Você sabe separar as tarefas urgentes das importantes?

0
Os dois termos podem até parecer semelhantes, mas têm uma grande diferença entre si. No dia a dia é fundamental saber diferenciar o que é urgente do que é importante e é o desafio diário de muitos executivos e empreendedores, que se atolam diante de uma porção de coisas para resolver e nenhuma hierarquia entre eles.

Urgentes são tarefas ou compromissos que consomem quase 99% do seu dia e, que apesar de serem “urgentes”, não significam o sucesso ou fracasso de seus projetos ou negócios. Já o que é importante são as coisas que podem ser determinantes no seu trabalho.
A maioria das pessoas acredita que pode fazer melhor do que os outros e, por isso, não consegue distribuir tarefas e acaba se sobrecarregando. A solução para isso pode ser definida em três palavras: Delegar, Confiar e Acompanhar.

Para te ajudar a separar as coisas importantes das urgentes, listamos algumas dicas:

  • Organize-se para estar pelo menos uma vez a cada 15 dias em eventos de networking. Isso ajuda no seu conhecimento e nos relacionamentos comerciais;
  • Dê autonomia à sua equipe. Eles põem errar algumas vezes, mas oriente todos para que consigam andar mesmo sem você;
  • Aprenda a cobrar objetivos e resultados. Focar em presença e em horários não tem mais importância;
  • Dependendo do tamanho da sua equipe, treine alguém com as competências necessárias para te substituir quando você quiser se dedicar a outras tarefas.
  • Não queira ser o funcionário do mês da sua empresa, chegando mais cedo, saindo mais tarde e fazendo tudo. 

Compartilhe.