Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares
Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) logo

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

4.33

Como é trabalhar na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)?

12 postagens (3 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.33
  • Remuneração e benefícios
    4.00
  • Oportunidade de carreira
    3.67
  • Cultura da empresa
    3.00
  • Qualidade de vida
    3.67

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Para a carreira de técnico administrativo não é um lugar bom.

    Técnico Administrativo

    Brasília, DF


    Prós: É um lugar bom para trabalhar, temos estacionamento, restaurante, a estrutura é boa. É possível fazer banco de horas e sempre é bom ser servidor público por causa da estabilidade.

    Contras: O horário de trabalho é um tanto amarrado, são 40 horas semanais sem choro. Dificilmente você vai conseguir uma função. Plano de saúde caro. Auxilio alimentação baixo.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Bom lugar pra se trabalhar

    Especialista em Regulação

    Brasília, DF


    Prós: O ambiente de trabalho é agradável. Os profissionais são de alto nível técnico. Discussões importantes do setor elétrico brasileiro são travadas dentro da Agência

    Contras: A Agência sofre uma influência política, o que acaba interferindo em decisões que deveriam ser técnicas. A progressão na carreira é bastante limitada, os cargos são em sua grande maioria políticos.

    Conselhos para presidência: Buscar uma autonomia da Agência frente ao governo. A Agência deve ser independente, tanto nas suas decisões, quanto na sua administração. Promover melhorias na qualidade de vida dos servidores passa por uma revisão nos conceitos de jornada de trabalho (deve se estudar o horário corrido) ou mesmo opções de trabalho como o "homework".

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    preciso de novos desafios

    Especialista em Regulação

    Brasília, DF


    Prós: Desafios e aprendizado. Diferente de outros órgãos públicos.

    Contras: Falta reconhecimento a eficiência e produção dos servidores

    Conselhos para presidência: Olhar.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Melhor autarquia federal para se trabalhar

    Analista Administrativo

    Brasília, DF


    Prós: Localização, esforços na readequação do prédio, restaurante interno, vagas de estacionamento, Programa de Qualidade de Vida, comunicabilidade, acesso da Associação de Servidores à Diretoria, Café com Prosa, projeto de Espaço Materno Infantil.

    Contras: Plano de saúde, autonomia financeira, contingenciamento orçamentário, oportunidades na carreira, horizontalidade, captura política, distribuição dos CCT's, as mesmas pessoas sempre ocupam os cargos de liderança por anos a fio e têm as melhores oportunidades de capacitação.

    Conselhos para presidência: Autonomia orçamentária e financeira para gestão do plano de saúde e dos contratos administrativos, bem como das oportunidades de capacitação fora do DF.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Bom local para se trabalhar

    Especialista em RegulaçãoEx-funcionário, saiu em 2016

    Brasília, DF


    Prós: Estrutura horizontal com poucos níveis de hierarquia, colaboradores em geral bem preparados, ótimo ambiente de trabalho e carreira bem definida

    Contras: Instalações bastante precárias (o prédio é bom mais a estrutura está defasada há anos), qualquer cargo requer uma rotina burocrática que toma um tempo enorme e a demanda de serviço é muito superior à disponibilidade de recursos (humanos)

    Conselhos para presidência: Maior atenção à meritocracia

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Bom local para se trabalhar, mas poderia ser BEM melhor

    Especialista em Regulação

    Brasília, DF


    Prós: Crescimento profissional. Contato com vários players do setor elétrico, oportunidades de aprendizado e de treinamento. Horário relativamente flexível (principalmente nas áreas fim).

    Contras: Muito trabalho desnecessário gerado pela burocracia crescente, pouca integração entre áreas, fraco suporte administrativo e, principalmente, de TI. Independência do órgão tem diminuído com o passar dos anos. A carreira tem menor remuneração que outros cargos com atribuições similares e volume de trabalho menor.

    Conselhos para presidência: Defender a autonomia da agência, aumentar o foco em resultados e simplificar processos Repensar o modelo de TI, talvez muito centralizado e distante das reais necessidades das áreas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Excelente oportunidade de desenvolvimento

    Especialista

    Brasília, DF


    Prós: Desafio, aprendizado, multidisciplinariedade, equipe qualificada

    Contras: Falta de oportunidades de posição de gestão/liderança; tecnologia da informação atrasada

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Tranquilidade

    Analista Administrativo

    Brasília, DF


    Prós: Ambiente, Estabilidade, Equipe de trabalho.

    Contras: Falta de oportunidade de crescimento

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    realização

    Funcionário


    Prós: Estabilidade; nível técnico; salário; estrutura das instalações.

    Contras: Não reconhecimento; politicagem;

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Uma Autarquia com grande potencial futuro.

    Especialista em Regulação

    Brasília, DF


    Prós: A área de Regulação é muito potencial para se desenvolver no Brasil. A Autarquia investe muito em formação dos servidores e o clima de ajuda mútua é grande.

    Contras: As restrições orçamentárias feitas pelo Governo Federal impede a melhoria da Instituição, existem muitos investimentos que podiam ser feitos para chegar a excelência.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

Descrição:A Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, autarquia em regime especial, vinculada ao Ministério de Minas e Energia - MME , foi criada pela Lei 9.427 de 26 de Dezembro de 1996. Tem como atribuições: regular e fiscalizar a geração, a transmissão, a distribuição e a comercialização da energia elétrica, atendendo reclamações de agentes e consumidores com equilibrio entre as partes e em beneficio da sociedade; mediar os conflitos de interesses entre os agentes do setor elétrico e entre estes e os consumidores; conceder, permitir e autorizar instalações e serviços de energia; garantir tarifas justas; zelar pela qualidade do serviço; exigir investimentos; estimular a competição entre os operadores e assegurar a universalização dos serviços.

Site

RH: quer atrair bons talentos?