Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Agência Nacional do Cinema (ANCINE)?

7 postagens (4 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.25
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    2.25
  • Cultura da empresa
    4.25
  • Qualidade de vida
    4.25

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 12 meses

    Experiência e contatos

    Estagiário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente de trabalho muito tranquilo e agradável, pessoas maravilhosas e comprometidas. Alto grau de amizades e possibilidade de fazer muitos contatos.

    Contras: Salário muito baixo para estagiários e sem benefícios, inclusive o valor de transporte é inferior ao mínimo gastado, porém, a flexibilidade nos horários compensam de uma certa forma essa questão.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Há pouca liberdade de criatividade e inovação, tampouco incentivo de crescimento profissional.

    Técnico de Documentação

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A agência possui bom relacionamento interpessoal e dinamismo nas suas ações. A comunicação é um ponto excelente também e que acaba facilitando no entendimento dos caminhos almejados pelo cinema nacional.

    Contras: A postura dos gestores é por vezes austera demais e muito pessoal. Como a agência trabalha por meio de contratação de terceirizados, muitas vezes estes são vistos como apenas força de trabalho e não parte integrante da equipe como um todo.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Um bom lugar para trabalhar

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Oportunidades de aprendizagem e capacitação, além de bons salários para os servidores. Há ações em prol da qualidade de vida no ambiente de trabalho.

    Contras: É um pouco complicado mudar de setor. Falta integração entre os setores e a comunicação organizacional não é muito eficaz. Falta padronização dos processos internos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Avaliação do estágio

    Estagiário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Autonomia e flexibilidade. Além disso, contato direto com os chefes e participação de reuniões, aprendizado intenso sobre o setor do audiovisual

    Contras: Infelizmente, por se tratar do setor público, o salário é baixo e não há possibilidade de efetivação. No entanto, é uma boa experiência em termos gerais

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Um bom ambiente de trabalho mas sem perspectivas de crescimento

    Especialista

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: As pessoas e o clima organizacional, a flexibilidade de horários e boa interação entre as áreas integradas para a realização dos trabalho. A política cultural é uma área com menos pressão que outras existentes.

    Contras: Pouca autonomia e centralização das decisões relevantes para a organização. Há pouca perspectiva e uma estrutura muito hierarquizada e com pouca disposição para um diálogo aberto entre os envolvidos para a construção de normas e seus impactos na estrutura administrativa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    No geral, um bom lugar para trabalhar

    Técnico de Regulação

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: RH moderno, objeto de trabalho interessante, estabilidade, segurança financeira, flexibilidade horária. Há periódica possibilidade de mudar de área em, caso de insatisfação com as atribuições ou com o trabalho desenvolvido e/ou com a chefia.

    Contras: Como em todo o serviço público, a nomeação para os cargos comissionados, única oportunidade retributiva, não é realizada de forma isonômica. Peca na comunicação interna, sobretudo para com os servidores.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Órgão novo com mentalidade velha.

    Especialista

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Informalidade em relação ao código de vestir, boa estrutura física, remuneração elevada para quem integra os cargos efetivos (concursados).

    Contras: Excesso de burocracia com baixa produtividade e retrabalho - deficiência na estrutura organizacional; comunicação interna deficiente; estrutura engessada; baixa capacidade gerencial dos dirigentes superiores (cargos políticos) e gestores de nível intermediário - desorganização; governança deficiente e planejamento precário (politizado); captura do mercado.

    Conselhos para presidência: Aprendam a liderar e gerir, ou seja, estejam mais atentos ao planejamento, à gestão e comunicação interna. Deixem o varejo e imediatismo de lado e tenham uma visão gerencial orgânica, transversal e prospectiva.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Agência Nacional do Cinema (ANCINE)

RH: quer atrair bons talentos?