Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na AGDI?

4 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    0.00
  • Oportunidade de carreira
    0.00
  • Cultura da empresa
    0.00
  • Qualidade de vida
    0.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 2 anos

    Ex-funcionário, saiu em 2014


    Prós: Função da instituição é interessante Boa equipe, servidores bem formados

    Contras: Burocracia Falta de apoio de sponsors Mudança de governo altera agenda

  • Há quase 2 anos

    Agente de Desenvolvimento

    Porto Alegre, RS


    Prós: São positivas a missão, as finalidades e os objetivos da empresa. Há constantes desafios novos, dado o objeto de trabalho, que é promover o desenvolvimento econômico sustentável das regiões do Estado.

    Contras: A forte dependência política e a consequente demora em definir novas diretrizes quando há mudanças de governo e diretoria.

    Conselhos para presidência: A presidência deveria ser mais rápida na definição das diretrizes e deveria haver maior aproveitamento do pessoal técnico da própria instituição para as funções de coordenação e diretoria.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 meses

    Auxiliar TécnicoEx-funcionário, saiu em 2015

    Porto Alegre, RS


    Prós: Salário, flexibilidade e aprendizado do funcionamento do setor público do poder executivo do Estado do Rio Grande do Sul. Experiência em diversos setores hierárquicos de uma empresa.

    Contras: Ponto sede da empresa de difícil acesso. Horas ociosas. Refeitório. Benefícios pouco apreciados. Poucas possibilidades de ascensão salarial ou profissional.

  • Há mais de 1 ano

    Legal

    Agente de Desenvolvimento

    Porto Alegre, RS


    Prós: Por ser uma empresa do governo, ela possibilita a estabilidade após os três anos do estágio probatório. Basicamente é isto os aspectos positivos.

    Contras: Influência política dos chefes. Por ser uma empresa do governo, os cargos de presidência e diretoria sofrem influência política. Algo normal na iniciativa pública.

    Recomenda a empresa: Não