Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Ambev?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 3 anos

    Das empresas com a cultura de meritocracia, sem dúvida é a melhor

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: - Cultura forte: clima descontraído mas extremamente profissional e competitivo
    - Meritocracia: movimentações constantes e bônus agressivo
    - Identificação total com as marcas e produto final
    - Independência para ser "dono do negócio", se for capaz de responder à altura
    - Trabalhar com os melhores, sem a desconfiança de quem está no nível gerencial / direção não tem gabarito para estar lá
    - Estabilidade que vem junto com o crescimento da empresa
    - Verdadeira escola, aprendizado constante e intenso

    Contras: - Movimentações constantes: parte do conhecimento acaba indo embora com as pessoas, não fica com a operação
    - Muitos serviços vitais são terceirizados, com empresas sem 5% do padrão de qualidade Ambev
    - Qualidade de vida comprometida com jornadas de 13 horas por dia e telefone 24hrs por dia
    - Algumas unidades ainda sofrem demais com problemas de estrutura e investimentos lentos

    Conselhos para presidência: VPC JCN!

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Ambev

Descrição:Empresa de capital aberto, com sede em São Paulo, a Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) integra a maior plataforma de produção e comercialização de cervejas do mundo: a Anheuser-Busch InBev. Seus produtos são distribuídos em aproximadamente dois milhões de pontos de venda, metade deles no Brasil. Têm em seu portfólio as principais marcas como Antarctica, Brahma, Bohemia, Budweiser, Quilmes e Skol - a quarta cerveja mais consumida no mundo. São também os maiores engarrafadores da PepsiCo fora dos Estados Unidos. Afirmam que sua atuação está sustentada em três pilares: políticas de consumo responsável dos seus produtos, iniciativas ambientais contínuas e compromisso permanente com as comunidades onde a Ambev está presente.

Site

RH: quer atrair bons talentos?