Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Aço Cearense?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Cada dia aumenta a minha dedicação e a vontade de fazer parte desta história!

    Analista

    Fortaleza, CE


    Prós: É perceptível o quanto a empresa valoriza seus funcionários e isso faz com que eu possa ir trabalhar todos os dias com a sensação de que o meu trabalho é reconhecido, pois é demonstrado através do pagamento que é feito de forma pontual, as horas extras, a forma como a empresa comemora datas religiosas demonstrando respeito pela cultura do funcionário, o dia do trabalhador que percebemos também essa valorização e muitas outras formas. Isso produz uma dedicação maior por minha conta e a vontade de fazer parte cada vez mais da história desta empresa. É com grande prazer que digo que trabalho na Aço Cearense.

    Contras: Como os pontos positivos são muitos, não tenho quase nada a reclamar. Gostaria que aumentassem mais o cartão alimentação rsrs o que já é mais uma vantagem, então apenas agradeço!

    Conselhos para presidência: Quando citado nomes da presidência vocês são vistos muito bem. Parabéns!

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Aço Cearense

Descrição:
Criada em 1984, a metalúrgica e siderúrgica Aço Cearense é líder regional do setor e se localiza no município de Caucaia (CE). Divide-se em Aço Cearense Industrial e Aço Cearense Comercial, que incorporou, em 2008, a Siderúrgica Norte Brasil S.A – SINOBRAS, localizada em Marabá, sudeste do Estado do Pará. A empresa tem como produto final o vergalhão SI 50, comercializado para todos os estados brasileiros. Com investimento de US$ 350 milhões para sua implantação, a siderúrgica já faz parte do rol das grandes nacionais de aço. Atualmente, o Grupo Aço Cearense conta com cerca de 2.000 funcionários no Ceará. Gera, ainda, 3.200 empregos indiretos e recebeu, do Governo Estadual, o prêmio de “Empresa Cidadã” por sempre figurar entre os dez maiores arrecadadores de ICMS do estado.

Site

RH: quer atrair bons talentos?