• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Aeroporto Internacional de Guarulhos?

Ver todas as avaliações

  • Há 12 meses

    Assistente OperacionalEx-funcionário, saiu em 2017

    Guarulhos, SP


    Prós: Ótimo salário e oportunidade de crescimento na empresa em várias áreas, ótimo crescimento pessoal e profissional, porém sabendo para quem vai mostrar seus conhecimentos !!

    Contras: Desvio de função, uma função de assistente é para atender o passageiros e fiscalizar terminal porém além disso tem que pegar peso de longarinas ,tem que apresentar planilhas pra supervisores ,cuidar da calcada fazer atendimento cerimonial , atender no balcão de informação, falta de reconhecimento dos gestores( sem ser Infraero pois os Infraero tem muita visão e respeito com funcionário deveriam ser apenas eles os únicos a gerir a gru airport)

    Conselhos para presidência: Supervisionar melhor os gestores, eles trabalham com o modelo deles, supervisionar as equipes de terminal, ter uma investigação pois os funcionários que eles tiraram no corte se houvesse uma avaliação de tudo atendimento, estudo graduação , nível de línguas , e compromisso, com certeza estariam metade até hoje na empresa, infelizmente a empresa sofrerá muito para amadurecer esse lado desde o dia que entrei tem muito corte pela avaliação do paternalismo de supervisão e não pelo profissionalismo.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Aeroporto Internacional de Guarulhos

Descrição:Inaugurado em 20 de janeiro de 1985, o Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos - Governador André Franco Montoro está a caminho de se consolidar como referência na América Latina e um dos principais aeroportos do mundo. A assinatura do contrato de concessão entre Governo Federal e o Consórcio Grupar, no dia 14 de junho de 2012, fez surgir a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A., formada pelo Grupo Invepar, referência no setor de infraestrutura em transportes na América do Sul; a ACSA (AirportsCompany South Africa), que opera alguns dos aeroportos mais eficientes do mundo em suas categorias, como o de Johanesburgo (África do Sul) e Mumbai (Índia), e a Infraero, com experiência na operação de 63 aeroportos domésticos e internacionais no Brasil.

Site