diretoria comercial e de produtos e serviços desorganizadas, não havia um plano de carreira por meritocracia na área comercial

    Conselhos para presidência: Reconhecimento por meritocracia, aumento do salário base

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Bom lugar para crescimento pessoal, não profissional

    Analista de Relacionamento Pleno

    Curitiba, PR


    Prós: Integração entre funcionários, ambiente descontraído, comunicação de fácil acesso com os gestores, treinamentos para funcionários, relacionamento com outras empresas

    Contras: Salários baixos, gerências mal preparadas, horários não flexíveis, sem preparação para lidar com os funcionários e ambiente interno com falhas de comunicação

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 10 meses

    Bom quando entra, só

    Ex-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Maior parte dos que entravam eram jovens e isso ajudava no ambiente, principalmente por estarem com ânimo no início. Também ofereciam café da manhã.

    Contras: Gerências antiquadas e relutavam contra novidades, processos antigos e burocráticos. Salário muito baixo e falta de rumo para os negócios. Nenhum benefício quase para o funcionário.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Analista

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: As pessoas que trabalham e o clima da equipe fazem com que o ambiente seja melhor e que o dia a dia seja mais leve, já que muitas coisas são desagradáveis.

    Contras: Salário não é compatível com o mercado, os gestores são centralizadores, não existe plano de carreira e o não há reconhecimento diante das atividades desenvolvidas.

    Conselhos para presidência: A inovação não acontecerá se a cabeça das pessoas continuarem arcaicas, a rotatividade é muito grande e isso não é normal, saiba reter os talentos ao invés de perder.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Interessante para o primeiro emprego

    Analista JúniorEx-funcionário, saiu em 2017


    Prós: É uma empresa extremamente jovem que preza por estudantes e jovens recém formados, com idade média de 22-23 anos , sendo assim um ótimo começo de carreira. Dentro da Amcham o funcionário tem contato com o alto corpo executivo da cidade e região, surgindo assim diversos contato interessantes. A cultura da empresa é muito interessante também, sendo um lugar até mesmo divertido de se trabalhar. O profissional da Amcham é extremamente visado pelo mercado, sendo um nome forte no currículo e que ajuda muito no carreira de qualquer profissional.

    Contras: A política salarial é extremamente desadequada e abaixo da média salarial do mercado de forma geral. Altíssimo turnover, é difícil encontrar pessoas que trabalhem por mais de um ano na empresa, pois oportunidades melhores aparecem frenquentemente para os membros da Amcham.

    Conselhos para presidência: Minha dica geral é que se aumente o salário dos funcionários a fim de rete-los por mais tempo e não desperdiçar excelente talentos que vocês tem internamente. O alto turnover atrapalha o trabalho, pois é necessário treinar constantemente os novos funcionários. Ouvi de muitos associados da Amcham comentários como "o negócio ai é rápido hein!" ou "trocou de novo?" ou ainda "será que mês que vem o fulano vai estar ai ainda?" o que atrapalha em muito a credibilidade da empresa no mercado.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 meses

    Ruim

    Account Manager

    São Paulo, SP


    Prós: Você conhece pessoas importantes de grandes empresas, isso ajuda com oportunidades futuras com bons cargos. A Amcham também é muito reconhecida no mercado.

    Contras: A empresa não se preocupa com o bem estar do funcionário, salário altamente baixo para o mercado, não temos feriado e nem horas extras, o que sempre fazemos.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

American Chamber of Commerce for Brazil (AMCHAM)

Descrição:A Amcham (American Chamber of Commerce for Brazil) foi fundada em 1919 por nove empresas e instituições: Brazaço-Mapre, Citibank, Esso, General Electric, Goodyear, Indústrias Matarazzo, Lion, Singer e Universidade Presbiteriana Mackenzie – e funcionou inicialmente só na cidade de São Paulo. O rascunho inicial do estatuto foi escrito em julho daquele ano no tradicional Grand Hotel de la Rotisserie Sportsman, no centro paulistano. Ali também foi realizada a primeira eleição de diretoria em 1920
Realizamos missões de acordo com o interesse dos nossos associados, em áreas como logística, sustentabilidade. Além disso, produzimos estudos e relatórios sobre diversos assuntos, a exemplo das avaliações dos empresários sobre as agências reguladoras conduzidas desde 2003.

Site