Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Acumuladores Moura (Baterias Moura)?

Ver todas as avaliações

  • Há 5 meses

    Satisfeito

    Assistente de Investimentos

    Jaboatão dos Guararapes, PE


    Prós: Inteligência média das pessoas que fazem parte da empresa é muito elevada. Sempre se aprende bastante no dia-a-dia e sempre há pessoas para as quais se podem fazer questionamentos.

    Contras: Excesso de trabalho, pedidos, urgências e incêndios a serem apagados. Isso acaba trazendo pouco tempo para contemplação, reflexão, estudos etc.

    Conselhos para presidência: Simplificar benefícios, elevar salários e deixar situações de carreira claras.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Acumuladores Moura (Baterias Moura)

Descrição:As boas ideias tornam-se realidade com a ação de parceiros comprometidos. A Moura é assim: um empreendimento que reúne pessoas talentosas, processos disciplinados, produtos e serviços inovadores numa cultura decididamente focada no cliente. Sua vocação natural para construir sólidos relacionamentos ganha expressão com a participação crescente nos mercados de baterias automotivas, tracionárias, estacionárias e náuticas.

Com 57 anos e uma capacidade de produção superior a 7 milhões de baterias por ano, atualmente o Grupo Moura possui seis plantas industriais, dois centros técnicos e logísticos avançados e mais de setenta centros de distribuição comercial no Brasil, na Argentina e no Uruguai, além de distribuidores parceiros no Paraguai, atendendo assim todo o Mercosul. Atualmente, é uma das maiores fornecedoras de baterias para a frota de veículos em circulação na América do Sul, conquistando prêmios internacionais de qualidade das montadoras Fiat, Ford, GM, Mercedes-Benz e Volkswagen.

Outros aspectos que se destacam ao longo de sua história são as parcerias tecnológicas com fabricantes norte-americanos e europeus que fazem com que as baterias Moura incorporem diferenciais de desempenho e atendam às mais exigentes aplicações.

Site

RH: quer atrair bons talentos?