• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Accor Hotels?

243 postagens (61 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.75
  • Remuneração e benefícios
    3.24
  • Oportunidade de carreira
    3.54
  • Cultura da empresa
    3.85
  • Qualidade de vida
    3.25

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 15 dias

    Boas oportunidades e ambiente de trabalho x salários com poucos reajustes

    Atendente de Hospedagem I


    Prós: Treinamentos, ambiente descontraído, rotina de trabalho dinâmica, espaço para sugestão de ideias, benefícios (vale transporte, vale alimentação, plano de saúde, plano odontológico, ajuda de custo lavanderia, ajuda de custo investimento previdência privada), eventuais oportunidades de crescimento dentro da empresa.

    Contras: Equipes reduzidas, trabalho em fins de semana e feriados, uma folga por semana e uma domingo no mês, reajuste salarial anual é baixo, eventual atuação em outros setores da empresa sem reconhecimento salarial.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 16 dias

    Bom.

    Atendente de Hospedagem IEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: quase tudo, banheiros legais, lugar de descanso legal, trabalho leve (apesar de terem que trabalhar em pé) clientes simpáticos e novos conhecimentos, além de poder melhorar o inglês e o espanhol falando com os hóspedes estrangeiros.

    Contras: líderes e chefes despreparados, restaurante na empresa é péssimo (o restaurante dos colaboradores é péssimo é claro, e os chefes comem no andar de cima com os clientes, os colaboradores comem uma papa horrível no subsolo que tem cheiro de esgoto e não tem o que fazer pois a empresa não oferece VR ou VA). Ás vezes o hotel recebia voos cancelados com mais de 100 pessoas que queriam fazer o check in super rápido, dai você tem que se ferrar porque talvez você saia mais tarde para ajudar na fila que já está passando da porta de saída, ou, seu horário de descanso atrasa por causa dessa mesma fila, e ninguém pergunta se você quer isso ou não, só visam os lucros.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 20 dias

    Empresa com plano de carreira!

    Recepcionista

    São Paulo, SP


    Prós: Eles sempre dão cursos para apoiar e motivar, salario bom, muitas chaces de ser efetivado dependendo de seu desempenho. Uma boa empresa para se trabalhar.

    Contras: Como a demanda é muito grande as vezes o aprendizado é sob pressao, muito corrido mas eles sempre ficam a disposição para ensinar e tirar duvidas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Excelência para os clientes, ok para os colaboradores

    Estagiário Administrativo

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa grande e líder no mercado hoteleiro no Brasil. Ambiente tranquilo e colaboradores receptivos e acolhedores. Pagamento sempre em dia sem problemas.

    Contras: O espaço de trabalho poderia ter uma identidade visual melhor e mais confortável. Local da Copa pequeno para quem traz comida e benefício de desconto em hotéis da rede não muito bom.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Diferença de remuneração entre a Sede (Pinheiros) e o CSC (Av. Zaki Narchi)

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: O clima é bem positivo, equipe unida, engajada, as pessoas sentem parte importante do todo. Fazer parte de uma grande empresa, líder nacional e mundial é bem interessante e motivador. Vejo como algo positivo na minha carreira. O time que cuida das pessoas (Talento e Cultura/RH) é bem preocupado e atencioso, você sente que, de fato, têm pessoas cuidando de você. Eles têm um controle rígido com o horário dos estagiários não permitindo horas extras, por exemplo. Outro ponto muito positivo é a flexibilidade de horário. Os chefes são acessíveis e super flexíveis.

    Contras: Por enquanto, o único ponto negativo que vejo, e que pesa muito para mim, é quanto à bolsa auxílio e os benefícios. No CSC (na Av. Zaki Narchi), acredito que, como estagiário, o valor da bolsa é baixo para uma empresa do tamanho da Accor e faltam benefícios, padrão no mercado, como plano médico e odontológico. Existe uma diferença de salário e benefícios entre o CSC e a Sede em Pinheiros - na sede a bolsa auxílio é ajustada conforme o ano de graduação e eles têm direito aos benefícios de plano médico e odontológico, isso deveria ser igual para o CSC.

    Conselhos para presidência: Eu não tenho uma dimensão satisfatória de toda a empresa para dar conselhos para a presidências, mas um ponto que queria uma grande atenção é: igualar os estagiários da Sede e do CSC - parece que os do CSC são menos importantes. Igualar bolsa auxílio e benefícios.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Ótima empresa que está em constante renovação.

    Funcionário


    Prós: Ótima empresa multinacional para trabalhar. Expansão de novos cargos e Hoteis. Preocupação com aumento de vendas. Ótimo relacionamento interno. Treinamentos frequentes.

    Contras: Salários não compatíveis com mercado e categoria. Melhora em benefícios. Plano de carreira não ativo na empresa. Cursos de idiomas deveria ser incluído como benefício.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Accor Hotels

    Recepcionista

    São Paulo, SP


    Prós: Plano de carreira da empresa muito boa, porem o sálario é baixo e a qualidade de vida também! Recipcionista trabalham de 6 dias por 1 de folga

    Contras: salário muito baixo comparado aos outros hoteis! A qualidade de vida também! Recipcionista trabalham de 6 dias por 1 de folga e tem poucos beneficios

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Satisfeita

    Camareira

    São Paulo, SP


    Prós: • Dá apoio aos funcionários. • Prestativa. • Amigável. • Ambiente agradável de se trabalhar. • Solidária. • Oportunidade de crescimento.

    Contras: ●Em pouco tempo de trabalho não vi nenhum ponto negativo da empresa COMIGO. ●Estou satisfeita com o suporte que o grupo me fornece. ●Feliz por fazer parte desta empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Accor MKT

    Analista de Marketing

    São Paulo, SP


    Prós: Clima, flexibilidade de horários, pagamento e benefícios disponibilizado em dia, oportunidade de movimentação interna, boa localização do predio.

    Contras: O ponto negativo mais evidente é o salário que para profissionais da área de marketing é muito baixo. Existe politica de reenquadramento, mas é inoperante.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    Querem ser os melhores, mas a gestão é péssima e a base sofre

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Localização em um ponto bom de São Paulo, próximo a metrô, trem e boas opções de transporte público aos arredores. Alguns benefícios são legais como os reembolsos de medicamentos, mas o plano de saúde é muito básico e com uma cobertura muito limitada. Empresa com um bom nome no mercado (multinacional e uma das melhores em hotelaria), o que melhora consideravelmente o currículo. A empresa tem uma série de programas muito legais para os colaboradores, que se colocados realmente em prática serão incríveis para minimizar os demais problemas estruturais - empoderamento feminino, qualidade de vida e desconto nos hotéis. Existe uma preocupação de UM coordenador de benefícios em fazer as ações legais nas datas sazonais, sempre com muito carinho e aproximação. O prédio é lindo, mas a infraestrutura das workstations é péssima!

    Contras: A liderança é o principal ponto negativo da AccorHotels. A empresa vende a todo o tempo uma cultura de heartist e de fazer coisas com o coração e embora ganhe todos os anos o prêmio GPTW, eles não são uma empresa que escuta o funcionário e extremamente precário quando se fala em práticas de cuidado com pessoas. É a empresa com a pior liderança em que já trabalhei em toda a minha carreira. Liderança nesta empresa é algo que não existe, na verdade, existem muitos cargos de liderança e muitos chefes, mas pouquíssimos líderes que se importam verdadeiramente com as pessoas e não apenas em atender as áreas (conforme intenção). Cultura na sede totalmente fragmentada, trabalham por silos e para alimentar o ego pessoal dos respectivos chefes e VPs (em sua maioria franceses). As áreas trabalham sem nenhuma estratégia, todos só seguem o barco, mas não conseguem entender o que de fato estão construindo. Falta um propósito forte na empresa que motive as pessoas e as conectem com um objetivo de fazer a empresa crescer. Internamente, fora o fluxo absurdo de e-mails (200 a 300 por dia) o trabalho e a comunicação entre as áreas parece uma relação de fornecedores e clientes. Te pedi com o deadline x e te cobrarei, extremamente sem colaboração e sem compreensão visto que muitas marcas só querem aparecer e mostrar seu trabalho para o board de diretoria sem entender a linha de raciocínio por trás. Basicamente, a empresa não tem procedimentos e fluxos claros, o que dá aberturas para efetuar o atendimento de forma pessoal (se vou com sua cara faço, se não, não faço). Poucos funcionários se importam verdadeiramente com os hotéis, geralmente ignoram as ligações e e-mails com as solicitações e só são legais quando é época de renovar os contratos. Não existe meritocracia e nem um processo de avaliação de desempenho claro, promoções são de acordo com o puxa saquismo ou simpatia do gestor, da mesma forma que

    Conselhos para presidência: Diagnosticar a cultura da empresa e propor um ambiente melhor e mais colaborativo. Ter um processo de avaliação de pessoas mais consistente e real para as necessidades da empresa. Melhorar todos os níveis de liderança, desenvolve-los. Deixar os planos mais claros e objetivos da empresa com um propósito real do que é a empresa. Importante também explicar como o negócio funciona de fato, pois poucos entendem e acham que são donos dos hotéis. Tem um potencial incrível para ser uma excelente empresa.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Accor Hotels

Descrição:O Grupo Accor está presente em 92 países, onde conta, atualmente, com 3.567 hotéis e mais de 460 mil quartos. Fundado em 1967, inclui as marcas Sofitel, Pullman, MGallery, Novotel, Suite Novotel, Mercure, ibis, hotelF1 e Thalassa sea & spa. No Brasil, conta com 188 hotéis e mais de 30 mil quartos, empregando cerca de 7.800 pessoas. Hoje, cerca de 80% dos hotéis do grupo na América do Sul estão localizados no Brasil. Até 2015, somente no País, a rede pretende ter entre 240 e 250 hotéis operando e cerca de 300 em toda América Latina após a aquisição da rede Posadas, dona das bandeiras Ceaser Park e Ceaser Business na América Latina.

Site