Olá! Love Mondays irá virar Glassdoor em 26 de junho. Saiba mais
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas

Salários de Engenheiro

Empresa Salário Localização
Petrobras - Engenheiro R$ 12.400 Brasil
Embraer - Engenheiro R$ 10.017 Brasil
Vale - Engenheiro R$ 8.722 Brasil
Ford - Engenheiro R$ 9.488 Brasil
General Motors (GM) - Engenheiro R$ 9.585 Brasil
Odebrecht - Engenheiro R$ 9.894 Brasil
MRV Engenharia - Engenheiro R$ 6.965 Brasil
General Electric (GE) - Engenheiro R$ 10.333 Brasil
Whirlpool - Engenheiro R$ 10.756 Brasil
Energisa - Engenheiro R$ 7.917 Brasil
Último salário postado - 24/06/2019
Ver salários publicados:

Salário médio bruto

5506 Postados

R$ 8.496/mensal

min. máx.

R$ 954 R$ 90.000

Gráfico de variação salarial

Buscas Relacionadas: Engenheiro Agrônomo Engenheiro Sênior Engenheiro Júnior Engenheiro Civil

Quanto um Engenheiro ganha?

O salário médio para Engenheiro é de R$ 8.496/mensal. O salário pode variar de R$ 954 a R$ 90.000. Esta estimativa salarial tem base em 5506 salário(s) postados por funcionário(s) no Love Mondays para este cargo.

O que um Engenheiro faz?

Um engenheiro é um profissional que aplica conhecimentos científicos, matemáticos e geométricos para desenvolver soluções para problemas técnicos e comerciais. Engenheiros são responsáveis pela concepção de materiais, estruturas e sistemas, analisando aspectos como segurança e limitações da lei. Esse profissional trabalha, geralmente, para melhorar a qualidade de vida das pessoas, desenvolvendo novas soluções depois de muito pesquisar, aplicando técnicas e transferindo informações. Há diversos tipos de engenheiros, que vão desde os ambientais e da computação até os aeronáuticos e navais.

1 - 10 de 2.560 empresas

1 - 10 de 2.560 empresas

Cargos Média Salarial
Saiba mais
* Valores de salários são aproximados, em valores brutos e incluem somente remuneração fixa. Todos dados são postados por usuários do Love Mondays, sendo que as empresas não necessariamente endossam ou concordam com os valores aqui mostrados. Salários postados há mais de 4 anos não são publicados e os demais são corrigidos conforme inflação anual.